sábado, 26 de outubro de 2013

E NA HORA DO DESENCARNE?









MOMENTOBRASIL.COM(Comentário):
O que precisamos fazer antes de irmos?
Por acaso já parou para pensar se está preparado ou preparando-se para o desencarne? A Doutrina Espírita nos ensina que é necessário avaliar e reavaliar nossos atos diários afim de tornar nossa convivência na Terra mais harmonica e, tornarmos nosso processo de desencarne mais tranquilo.






Se você soubesse que está com os dias contados, o que gostaria de fazer antes de partir?
Talvez pudesse começar pela pergunta: "Para que estou aqui? ou então: O que vim fazer aqui na Terra? Evoluir? Aprender a amar? Aprender a compreender as minha limitações e as limitações dos outros? Aprender a compreender e perdoar? Aprender a não ofender?
Em seguida, poderia rever seus objetivos e como você está se saindo em cada um deles, além de pensar no que não gostaria de deixar de fazer antes da partida. Coisas importantes, como dispender mais tempo com as pessoas que ama. Ou dizer que as ama. começar ou terminar de ler um livro. Ou, quem sabe, escrever um livro. Visitar algum lugar especial, passeio que vem sendo adiado há tempos... Reencontrar os amigos. Fazer aqlgo de bom para alguem que conhece - ou que não conhece. destinar suas coleções para quem mais aprecia sêlos, moedas, chaveiros ou livros. Desculpar-se com alguem sobre algo que incomoda, mas que fica sempre para quando der tempo...
A importancias dessas reflexões está liada ao fato de que todos nós temos realmente "os dias contados". Contudo, há algumas considerações importantes a fazer: a primeiraé que ninguem sabe quantos dias ainda terá. A segunda né que a data final pode ser elástica, ou seja, tanto pode atrasar quanto adiantar, pois depende em grande parte do cuidado que cada um tem com seu veículo físico. Outra consideração é que a imortalidade é da alma, não do corpo. Portanto, a da ta é elástica, mas não é adiável indefinidamente.
Já que sabemos que nascer é fatal, no sentido em que todos os que nascem um dia desencarnam, e que o presente não se repetirá, façamos hoje o nosso melhor, pois, amanhã poderá não ser mais possível. Para evitar ser surpreendido pela partida, sem ter feito o que se quer antes de ir, o ideal é fazer já e sempre oque se planeja  para quando partir  levar não apenas as melhores memórias, mas tambem a paz e a serenidade que só podem vir da sensação de termos feito o nosso melhor.
Fonte: Rev.Ser Espírita.




Um comentário:

Maria José Rezende de Lacerda disse...

Esse exercício você faz todas as noites, né? Ainda chego lá, meu amor. Beijos.