quinta-feira, 3 de abril de 2014

HERANÇA MALDITA

lula e dilma










Dilma Rousseff assumiu o governo em janeiro de 2011 com a taxa de juros a 10,75% – uma taxa calibrada ainda nos estertores do governo Lula, em dezembro de 2010.
Acreditando que diminuir a taxa Selic era apenas uma questão de vontade política, a partir de julho de 2011 Dilma iniciou sua cruzada e mandou ver: os juros começaram a cair.
Mas… como as coisas são um pouco mais complexas, não teve como segurar os juros lá embaixo.
Foram subindo, subindo e hoje o BC determinou que os juros subam mais um pouco, batendo 11% ao ano e superando a herança que Dilma recebeu de Lula.
O Lema do governo da Presidanta È: "País rico é país sem miséria".
O Planalto ultimamente só faz arrecadar derrotas. Acaba de perder a 'queda de braço' para os bancos e a inflação continua a subir. O ministro Guido ' língua presa' Mântega, afirmou que o ônus do 'tiro no pé' da Chefa quando induziu a nação a consumir mais energia, será pago mais uma vez pelos brasileiros.
Os gastos com os cartões corporativos continuam astronômicos e os políticos, literalmente 'nadando' em dinheiro.

Nenhum comentário: