sexta-feira, 31 de agosto de 2012

50 X 50.000

Aumento de 7,9% no Salário Mìnimo apartir de janeiro.
MOMENTOBRASIL.COM. (Comentário):
Enquanto o ex-presidente da Câmara Federal João Paulo Cunha ganha 50 mil reais de benécies, o trabalhador brasileiro irá ganhar 50 reais de aumento no SM, valor estipulado pelo Planalto: R$690,95. Segundo informou a ministra Miriam Belchior(Planejamento), o impacto nos cofres da União, será de R$15,5 bilhões. Já aposentados e pensionistas que recebem acima do mínimo terão reajuste pela inflação, apenas 5%. Esse índice fornecido pelo governo não retrata a realidade, pois na prática o percentual é bem mais alto.Como pode a Presidenta Dilma querer erradicar a pobreza com reajustes tão ínfimos? Que político recebeu esse valor de aumento nos honorários? A redução dos juros e as quedas na ¨Taxa Selic, não funcionaram; o consumidor continua pagando juros altos e o custo dos alimentos dentre outros produtos continuam aumentando. A classe trabalhadora continua tendo que fazer 'milagres' para sobreviver com orçamento familiar cada dia mais apertado. Como diria o ex- presidente FHC: "Assim não dá! assim não é possível!. Sai ano, entra ano e sai presidente entre presidente,   e o brasileiro sempre 'apertando o cinto'. Como diria a ex- presidente FHC: "Assim não dá! assim não é possível!.

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

SBT E A IMPUNIDADE

O "SBT Repórter" reprisou, na noite de segunda-feira, uma entrevista com a Samantha Moraes que  é candidata a vereadora.
MOMENTOBRASIL.COM(Comentário):
A certeza da impunidade leva emissora de TV a desrespeitar leis. O empresário Silvio Santos(o sorriso mecanico da tv), proprietário da rede e que se diz cumpridor dos direitos e deveres, ao permitir a reapresentação da entrevista se contradiz. Na busca de audiência e alguns pontinhos no chamado ibope, vale tudo? O fato da candidata ter sido trocada pelo ex-marido por uma surfista não justifica o desrespeito. Para nós, isso é 'jornalismo sensacionalista e barato'A legislação eleitoral não permite este tipo de coisa, no período de até três meses antes das eleições. Só nos resta aguardar as medidas cabíveis pelo TRE e STE.


quarta-feira, 29 de agosto de 2012

FARSA ou VERDADE: EIS A QUESTÃO.



Pagot envolve Demóstenes, Cavendish e Delta.
MOMENTOBRASILCOM(Comentário):
 O ex-diretor geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Luiz Antônio Pagot, envolveu o dono da Delta Construções, Fernando Cavendish, em negociatas comandadas por Demóstenes Torres, senador cassado por colocar o mandato a serviço do bicheiro. Em resposta ao relator da comissão, deputado Odair Cunha (PT-MG), o ex-diretor do Dnit disse ter participado de dois jantares na casa de Demóstenes,  e o segundo, contou com a presença dos diretores da Delta, entre eles o dono da empreiteira, Fernando Cavendish. Além de Demóstenes, vários diretores da Delta estavam no jantar: Cavendish, Cláudio Abreu e Xavier (representante da empresa em Brasília).  Afirmou também que Demóstenes quis saber se o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), nas etapas 1 e 2, teria dinheiro suficiente para as obras. Depois, o então senador pelo DEM teria feito um pedido mais reservado a Pagot.
' Quando acabou o jantar, Demóstenes me convidou para uma sala reservada e disse:  "Eu tenho dívidas com a Delta, que apoiou a minha campanha, e preciso de alguma obra com o meu carimbo". Respondi que não podia atendê-lo, que não poderia ir ao mercado e dizer: 'Reserve uma obra à Delta.'
E foi mais alem: Demóstenes tinha interesse em duas obras rodoviárias em Mato Grosso, as BRs 242 e 080. A conversa terminou e, após sobremesa e cafezinho, Pagot deixou a casa de Demóstenes, segundo ele. Antes de Pagot começar a responder a pergunta dos parlamentares, o presidente Vital do Rêgo informou que a comissão recebeu 280 mídias magnéticas referentes às investigações sobre a quadrilha de Cachoeira. O presidente da CPI informou que vai tentar encaminhar o material a todos os parlamentares até a próxima quinta-feira.  Somente os senadores Randolfe Rodrigues, Pedro Taques e Onyx Lorenzoni defenderam a quebra de sigilo de empresas ligadas ao empresário paulista Adir Assad, que  tambem  prestará depoimento na CPI. Ele é proprietário das empresas JSM Terraplanagem e SP Terraplanagem, dentre outras, que teriam recebido aproximadamente R$ 48 milhões da Delta Construções para pagar propinas e financiar campanhas, segundo a Polícia Federal.
Escutas telefônicas da própria PF revelaram articulações do contraventor Carlinhos Cachoeira contra Pagot, por ter contrariado interesses da construtora Delta. E uma dessas gravações da PF, Cachoeira disse ao então representante da Delta no Centro-Oeste, Claudio Abreu, que "plantou" as informações contra Pagot na imprensa. "Enfiei tudo no r... do Pagot", diz Cachoeira na gravação.
O depoente, ao afirmar que foi tremendamente injustiçado, planta uma dúvida na opinião pública: "VINGANÇA ou VERDADE?"

terça-feira, 28 de agosto de 2012

E AGORA, PT?









MENSALÃO: TESE DO PT VAI DESABANDO.
MOMENTOBRASIL.COM(Comentário):
Nasce uma maioria dentro do STF que não aceita a tese do caixa dois. Para ministros do Supremo, não importa qual é o fim do dinheiro, e sim o fato de que desviar dinheiro público é crime. Para os ministros que já efetuaram o voto, entendem que houve sim, uma sangria desatada aos cofres públicos, com ações corruptivas, lavagem de dinheiro, formação de quadrilhas e peculato. Pelo andar da 'carruagem' presume-se que todos em envolvidos serão apenados. A dúvida, persiste quanto ao tempo das penas a serem aplicadas.


segunda-feira, 27 de agosto de 2012

EDITORIAL




Chega a ser patética a atuação do  ministro Lewandowski  tanto na função de revisor do processo do 'mensalão', quando retardou ao extremo a entrega do mesmo e só o fazendo aos 45 do 'segundo tempo', assim mesmo, pela grande pressão que sofreu da imprensa e opinião pública. Já na atuação de ministro votante, o pedido de absolvição do ex-deputado João Paulo Cunha e o ex-ministro Luis Gushiken, demonstram a clara intenção de agradar ao ex-presidente Lula(que o indicou para o STF) e tambem ao PT. Vê-se claramente, a disposição de dificultar o andamento do julgamento e o consequente retardo dos trabalhos. Tambem é notório, que as possíveis condenações que venha a votar a favor,  fará com solicitação de penas mínimas, cumprindo assim o papel do bom 'afilhado'. O Brasil espera que a Côrte Máxima do país, saiba impor-se na credibilidade já tão desgastada da nação, continuando a merecer confiança independente dos seus membros terem predileção por qualquer partido político.

domingo, 26 de agosto de 2012

RELAX DOMINICAL

MOMENTOBRASIL.COM(Sentimentalizando):

sábado, 25 de agosto de 2012

O SINAL ESPÍRITA



Quando a pessoa entrou no Espiritismo, é fácil verificar: basta perquirir um fichário ou escutar uma indicação. Entretanto, a fim de positivar se o Espiritismo entrou na pessoa, é indispensável que a própria criatura faça menção disso, através de manifestações evidentes.
Vejamos dez das inequívocas expressões do sinal espírita na individualidade, que sempre se representa pelo designativo “mais”, nos domínios do bem:


Mais serviço espontâneo e desinteressado aos semelhantes;
Mais empenho no estudo;
Mais noção de responsabilidade;
Mais zelo na obrigação;
Mais respeito pelos problemas dos outros;
Mais devotamento à verdade;
Mais cultivo de compaixão;
Mais equilíbrio nas atitudes;
Mais brandura na conversa;
Mais exercício de paciência.



Ser espírita de nome, perante o mundo, decerto que já significa trazer legenda honrosa e encorajadora na personalidade, mas, para que a criatura seja espírita, à frente dos Bons Espíritos, é necessário apresentar o sinal espírita da renovação interior, que, ante a Vida Maior, tem a importância que se confere na Terra às prerrogativas de um passaporte ou ao valor de uma certidão.
(Pelo Espírito Albino Teixeira - Do livro: Caminho Espírita, Médium: Francisco Cândido Xavier.)
Particularmente, reputo os 'mais' importanters: "Devotamento pela verdade e equilibrio nas atitudes."

 

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

CHICO & MPB EM ALTA

Cazuza, Chico Buarque e MPB no mensalão.
MOMENTOBRASILCOM.COM(Comentário):
Quebrando uma tradição no Direito, procurador geral e advogados deixam os termos jurídicos e técnicos de lado, e adotam em suas falas uma linguagem acessiva ao entendimento de todas as classes. Inovando, o procurador geral da República Roberto Gurgel, fez a mais simbólica citação do julgamento ao recitar versos do samba "Vai passar" do Chico Buarque:"Dormia a nossa pátria mãe tão distraída, sem perceber que era subtraída em tenebrosas transações", e "Apesar de você, amanhã será outro dia(compostas durante o regime militar), causando assim, reações entre os defensores dos réus. Desta forma, Chico Buarque(apoiador de longa data do PT), viu suas músicas transformando-se em munição dos profissionais do Direito envolvidos no maior julgamento da história do país, passando por música do Cazuza, em "O Tempo não pára", quando  foi citada a frase: "A sua piscina está cheia de ratos, suas ideias não correspondem ao fatos". Drummond tambem serviu de inspiração quando a frase: "Duas cores se procuram, suavemente se tocam formando um terceiro tom a que chamamos aurora", do poema Morte do leiteiro, foi citada. Outro fato que marcou dentro das frases com sentido figurado(?), foi a citação" d'O pastor lusitano e o teatro do absurdo", obra de Camões. Nota-se que, os defensores dos acusados tentaram assim minimizar as acusações sofridas, ao tempo em que, esperam impressionar a opinião pública. A nação brasileira aguarda ansiosamente que o STF seja portador da mais pura justiça.




domingo, 19 de agosto de 2012

RELAX DOMINICAL

MOMENTOBRASIL.COM(fazendo a festa):

sábado, 18 de agosto de 2012

UMA PALAVRA MUITO AMIGA.














Irmãos queridos:

Diante dessa crise que se abate sobre o nosso povo, face a essa onda de pessimismo que toma conta dos brasileiros, frente aos embates que o país atravessa, nós, os seus companheiros, trazemos na noite de hoje a nossa mensagem de fé, de coragem e de estímulo. Estamos irradiando-a para todas as reuniões mediúnicas que estão sendo realizadas neste instante, de norte a sul do Brasil. Durante vários dias estaremos repetindo a nossa palavra, a fim de que maior número de médiuns possa captá-la. Cada um destes que sintonizar nesta faixa vibratória dará a sua interpretação, de acordo com o entendimento e a gradação que lhe forem peculiares. 


Estamos convidando todos os espíritas para se engajarem nesta campanha. Há urgente necessidade de que a fé, a esperança e o otimismo renasçam nos corações. A onda de pessimismo, de descrédito e de desalento é tão grande que, mesmo aqueles que estão bem intencionados e aspirando realizar algo de construtivo e útil para o país, em qualquer nível, veem-se tolhidos em seus propósitos, sufocados nos seus anseios, esbarrando em barreiras quase intransponíveis. 

É preciso modificar esse clima espiritual. É imperioso que o sopro renovador de confiança, de fé nos altos destinos de nossa nação, varra para longe os miasmas do desalento e do desânimo. É necessário abrir clareiras e espaços para que brilhe a luz da esperança. Somente através de esperança conseguiremos, de novo, arregimentar as forças de nosso povo sofrido e cansado. 

Os espíritas não devem engrossar as fileiras do desalento. Temos o dever inadiável de transmitir coragem, infundir ânimo, reaquecer esperanças e despertar a fé! Ah! a fé no nosso futuro! A certeza de que estamos destinados a uma nobre missão no concerto dos povos, mas que a nossa vacilação, a nossa incúria podem retardar. Responsabilidade nossa. Tarefa nossa. Estamos cientes de tudo isto e nos deixamos levar pelo desânimo, este vírus de perigo inimaginável. 
O desânimo e seus companheiros, o desalento, a descrença, a incerteza, o pessimismo, andam juntos e contagiam muito sutilmente, enfraquecendo o indivíduo, os grupos, a própria comunidade. São como o cupim a corroer, no silêncio, as estruturas. Não raras vezes, insuflado por mentes em desalinho, por inimigos do progresso, por agentes do caos, esse vírus se expande e se alastra, por contágio, derrotando o ser humano antes da luta. Diante desse quadro de forças negativas, tornam-se muito difíceis quaisquer reações. Portanto, cabe aos espíritas o dever de lutar pela transformação deste estado geral. 
Que cada Centro, cada grupo, cada reunião promova nossa campanha. Que haja uma renovação dessa psicosfera sombria e que as pessoas realmente sofredoras e abatidas pelas provações, encontrem em nossas Casas um clima de paz, de otimismo e de esperança! Que vocês levem a nossa palavra a toda parte. Aqueles que possam fazê-lo, transmitam-na através dos meios de comunicação. Precisamos contagiar o nosso Movimento com estas forças positivas, a fim de ajudarmos efetivamente o nosso país a crescer e a caminhar no rumo do progresso. 
São essas forças que impelem o indivíduo ao trabalho, a acreditar em si mesmo, no seu próprio valor e capacidade. São essas forças que o levam a crer e lutar por um futuro melhor. Meus irmãos, o mundo não é uma nau à matroca. Nós sabemos que "Jesus está no leme!" e que não iremos soçobrar. Basta de dúvidas e incertezas que somente retardam o avanço e prejudicam o trabalho. Sejamos solidários, sim, com a dor de nosso próximo. Façamos por ele o que estiver ao nosso alcance. Temos o dever indeclinável de fazê-lo, sobretudo transmitindo o esclarecimento que a Doutrina Espírita proporciona. Mas também, que a solidariedade exista em nossas fileiras, para que prossigamos no trabalho abençoado, unidos e confiantes na preparação do futuro de paz por todos almejado. E não esqueçamos de que, se o Brasil "é o coração do mundo", somente será a "pátria do Evangelho" se este Evangelho estiver sendo 

sentido e vivido por cada um de nós".


(Eurípedes Barsanulfo 

Mensagem recebida no Centro Espirita "Jesus no Lar" Medium - Suely Caldas Schubert".  
  "Não são os que procuram a verdade que são perigosos, mas os que acham que a encontraram." (Willy Ritschard)


quinta-feira, 16 de agosto de 2012

RETRATANDO O BRASIL


MOMENTOBRASIL.COM :

Os nossos parabéns! ao Zé Ramalho pela composição que retrata a situação corrupta e atual do Brasil, e aqui publicamos afim de lembrar a todos que o julgamento do"mensalão" continua. Agora veremos como os magistrados irão votar.





quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Promessa de redução de custos operacionais não convence investidores que desconfiam de negócios externos da Petrobrás na gestão Gabrielli:
A crise política na Petrobrás, mais grave que qualquer prejuízo financeiro, foi o mais importante tempero do bacalhau almoçado recentemente por Dilma Rousseff e Luiz Inácio Lula da Silva, no escritório paulista da Presidência da República, na Avenida Paulista. Lula está preocupado com os desdobramentos dos violentos ataques da Presidenta da Petrobrás, Maria das Graças Foster, ao ex-presidente da companhia, José Sérgio Gabrielli. Lula teme que acabe sobrando para ele o resultado de uma guerra de bastidores apoiada inteiramente por Dilma.  Acionistas minoritários da Petrobrás – principalmente os estrangeiros - não ficarem satisfeitos com o comunicado de emergência, feito pessoalmente pela Graça Foster, de que a Petrobras está implementando programas para reduzir seus custos operacionais. Também encararam com reserva o anúncio de que a estatal de economia mista pretende alterar a sua política de dividendos para os donos das ações ordinárias (ONs, com direito a voto). Na verdade, a distribuição de mais dividendos aos acionistas que detêm esses papéis beneficia a União – que é a maior controladora. Mas não assegura a rentabilidade do investimento nas ações da empresa – em ritmo de queda.  O fato objetivo é: a gestão de Sérgio Gabrielli contrariou poderosos interesses lá fora. Agora, a conta deve ser cobrada com juros e correção... 
Por Jorge Serrão  ).
MOMENTOBRASIL.COM:(Comentário): 
O "X" da questão é que os investidores já reúnem elementos para comprovar que o problema real da Petrobras não está apenas e tão somente na defasagem de preços dos combustíveis (em torno de 20,6% no diesel e 18,1% na gasolina). Também não reside somente na variação para cima da cotação do dólar (gerando despesas financeiras de R$ 6,4 bilhões. Muito menos o vilão é uma uma dívida de longo prazo de R$ 5 bilhões que a empresa pretende trocar por bens com a Petros, o fundo de pensão dos funcionários da Petrobras. 
A chamada 'pulga na orelha' dos investidores são as operações feitas pela Br Distribuidora e pela pouco conhecida PFICO (PETROBRAS INTERNATIONAL FINANCE COMPANY), subsidiárias controladas pela Petrobrás, e que respondem por 35% dos negócios globais do conglomerado. Investidores estão seriamente desconfiados da obrigatoriedade da Petrobrás em abrir a caixa preta dos negócios internacionais, vindo deste modo à tona a verdadeira fonte dos prejuízos da estatal de economia mista.  Caso a presidente  Graça Foster consiga antecipar-se aos verdadeiros problemas, o caso pode  ser abafado. Do contrário, a  crise econômica da Petrobrás pode trazer muitos problemas  políticos e que por via de consequência um alto custo para o Planalto, respingos em grande escala para o ex-presidente Lula, com risco iminente de  comprovar-se  irregularidades , irresponsabilidades de gestão . 

domingo, 12 de agosto de 2012

RELAX DOMINICAL

MOMENTOBRASIL.COM(festival de chôros):

sábado, 11 de agosto de 2012

NÂO BASTARÁ DIZER





Muitos clamam pela proteção do Divino Mestre, em lágrimas de compunção, mas não lhe aceitam os desígnios salvadores. Esperam pelo Benfeitor Divino, à   maneira de crianças caprichosas, habituadas a viciosas exigências.


Muitos apelam para Jesus, reclamando-lhe socorro, declarando-se extenuados pelas pequenas lutas que lhes couberam no mundo, entretanto, são cegos para   os fardos pesados que os vizinhos suportam heroicamente.


Muitos repetem o nome do Amigo Celeste, não para materializar-lhe os princípios no mundo, mas para conquistarem destacado lugar no banquete da dominação humana.


Muitos se reportam ao Mestre da Cruz, rogando-lhe refúgio entre os anjos, todavia, em plena fuga ao serviço que o Céu lhes conferiu, entre as criaturas, na Terra, para soerguimento dos seus próprios irmãos de jornada evolutiva.

O problema da elevação espiritual não está situado em nossos lábios; acima de tudo, em nosso coração e em nossos braços, que devemos mobilizar a serviço dos outros e em favor de nós mesmos.

Apliquemo-nos à ação permanente do bem e, na certeza de que “a cada um, será dado segundo as próprias obras”, procuremos a nossa posição de servidores, no abençoado campo da vida, que nos oferece recursos incessantes à plantação de nossa própria felicidade.


(Pelo Espírito Emmanuel - Do livro: Reconforto, Médium: Francisco Cândido Xavier).

MOMENTOBRASIL.COM:
Realmente para atravessarmos vitoriosamente as portas da "Iluminação Espiritual", é necessário muita luta, orai e vigiai e principalmente a nossa reforma íntima.

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

...E TOME "MARACUATAIAS"

Dilma não pode demitir Mantega. Lula e os banqueiros não deixam. Aliás, os banqueiros já tramam contra a reeleição de Dilma. Eles preferem Lula.

A presidente Dilma Rousseff não suporta o ministro Guido Mantega. Só aceitou mantê-lo por imposição do ex-presidente Lula, que fez questão de montar o ministério de sua sucessora. Dilma aceitou a pressão, mas fez questão de nomear um economista de sua confiança para a secretaria-executiva do Ministério da Fazenda, colocando Nelson Barbosa na equipe de Mantega, para vigiá-lo bem de perto.
Mantega ficou numa posição desconfortável, mas não largou o cargo, continuou agarrado a ele com todas as suas forças. A presidente Dilma sabe que Mantega não merece crédito, porque está a serviço do “sistema financeiro” desde sua desastrosa passagem pela presidência do BNDES, quando determinou que todas as operações do BNDES fossem “intermediadas” pelos bancos, que levam uma comissão de cerca de 4% ao ano, muito maior do que a percentagem do BNDES, que entra com todos os recursos dos financiamentos.
O BNDES recebe como remuneração a chamada TJLP (Taxa de Juro de Longo Prazo, que gira em torno de 6% ao ano. Atualmente, está em 5,5%. Em alguns programas, o banco adiciona uma taxa de risco ou algo assim. Portanto, subtraindo-se a inflação, às vezes o BNDES nem recupera o dinheiro que oferece para financiamento. Mas os bancos “intermediários” têm os 3%, 3,5% ou 4% garantidos, sem investirem um só centavo.
###
SERÁ QUE DILMA SABE?
Será que a presidente Dilma Rousseff tem conhecimento desse inexplicável privilégio do BNDES aos bancos? Será que ela sabe que esse favorecimento foi cortado por Carlos Lessa em 2003 e depois retomado por Mantega em 2005 e até hoje mantido pelo atual presidente Luciano Coutinho? Pode ser que saiba, mas pode ser até que nem saiba nada disso, vamos lhe conceder o chamado benefício da dúvida.
Mas, com toda certeza, Dilma Rousseff sabe que Mantega é um burocrata a serviço dos banqueiros. Aceitou mantê-lo por pressão de Lula, mas exigiu a saída de Henrique Meirelles do Banco Central. Nomeou Alexandre Tombini para o BC e agora o governo está conseguindo um milagre – começar a reduzir a taxa básica de juros, a Selic. Contra a vontade dos banqueiros, é claro.
Mantega, óbvio, era contra a redução da Selic, mas Dilma passou por cima dele como um trator. A presidente o humilha, chama a atenção dele por qualquer motivo, trata mal na frente dos outros, mas Mantega se mantém agarrado ao cargo feito um carrapato financeiro, porque acredita que possa haver um revertere, ele conhece o poder incomensurável dos banqueiros.
PARA DERRUBAR DILMA:
E esta é justamente a grande guerra que hoje se trava nos bastidores do poder. Os banqueiros agora querem destruir Dilma Rouseff de qualquer maneira, e contam com o apoio total de Guido Mantega. Para os bancos, é melhor repor Lula no Planalto do que continuar suportando o ataque de Dilma Rousseff, que está usando a força do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal contra os bancos privados.
Este é o quadro atual. O câncer de Lula foi curado, mas lhe deixou terríveis seqüelas – ele não consegue caminhar direito, tem dificuldades até mesmo para gravar uma mensagem aos eleitores de São Paulo. Na última vez que tentou, sua voz de vez em quando falhava. Agora reclama do inchaço no pescoço. Tudo depende de Lula. Se ele se recuperar completamente, os banqueiros vão recolocá-lo no Planalto. O exame que fará no próximo dia 6 (segunda-feira) no Hospital Sírio-Libanês será muito importante. Se ele não tiver condições de fazer campanha para Fernando Haddad, a situação se delineia de uma forma. Mas se Lula estiver bem, os banqueiros soltarão foguetes e tudo farão para desestabilizar a candidatura de Dilma Rousseff à reeleição. Como dizia o genial compositor e publicitário Miguel Gustavo, meu vizinho no famoso edifício Zacatecas, “o suspense é de matar o Hitchcock”.
Se a gente acreditasse em teoria conspiratória, iria dizer que a onda de greves, agora engrossada pelos caminhoneiros e pelos servidores do Judiciário, já estaria sendo incentivada pelos banqueiros. Mas pode ser apenas uma grande coincidência. De toda maneira, os banqueiros são amorais e capazes de tudo. Representam o que há de pior no capitalismo. Banco é serviço público, devia ser estatal. Simples assim.(Carlos Newton).

MOMENTOBRASIL.COM(Comentário):
De artimanhas em artimanhas, de maracutaias em maracutaias segue avante o Brasil.





quinta-feira, 9 de agosto de 2012

MÉDICOS REPROVADOS

O Brasil precisa saber:
éOs resultados do projeto-piloto criado pelos Ministérios da Saúde e da Educação para validar diplomas de médicos formados no exterior confirmaram os temores das associações médicas brasileiras.
Dos 628 profissionais que se inscreveram para os exames de proficiência e habilitação, 626 foram reprovados e apenas 2 conseguiram autorização para clinicar. A maioria dos candidatos se formou em faculdades argentinas, bolivianas e, principalmente, cubanas. As escolas bolivianas e argentinas de medicina são particulares e os brasileiros que as procuram geralmente não conseguiram ser aprovados nos disputados vestibulares das universidades federais do País. As faculdades cubanas, a mais conhecida é a - Escola Latino-Americana de Medicina (Elam) de Havana - são estatais e seus alunos são escolhidos não por mérito, mas por afinidade ideológica.
Os brasileiros que nelas estudam não se submeteram a um processo seletivo, tendo sido indicados por movimentos sociais, organizações não governamentais e partidos políticos.
Dos 160 brasileiros que obtiveram diploma numa faculdade cubana de medicina, entre 1999 e 2007, 26 foram indicados pelo Movimento dos Sem-Terra (MST).
Desde que o PT, o PC do B e o MST passaram a pressionar o governo Lula para facilitar o reconhecimento de diplomas cubanos, o Conselho Federal de Medicina e a Associação Médica Brasileira têm denunciado a má qualidade da maioria das faculdades de medicina da América Latina, alertando que os médicos por elas diplomados não teriam condições de exercer a medicina no País. As entidades médicas brasileiras também lembram que, dos 298 brasileiros que se formaram na Elam, entre 2005 e 2009, só 25 conseguiram reconhecer o diploma no Brasil e regularizar sua situação profissional.
Por isso, o PT, o PC do B e o MST optaram por defender o reconhecimento automático do diploma, sem precisar passar por exames de habilitação profissional - o que foi vetado pelo Conselho Federal de Medicina e pela Associação Médica Brasileira. Para as duas entidades, as faculdades de medicina de Cuba, da Bolívia e da Argentina teriam currículos ultrapassados, estariam tecnologicamente defasadas e não contariam com professores qualificados.
Em resposta, o PT, o PC do B e o MST recorreram a argumentos ideológicos, alegando que o modelo cubano de ensino médico valorizaria a medicina preventiva, voltada mais para a prevenção de doenças entre a população de baixa renda do que para a medicina curativa. No marketing político cubano, os médicos "curativos" teriam interesse apenas em atender a população dos grandes centros urbanos, não se preocupando com a saúde das chamadas "classes populares". Entre 2006 e 2007, a Comissão de Relações Exteriores da Câmara chegou a aprovar um projeto preparado pelas chancelarias do Brasil e de Cuba, permitindo a equivalência automática dos diplomas de medicina expedidos nos dois países, mas os líderes governistas não o levaram a plenário, temendo uma derrota. No ano seguinte, depois de uma viagem a Havana, o ex-presidente Lula pediu uma "solução" para o caso para os Ministérios da Educação e da Saúde.
E, em 2009, governo e entidades médicas negociaram o projeto-piloto que foi testado em 2010. Ele prevê uma prova de validação uniforme, preparada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais do MEC, e aplicada por todas as universidades. Por causa do desempenho desastroso dos médicos formados no exterior, o governo - mais uma vez cedendo a pressões políticas e partidárias – pretende modificar a prova de validação, sob o pretexto de "promover ajustes". As entidades médicas já perceberam a manobra e afirmam que não faz sentido reduzir o rigor dos exames de proficiência e habilitação.
MOMENTOBRASIL.COM (Comentário):
Custa crer que setores do MEC continuem insistindo em pôr a ideologia na frente da competência profissional, quando estão em jogo a saúde e a vida de pessoas. È por essas e outras que a saúde no Brasil não sai da UTI e, o brasileiro que se F*da.
A SOCIEDADE PRECISA SABER!





quarta-feira, 8 de agosto de 2012

VERDADEIRO ABSURDO

RELATO DE UMA DOUTORANDA
Segue abaixo o relato de uma pessoa conhecida e séria, que passou recentemente em um concurso público federal e foi trabalhar em Roraima. Trata- se de um Brasil que a gente não conhece.
As duas semanas em Manaus foram interessantes para conhecer um Brasil um pouco diferente, mas chegando em Boa Vista (RR) não pude resistir a fazer um relato das coisas que tenho visto e escutado por aqui.
Conversei com algumas pessoas nesses três dias, desde engenheiros até pessoas com um mínimo de instrução.
Para começar o mais difícil de encontrar por aqui é roraimense.
Pra falar a verdade, acho que a proporção é de 1 roraimense para cada 10 pessoas é bem razoável. Tem gaúcho, carioca, cearense, amazonense, piauiense, maranhense e por aí vai. Portanto falta uma identidade com a terra.
Aqui não existem muitos meios de sobrevivência, ou a pessoa é funcionária pública, e aqui quase todo mundo é, pois em Boa Vista se concentram todos os órgãos federais e estaduais de Roraima, além da prefeitura é claro. Se não for funcionário público a pessoa trabalha no comércio local ou recebe ajuda de Programas do Governo.
Não existe indústria de qualquer tipo. Pouco mais de 70% do Território roraimense é demarcado como reserva indígena, portanto restam apenas 30%, descontando-se os rios e as terras improdutivas, que são muitas, para se cultivar a terra ou para a localização das próprias cidades.
(Na única rodovia que existe em direção ao Brasil (liga Boa Vista a Manaus, cerca de 800 km ) existe um trecho de aproximadamente 200 km reserva indígena Waimiri Atroari) por onde você só passa entre 6:00 da manhã e 6:00 da tarde, nas outras 12 horas a rodovia é fechada pelos índios (com autorização da FUNAI e dos americanos) para que os mesmos não sejam incomodados.
Detalhe: Você não passa se for brasileiro, o acesso é livre aos americanos, europeus e japoneses.
Desses 70% de território indígena, diria que em 90% dele ninguém entra sem uma grande burocracia e autorização da FUNAI.
Detalhe: Americanos entram na hora que quiserem. Se você não tem uma autorização da FUNAI mas tem dos americanos então você pode entrar.
A maioria dos índios fala a língua nativa além do inglês ou francês, mas a maioria não sabe falar português.
Dizem que é comum na entrada de algumas reservas encontrarem-se hasteadas bandeiras americanas ou inglesas.
É comum se encontrar por aqui americano tipo nerds com cara de quem não quer nada, que veio caçar borboleta e joaninha e catalogá-las, mas no final das contas, pasmem, se você quiser montar um empresa para exportar plantas e frutas típicas como cupuaçu, açaí camu-camu, etc., medicinais ou componentes naturais para fabricação de remédios, pode se preparar para pagar 'royalties' para empresas japonesas e americanas que já patentearam a maioria dos produtos típicos da Amazônia.
Por três vezes repeti a seguinte frase após ouvir tais relatos: E os americanos vão acabar tomando a Amazônia e em todas elas ouvi a mesma resposta em palavras diferentes. Vou reproduzir a resposta de uma senhora simples que vendia suco e água na rodovia próximo de Mucajaí: "Irão não minha filha, tu não sabe, mas tudo aqui já é deles, eles comandam tudo, você não entra em lugar nenhum porque eles não deixam. Quando acabar essa guerra aí, eles virão pra cá e vão fazer o que fizeram no Iraque quando determinaram uma faixa para os curdos onde iraquiano não entra, aqui vai ser a mesma coisa". A dona é bem informada não?
O pior é que, segundo a ONU o conceito de nação é um conceito de soberania, e as áreas demarcadas têm o nome de nação indígena. O que pode levar os americanos a alegarem que estarão libertando os povos indígenas.
Fiquei sabendo que os americanos já estão construindo uma grande base militar na Colômbia, bem próximo da fronteira com o Brasil numa parceria com o governo colombiano com o pseudo objetivos de combater o narcotráfico. Por falar em narcotráfico, aqui é rota de distribuição, pois essa mãe chamada Brasil mantém suas fronteiras abertas e aqui tem estrada para as Guianas e Venezuela. Nenhuma bagagem de estrangeiro é fiscalizada, principalmente se for americano, europeu ou japonês, (isso pode causar um incidente diplomático). Dizem que tem muito colombiano traficante virando venezuelano, pois na Venezuela é muito fácil comprar a cidadania venezuelana por cerca de 200 dólares.
Pergunto inocentemente às pessoas: "porque os americanos querem tanto proteger os índios?"
A resposta é absolutamente a mesma: "porque as terras indígenas além das riquezas animais e vegetais, da abundância de água, são extremamente ricas em ouro (encontram-se pepitas que chegam a ser pesadas em quilos), diamante, outras pedras preciosas, minério e nas reservas norte de Roraima e Amazonas, ricas em PETRÓLEO."
Parece que as pessoas contam essas coisas como que num grito de socorro a alguém que é do sul, como se eu pudesse dizer isso ao presidente ou a alguma autoridade do sul que vá fazer alguma coisa.
É pessoal, saio daqui com a quase certeza de que em breve o Brasil irá diminuir de tamanho.
Será que podemos fazer alguma coisa??? Acho que sim.
(.Mara Silvia Alexandre Costa Depto de Biologia Cel. Mol. Bioag.Patog. FMRP - USP)
MOMENTOBRASIL.COM(Comentário):
O Brasil não é mais do Brasil... Roraima pertence aos EUA e ninguém percebeu! Pouco a pouco estamos perdendo território e nem estamos percebendo... Isso sim é Guerra Fria! 

terça-feira, 7 de agosto de 2012

ESCLARECENDO FATOS.

Entrevista da revista PODER com o médico Paulo Niemeyer filho.
O que fazer para melhorar o cérebro ?
Resposta: Vc. tem de tratar do espírito. Precisa estar feliz, de bem com a vida, fazer exercício. Se está deprimido, reclamando de tudo, com a auto estima baixa, a primeira coisa que acontece é a memória ir embora; 90% das queixas de falta de memória são por depressão, desencanto, desestímulo. Para o cérebro funcionar melhor, você tem de ter alegria. Acordar de manhã e ter desejo de fazer alguma coisa, ter prazer no que está fazendo e ter a auto estima no ponto.
PODER: Cabeça tem a ver com alma?
PN: Eu acredito que a alma está na cabeça. Quando um doente está com morte cerebral, você tem a impressão de que ele já está sem alma... Isso não dá para explicar, o coração está batendo, mas ele não está mais vivo. Isto comprova que os sentimentos se originam no cérebro e não no coração.

PODER: Você acha que a vida moderna atrapalha?
PN: Não, eu acho a vida moderna uma maravilha. A vida na Idade Média era um horror. As pessoas morriam de doenças que hoje são banais de ser tratadas. O sofrimento era muito maior. As pessoas morriam em casa com dor. Hoje existem remédios fortíssimos, ninguém mais tem dor.

PODER: Existe algum inimigo do bom funcionamento do cérebro?
PN: Todo exagero.
Na bebida, nas drogas, na comida, no mau humor, nas reclamações da vida, nos sonhos, na arrogância,etc.
O cérebro tem de ser bem tratado como o corpo. Uma coisa depende da outra.
É muito difícil um cérebro muito bom num corpo muito maltratado, e vice-versa.

PODER: Qual a evolução que você imagina para a neurocirurgia?
PN: Até agora a gente trata das deformidades que a doença causa, mas acho que vamos entrar numa fase de reparação do funcionamento cerebral, cirurgia genética, que serão cirurgias com introdução de cateter, colocação de partículas de nanotecnologia, em que você vai entrar na célula, com partículas que carregam dentro delas um remédio que vai matar aquela célula doente que te faz infeliz. Daqui a 50 anos ninguém mais vai precisar abrir a cabeça.
PODER: Você acha que nós somos a última geração que vai envelhecer?
PN: Acho que vamos morrer igual, mas vamos envelhecer menos. As pessoas irão bem até morrer. É isso que a gente espera. Ninguém quer a decadência da velhice. Se você puder ir bem mentalmente ,com saúde, e bom aspecto, até o dia da morte, será uma maravilha.

PODER: Hoje a gente lida com o tempo de uma forma completamente diferente. Você acha que isso muda o funcionamento cerebral das pessoas?
PN: O cérebro vai se adaptando aos estímulos que recebe, e às necessidades. Você vê pais reclamando que os filhos não saem da internet, mas eles têm de fazer isso porque o cérebro hoje vai funcionar nessa rapidez. Ele tem de entrar nesse clique, porque senão vai ficar para trás. Isso faz parte do mundo em que a gente vive e o cérebro vai correndo atrás, se adaptando.

PODER:Você acredita em Deus?
PN: Geralmente depois de dez horas de cirurgia, aquele estresse, aquela adrenalina toda, quando acabamos de operar, vai até a família e diz:
"Ele está salvo".Aí, a família olha pra você e diz:
"Graças a Deus!".Então, a gente acredita que não fomos apenas nós, que existe algo mais independente de religião.
MOMENTOBRASIL.COM
Concordamos em gênero, número e grau. Existe sim, uma "Força Superior".