sexta-feira, 15 de maio de 2015

FATOR PREVIDENCIÁRIO EM JOGO





Após anos e anos os cálculos e reajustes dos benefícios de aposentadorias e pensões (desde governo FHC), serem achatados por este 'fator', Governo quer debater melhor fator Governo quer debater melhor fator previdenciário, diz ministro do Trabalho previdenciário, diz ministro do Trabalho
Policiais pagam fiança e fazem compras para homem que Policiais pagam fiança e fazem compras para homem que roubou carne para filho roubou carne para filho
O governo quer encontrar uma solução para substituir o fator previdenciário por meio de debates no Senado e no fórum criado pela presidenta Dilma Roussef com a participação de centrais sindicais, empresários e parlamentares. A informação é do ministro do Trabalho e Emprego, Manoel Dias. A regra foi modificada ontem (13) na Câmara dos Deputados, na votação de emenda à Medida Provisória 644, que alterou as regras da concessão da pensão por morte e auxílio- doença. Com a modificação, que ainda precisa ser apreciada  pelo  Senado,  a regra para a aposentadoria estabelece que o trabalhador receberá seus proventos integrais, quando, no cálculo da aposentadoria, a soma da idade com o tempo de contribuição for 85 para mulher, 95 para homem e 80 para professora e 90 para professor. De acordo com o ministro, a questão será debatida no fórum, que deve ter sua primeira reunião na próxima semana. “Não é possível hoje simplesmente acabar com o fator previdenciário, tem que haver uma proposta que substitua a lei que estabeleceu esse fator. O governo é favorável à modificação, colocou na mesa e vamos buscar uma solução. O que houve foi uma votação e isso demanda apreciação pelo Senado, ainda tem um longo percurso. Até lá, tenho certeza que essa mesa de negociação, que é o fórum, representado pelos trabalhadores, governo e empresários, vai encontrar uma solução para essa reivindicação”.

Nenhum comentário: