sexta-feira, 15 de março de 2013

A PIADA NACIONAL


EDITORIAL:

Após o resultado final de um 'pibinho(0,9%), foi dantesca a entrevista do ministro Mântega declarando que o Brasil crescerá este ano, prevendo um PIB na ordem de 3,5%. A classe política e ministros já não se importam com as declarações e ações de que são portadores, estampando mentiras e congeneres. Hoje, mais que nunca, o povo não passa de mero detalhe. Falácia e mais falácia formam o conteúdo dos programas, projetos e argumentações dos governantes em todas as esferas. A Presidanta, ocupa espaço de radio e tv e nada de positivo diz. Onde estão as promessas de campanha? Onde estão as obras do PAC-1? após 3 anos de governo, quais foram concluídas? no entanto, existem o PAC-2 e 3. No setor elétrico, o Planalto está mais perdido que cego em tiroteio. Os impostos que serão retirados da cesta básica, só o serão dentro de 6 meses. As possíveis reduções de impostos, a classe empresarial já diz abertamente que só repassará metade e o governo aceita passivamente. Que punição sofreram as empresas de telefonia que até hoje não cumpriram as determinações impostas meses atrás?  A inflação começa a subir e de nada adiantou a chamada 'briga' com as instituições bancário/financeiras, pois, os juros continuam altos. Com um governo que não sabe que direção tomar, só resta ao brasileiro continuar pagando a conta.



Um comentário:

SE O BRASIL NAO ACORDAR.... BY BY disse...

DEIXAR AS HIENAS ENTRAR…
Por Carlos Chagas
Assim estamos, numa hora em que a presidente parece indignada com as pressões e disposta a esperar alguns dias para desencadear a reforma. Só que não terá saída senão deixar entrar as hienas e ouvir os vaticínios de Jorge Gerdau a respeito da impossibilidade de continuar governando desse jeito…
http://www.claudiohumberto.com.br/artigos/?id=351614