quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

O QUE A TV NÃO MOSTROU

MOMENTOBRASILCOM(Comentário):
Esse policial militar é tambem advogado.


terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

UMA PRESIDENTE "POLITIQUEIRA"

Briga entre diretores de clube militar e duas Ministras, faz presidente 'fazer beicinho'.
MOMENTOBRASILCOM(Comentário):


Nota publicada por militares em site contestando declarações de Ministras, faz a Presidente sair em defesa das pupilas, declarando que se não houver uma retirada da nota no site do clube militar, o possível aumento nos soldos e a compra de novos equipamentos para o EB, não saírá. Ora, desde quando a "Comandante Suprema" das Forças Armadas pode colocar como moeda de troca a renovação e modernização do material bélico? Por que "apenar" a nação brasileira? Que a Presidente não tenha jogo de cintura e pavio, é aceitável. O que tem a ver, alhos com bugalhos? No mais, é politicagem barata.

domingo, 26 de fevereiro de 2012

RELAX DOMINICAL

Relaxando pós carnaval

sábado, 25 de fevereiro de 2012

PASSIVIDADE DINÂMICA

A criatura não é considerada sábia somente pelo que diz ou faz, mas pelo que é. Nem sempre a maneira pela qual as pessoas se apresentam condiz com seu aspecto interior. O ato externo não tem valor por si mesmo, mas sim a qualidade e a intenção interna de quem o realizou.Um indivíduo é considerado benfeitor da humanidade quando está conscientemente integrado à Divindade. Quem se une ao Pai acaba realizando as coisas através dele.O legítimo tarefeiro da luz possui em si mesmo, de forma consciente, o funcionamento da Harmonia Universal e sabe confiar na ação do Poder Superior, o qual realiza suas obras.Ele reconhece que a intuição nada tem a ver com os métodos analíticos dos indivíduos que supervalorizam o mundo intelectual, e sim com uma forma de deixar escoar a Sabedoria Divina contida em seu íntimo. Torna-se um canal sapiencial.O sábio atua na luz de uma dimensão totalmente desconhecida pelo insipiente, compreendendo que não adiante buscar e fazer as coisas de maneira desesperada e abundante. Age de modo tranquilo, sem desgastes inúteis de energia, e se lança pacificamente nesse fluxo de luz imperceptível aos olhos materiais.Todo sábio percebe o momento de agir e de não agir ou não intervir, pois reconhece que pode ser desastroso se opor aos processos e mecanismos das leis invisíveis da Vida Excelsa, seja tentando modificá-los pretensiosamente, seja desobedecendo à sua ritmicidade.Na existência, só atingiremos plenamente o sucesso e o triunfo nas realizações existenciais quando soubermos intervir no momento certo, agindo de forma espontânea e intuitiva.A ação harmoniosa consiste em observar atentamente as correntes internas e em utilizar a ação ou a inação. Em vez de percorrer o caminho dominador e impositivo do ego, devemos utilizar a alma, que é a ação da onipresença divina em tudo e em todas as coisas que existem no Universo.Aquele que tem o hábito da reflexão e se coloca num profundo silêncio interior, sabe encontrar o fluxo divino, quer dizer, o momento de agir e o de não agir. Tem habilidade suficiente para reconhecer a hora certa de se lançar ou não nas ocorrências diárias.A passividade dinâmica é uma forma de restabelecer a harmonia com o poder oculto que organiza e movimenta todo o reino interno e externo, uma maneira de transcender os padrões sociais e intelectuais preestabelecidos pelo egoísmo pretencioso, que constantemente viola a ordem natural que rege o microcosmo e o macrocosmo.Não devemos nos opor propositadamente às energias à nossa volta, mas fluir com elas, pois é na suavidade e flexibilidade, na passividade dinâmica, que venceremos a dureza da existência humana. Francisco do Espírito Santo Neto – (Espírito Hammed ).

domingo, 19 de fevereiro de 2012

RELAX DOMINICAL

MOMENTOBRASILCOM(Comentário);

E o carnaval da Bahia continua bombando.



sábado, 18 de fevereiro de 2012

MEDITAÇÃO

Há muito tempo, num reino distante, havia um rei que não acreditava na bondade de DEUS. Tinha porem, um súdito que sempre lhe lembrava dessa verdade:"Meu rei, não desanime, por que tudo que Deus faz, é perfeito! ELE nunca erra. Um dia, o rei saiu para caçar juntamente com seu súdito e, uma fera da floresta atacou o rei.
O súdito conseguiu matar o animal. Porem, não evitou que Sua Majestade perdesse o dedo mínimo da mão direita.
O rei, furioso pelo que havia acontecido, e, sem mostrar agradecimento por ter sua vida salva pelos esforços de seu servo, perguntou a este:
E agora, o que você me diz? DEUS è bom? Se DEUS fosse bom eu não teria sido atacado e não teria perdido meu dedo.
O servo respondeu:
-Meu rei, apesar de todas essas coisas, somente posso dizer-lhe que, DEUS é bom e que mesmo assim, perder um dedo é para o seu bem! Tudo que DEUS faz, é perfeito. ELE nunca erra!
O rei, indignado com a resposta do súdito, mandou que o mesmo fosse preso na cela mais escura e mais fétida do calabouço. Após algum tempo, o rei saiu novamente para caçar e aconteceu dele ser atacado, desta vez, por uma tribo de índios que vivia na selva. Esse índios, eram temidos por todos, pois, sabia-se que fazia sacrifícios humanos para seus deuses. Mal prenderam o rei, passaram a preparar, cheio de júbilo, o ritual do sacrifício. Quando já estava tudo pronto, e o rei já estava diante do altar, o sacerdote indigena, ao examinar a vítima, observou furioso, e disse: "Este homem não pode ser sacrificado, pois, é defeituoso! falta-lhe um dedo! e o rei foi libertado. Ao voltar para o palacio muito alegre e aliviado, mandou libertar o súdito e pediu que o mesmo viesse em sua presença. Ao ver o servo, abraçou-lhe afetuosamente dizendo: "Meu caro, DEUS foi realmente bom comigo! você já deve estar sabendo que escapei da morte justamente porque não tinha um dos dedos.
Mas ainda tenho em meu coração uma grande dúvida, se DEUS é bom, por que permitiu que você fosse preso da maneira como foi? logo você que tanto defendeu O defendeu?
O servo sorriu e disse: Meu rei, se eu estivesse junto contigo nessa caçada, certamente seria 'sacrificado' em seu lugar. pois não me falta dedo algum! Portanto lembre-se sempre, tudo que DEUS faz é perfeito. ELE nunca erra! "Nunca diga a DEUS que você tem um grande problema, mas, diga ao problema que você tem um grande DEUS".
Que esse grande DEUS te acompanhe sempre, com amor, carinho, amizade, respeito e admiração.
LEMBRE-SE: NADA ACONTECE POR ACASO!

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

TO BE OR NOT TO BE.

Ficha Limpa: VAI ou NÃO VAI?
MOMENTOBRASILCOM(Comentário):
Após ser interrompido em duas ocasiões (novembro e dezembro), o STF retomou ontem o jjulgamento e retomando hoje a sessão de votação da Lei da Ficha Limpa, estando a dois votos da declaração da constitucionalidade mesma. Contudo, causa-nos estranheza a seguinte declaração do juíz Luiz Fux: " A população não nos pauta, mas temos qu ouví-la porque todo poder emana do povo e em seu nome é exercido".
Ora se o poder emana do povo, este sim é quem deve "pautar" os asuntos pertinentes aos diversos poderes.
E aplaudimos as declarações do juízes:
Cármem Lúcia: "Para mim, o que se passa na vida de alguem não se desapega da sua história".
Joaquim Barboza: "È chegada a hora de a sociedade ter o direito de poder votar em candidatos probos".
Ricardo Lewandowski: " Em caso de administração pública, em dúvida, pró-sociedade, e nãopró-réu"
Celso de Mello: "È necessário banir da vida pública pessoas desonestas, improbas, mas é preciso respeitar as regras da constituição"
Ayres Britto: " candidato vem de cândido, puro, limpo, ético. Tanto quanto candidatura vem de candura, limpeza, pureza"
Marco Aurélio: "Temos que votar pensando no Brasil que queremos para os nossosfilhos e nossos netos".
Esperamos qu esses sejam os pensamentos realizados em todas as votações e trabalhos do STF.

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

BRASIL: ASSALTOS AOS COFRES DE NORTE A SUL

MOMENTOBRASILCOM(Comentário):
O fato ocorre em 99,99% dos municípios brasileiros.

ABORTO: GOVERNO È CONTRA ou NÂO?

Primeiro a nova ministra da Secretaria de Políticas para as Mulheres, Eleonora Menicucci, disse que já abortou duas vezes e defendeu a descriminalização do aborto. Em seguida deve ter sido enquadrada por alguma autoridade do governo e recuou. A matéria da descriminalização do aborto do aborto não diz respeito ao Executivo, diz respeito ao Legislativo. Ora, não diz respeito ao Executivo por que ele não quer. Quando quer, o Executivo pressiona o Congresso, presenteia parlamentares, distribui favores, faz ameaças e quase sempre leva. A inconfidência da ministra foi só para marcar posição. Para dizer que é favorável à descriminalização do aborto. Como o governo não quer bater de frente com a maioria que é contra, a ministra se calará. Pesquisa Ibope, de 2010, entrevistou pouco mais de 2 mil mulheres em todo o país e descobriu que uma em cada sete já sofreu um aborto - algo como 35 milhões de mulheres no total. Em mais da metade dos casos, as mulheres passaram a enfrentar complicações de saúde. Se o assunto não é grave e se o governo não deve se interessar por ele, não sei mais o que deve merecer sua atenção.

MOMENTOBRASILCOM(Comentário):
Pelo que sabemos, o aborto no Brasil só é permitido por lei em caso de estupro ou de risco de morte para a mãe. Afinal, o Governo Federal è contra ou a favor? Presidente e Ministra, precisam definir-se e entenderem-se entre sí.

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

SEXO NO PLANALTO


Em oito horas de gravações em áudio e vídeo, Christiane Araújo de Oliveira revela que mantinha relações íntimas com políticos e figuras-chave da República e que o governo federal usou de sua proximidade com a quadrilha de Durval Barbosa para conseguir material contra adversários políticos. Nascida em Maceió, em uma família humilde, Christiane Araújo de Oliveira mudou-se para Brasília há pouco mais de dez anos com o objetivo de se formar em Direito. Em 2007, aceitou o convite para trabalhar no governo do Distrito Federal de um certo Durval Barbosa, delegado aposentado e corrupto contumaz que ficaria famoso, pouco depois, ao dar publicidade às cenas degradantes de recebimento de propina que levaram à cadeia o governador José Roberto Arruda e arrasaram com seu círculo de apoiadores. Sob as ordens de Durval, Christiane se transformou num instrumento de traficâncias políticas. No ano passado, depois de VEJA mostrar a relação promíscua entre o petismo e o delegado, Christiane foi orientada a sumir da capital federal. Relatos detalhados de suas aventuras com poderosos, no entanto, já estavam em poder do Ministério Público e da Polícia Federal. Na edição que chega às bancas neste sábado, VEJA revela o teor de dois depoimentos feitos pela jovem advogada no final de 2010. Ela participava de festas de embalo, viajava em aviões oficiais, aproveitava-se dos amigos e amantes influentes para obter favores em benefício da quadrilha chefiada por Durval, que desviou mais de 1 bilhão de reais dos cofres públicos. A advogada relatou que manteve um relacionamento com o hoje ministro do Supremo Tribunal Federal José Antonio Dias Toffoli, quando ele ocupava cargo de advogado-geral da União no governo Lula. Os encontros, segundo ela, ocorriam em um apartamento onde Durval armazenava caixas de dinheiro usado para comprar políticos – e onde ele eventualmente registrava imagens dessas (e de outras) transações. Christiane afirma que em um dos encontros entregou a Toffoli gravações do acervo de Durval Barbosa. A amostra, que Durval queria fazer chegar ao governo do PT, era uma forma de demonstrar sua capacidade de deflagrar um escândalo capaz de varrer a oposição em Brasília nas eleições de 2010. Ela também teria voado a bordo de um jato oficial do governo, por cortesia do atual ministro do STF, que na época era chefe da Advocacia Geral da União (AGU). Por escrito, Dias Toffoli negou todas as acusações. “Nunca recebi da Dra. Christiane Araújo fitas gravadas relativas ao escândalo ocorrido no governo do Distrito Federal.” O ministro disse ainda que nunca frequentou o apartamento citado por ela ou solicitou avião oficial para servi-la. Como chefe da AGU, só a teria recebido uma única vez em seu gabinete, em audiência formal. Nas gravações, Christiane relatou ainda que tem uma amizade íntima com Gilberto Carvalho, secretário-geral da Presidência da República. No governo passado, quando Carvalho ocupava o cargo de chefe de gabinete de Lula, ela pediu a interferência do ministro para nomear o procurador Leonardo Bandarra como chefe do Ministério Público do Distrito Federal. O pedido foi atendido. Bandarra, descobriu-se depois, era também um ativo membro da máfia brasiliense – e hoje responde a cinco ações na Justiça, depois de ter sido exonerado.(Fonte: VEJA).

MOMENTOBRASILCOM(C0mentário):
Quanto mais se reza, mais assombração aparece, diz um velho ditado popular. Escândalos e mais escândalos na praçã dos 3 Poderes. O 'ar' totalmente contaminado. O ambiente fede mais que mil 'fossas abertas'. As paredes, mais sujas que pau de galinheiro. O fato acima, nada mais é que o retrato e os efeitos da corrupção brasileira. Causa-nos repugnância.

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

A VEDETE POR TESTEMUNHA.

MOMENTOBRASILCOM(Comentário):


A revelação abaixo, constata as suspeitas de muitos brasileiros quanto a morte do ex-presidente Getúlio Vargas. Alem do bilhete rasgado, o mesmo não era canhoto. Assitam a declaração bombástica da Virginia Lane, aos 87 anos.








domingo, 12 de fevereiro de 2012

RELAX DOMINICAL

MOMENTOBRASIL.COM(Comentário):
Levando ao mundo a alegria do carnaval baiano.

sábado, 11 de fevereiro de 2012

O SIGNIFICADO DA MORTE.

O problema da morte está estreitamente ligado ao problema da dor.
A morte é uma das causas mais difundidas de sofrimento, de medo e de angústia da humanidade.
O homem evita o pensamento da morte e prefere não enfrentar esse problema que faz nascer nele a sensação de mal-estar, de repulsa e de angústia.
Aquele que buscou a compreensão para o significado profundo deste fato universal e comum a todos os seres da natureza submentidos ao Ciclo ital (nascer, cerscer, desenvolver, reproduzir e morrer), alcança uma posição serena e iluminada em relação á morte e compreendeu tambem o significado da vida, pois morte e vida fazem parte do mesmo processo; vir e partir pertence a uma só realidade.
Essa fuga à verdade é o maior obstáculo que interpõe à resolução deste problema impedindo a visão e objetividade com a qual deve ser examinado e compreendido o assunto Morte.
Isso acontece poraque a própria palavra "morte" está associada a imagens tétrica, amedrontadoras e com ideia de fim, de anulação e desagragação; è dificil superar esta associação e substituí-la pela ideia serena, mas consoladora, mais verdadeira de 'transformação', de libertação de novo renascimento. Todas as palavras usadas agora são as correspondentes efetivamente ao real significado do processo 'morte' e dão um sentido de continuidade, de evocação e vida.
Parfa alcançarmos esse posicionamento iluminativo e compreensivo diante da ideia da morte é necessárion que libertemos nossa mente das antigas formas de medo, preconceitos, superstição e de apego e, aos poucos ganhemos a consciência de sermos algo que pode existir independetemente do corpo físico e n os convençamos de que existem formas de vida fora da vida material.
CONCLUINDO:
O homem, para chegar a compreender o verdadeiro significado da morte deve ter compreeendido o siginificado da vida, ter alcançado um grau de dessenvolvimento da consciência liberta da ilusão da forma, pois se trata aqui de uma certeza intelectual e teórica , mas, uma capacidade prática de sentir que existimos seja quando estamos em físico, seja quando estamos privados dele...
(Fonte: In À Procura da Verda, de La Sala Bata, Ângela Maria).





sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

A BAHIA MERECE RESPEITO

È tremendamente lastimável que a greve da PM no estado, entre em seu 11° dia e o governo afirme uma coisa, quando a realidade é totalmente outra. È hilárico, a imprensa ser covocada para uma coletiva no QG da PM, é ser informada do seu término e a cidade continuar despoliciada e no cáos. Em toda classe trabalhadora, quem tem a palavra final são seus componentes. E no caso específico, esta será dada pela tropa. O impasse continua, agora piorado pela inabilidade do governo ao anunciar punições caso o efetivo não retome as atividades já. Ninguem de sã consciência, voltará ao trabalho, sabendo que poderá ser demitido. A revolta nesse caso, é plenamente justificável. O governador Jaques Wagner(PT), que se diz exímio "negociador', vem derrapando na maionese. Logo ele, que já foi sindicalista? que participou de inúmeros movimentos? Inicialmente disse que não haveria a greve e esta é uma realidade vivida por todos. Os baianos não podem continuar com esse disse-que-disse, e tanta incerteza; com essa brincadeirinha de gato & rato. Que o governo e grevistas semte-se à mesa de negociação, com o equilibrio que se faz mister, e solucione urgentemente a situação. A BAHIA MERECE RESPEITO!

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

CONVIVENDO COM O INIMIGO










MONSTROS! Esta é a palavra mais educada que encontramos para adjetivar os líderes das greves nas PMs baiana e cariocas. COVARDE! A palavra para significar as atrocidades cometidas e atos de vandalismos. Após as exibições das gravações telefônicas travadas entre os comandantes da greve, uma pergunta não quer calar-se: todos foram enganados; policiais e sociedade. Estavam baianos e cariocas convivendo com verdadeiros inimigos. Descoberta a farsa, cabe aos governos dos dois estados, tomarem as devidas atitudes e urgentemente.
INACEITÁVEL! A posição do Poder Judiciário e seu Ministro, que esperaram tanto tempo para “descobrirem” que a greve de policiais militares È INCONSTITUCINAL. Foi necessário que alguns estados do N/NE decretassem paralizações. Porque só agora a presidente Dilma dá declarações de revolta? Porque só agora decidiu falar publicamente? Na Bahia, foram necessárias que mais de 120 pessoas perdessem a vidae a população vivesse dias de terror, para que Governo e Autoridades, posicionassem e de forma branda. Positivamente, É LASTIMÁVEL!!!!!!!
(Roy Lacerda).


N.E. Copilada na íntegra do site: cpibrasil.com

Os grifos são nossos.

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

COMPRA de AEROPORTOS COM DINHEIRO PÚBLICO.

Os consórcios
que venceram nesta segunda-feira o leilão dos aeroportos de Guarulhos (SP), Campinas (SP) e Brasília confirmaram que irão utilizar recursos do BNDES para financiar o negócio. Os tres grupos vencedores vão pagar R$24,5 bilhões.
MOMENTOBRASIL.COM(comentário):
Fico estupefato com esse financiamento concedido pelo Governo Federal. Privatizar e ainda usar o dinheiro público, é no mínimo achar que o brasileiro è burro. E ainda declarar que não vendeu, promoveu uma simples concessão. Aì, já passa de todos os limites do abuso. È
sacanear com a nação. E isso, não aceitamos. Em hipótese alguma.

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

DENÚNCIA GRAVISSIMA

MOMENTOBRASIL.COM(Comentário):

Considerado como líder da greve dos PMs baianos, o presidente da Associação de Policiais, Bombeiros e seus Familiares da Bahia (Aspra), soldado Marco Prisco,(foto/O Globo) disse que o governador Jacques Wagner, quando ainda era deputado federal, participou com outros parlamentares do PT e de partidos da base do esquema de financiamento da paralisação dos policiais militares do estado em 2001. Afirmou ainda que o Sindicato dos Químicos e Petroleiros da Bahia, que tinha na direção do ex-presidente da Petrobras, Sergio Gabrielli, cedeu e alugou, na ocasião, seis carros para garantir a greve na Bahia, onde diz que foi preseguido e ameaçado de prisão pelo então governador carlista Cesar Borges. Esta acusação è gravissima. È chegada a hora de um pronuncimento do governador a respeito do assunto. Caso contrário, corre o risco de ficar desmoralizado pela população baiana.

domingo, 5 de fevereiro de 2012

RELAX DOMINICAL

MOMENTOBRASIL.COM(Comentário):
E a folia do carnaval, continua.

sábado, 4 de fevereiro de 2012

ESPIRITISMO

DIVALDO FRANCO RELATA FATO INUSITADO.
A reencarnação, ou *justiça divina*, é a resposta para as dúvidas sobre os sofrimentos, as antipatias, as simpatias, os males, as alegrias, as "contradições", os encontros e os desencontros... " *Na 55ª SEMANA ESPÍRITA DE VITÓRIA DA CONQUISTA, ocorrida naquela próspera cidade baiana, no mês de setembro de 2008, o querido médium Divaldo Franco, relatou de público fato verídico vivido por ele, que muito sensibilizou a quantos o ouviram naquela ocasião em que se estudara: Reencarnação è uma quaetão de JUSTIÇA... Quando perguntaram ao médium se ele acreditava na reeencarnação, disse que não acreditava nela, pois quê ia mais além - ele sabia que ela existia! E narrou-nos o seguinte episódio, que agora visto com minha própria emotividade ao lhes escrever esse singelo artigo. Divaldo há cerca de 40 anos foi por vez primeira à Paris, hospedando-se na residência de familiares de um casal amigo residente aqui no Rio de Janeiro, à época: Ligia e Emílio Ribeiro.A primeira noite naquela capital foi-lhe tormentosa, não conseguindo conciliar o sono de modo algum e sendo vítima de atrozes fenômenos psíquicos.Pela manhã, sentindo-se muito estranho, pediu permissão ao casal anfitrião para sair e dirigir-se a algum lugar que ele mesmo não sabia onde seria. O casal ficou perplexo, sem entender, como uma pessoa que jamais houvera ido àquela cidade pedia para sair sozinho, para ir não se sabia aonde... Ao demais eram 7 horas de uma segunda-feira, onde os monumentos históricos franceses não ficam abertos à visitação pública.Mas, Divaldo insistiu, afirmando-lhes que levaria o endereço deles no bolso e dizendo que qualquer coisa os avisaria por telefone ou pegaria um táxi. Eles anuíram. Divaldo saiu a pé, depois pegou o metrô, depois um ônibus que começou a levá-lo para fora da cidade. Algum tempo se passou dentro do ônibus e o médium cada vez mais se sentindo noutra personalidade, essa muito endurecida, parecendo detestar tudo e todos à volta...O ônibus começou a passar perto de certo bosque. Divaldo pediu ao motorista para descer do veículo, dirigindo-se a uma estrada de pedras, muito bem cuidada, uma estrada real, que terminava em frente a enorme Monastério também revestido de pedras, onde bela torre de igreja ao fundo predominava. Era uma ordem religiosa, de monjas enclausuradas, que datava do século XVII, fundada em 1606 por um frade capuchinho.Divaldo cada vez mais entronizava aquela personalidade estranha para ele, sentia-se aturdido, mas dispôs-se a bater à porta do Monastério, onde sorridente monja-porteira lhe informou que o Monastério não estava aberto à visitação pública; que as monjas eram enclausuradas e só lhes era permitida uma única visita masculina - a do confessor da Instituição.Divaldo, muito pálido pediu que ela fosse chamar a monja-mestra e deu-se conta que estava falando em francês! Era um francês com um acento diferente...Sem saber porque a moça aquiesceu, mandou-o entrar até o parlatório onde uma religiosa, de cerca de 60 anos, passou a lhe dizer da impossibilidade do intento por ele almejado. O médium mais pálido e suando muito disse que desejava uma entrevista com a Abadessa.Veio a Abadessa, veneranda senhora belga de cerca de 70 anos, e passaram os dois a dialogar mais ou menos assim:-- Senhora, eu sou o fundador dessa Instituição, muito dura para com as jovens que aqui habitam, quando a instituí eu não me dava conta disso, mas hoje venho pedir-lhe para ser mais complacente com as monjas, aja com mais amor, com mais benevolência para com elas!-- Meu filho, você é tão jovem! Porque está falando em francês provençal? Meu filho, esta Instituição foi fundada no século XVII em 1625. Você está aturdido, vou providenciar levá-lo de volta. Onde se hospeda? Vá na companhia da irmã mestra e outra religiosa... -- Não antes que eu possa visitar a cela onde faleci. -- Como você sabe que nosso fundador morreu aqui? -- Irmã, eu sou ele! Eu vivia em orações contínuas, tanto que onde eu me ajoelhava, o piso de pedra-pome, ficou um pouco mais fundo que o restante do assoalho...A minha cela possuía uma gravura da Madona, que certo dia, após muitas preces, inadvertidamente, queimei um pedaço com uma vela acessa. -- Como o senhor pode saber disso? Essas referências verídicas não constam em nenhuma de nossas publicações! -- Irmã eu sou ele! A Irmã diz que não posso visitar minha cela porque teria que passar pelo pátio interno, onde ficam as clausuras proibidas ao sexo masculino... Mas, se formos pelo altar-mor, atrás dele, há uma porta, que dá para uns degraus, que vão terminar num corredor, onde sem passar pela clausura, sem passar pelo átrio principal, chegaremos à minha cela, irmã! Vamos! Já que insiste tanto e para acabarmos logo com isso, venha e mostre-nos o caminho que diz conhecer! E Divaldo foi à frente, mostrando o caminho, que reconhecia, com a Abadessa logo atrás dele, depois a irmã-mestra seguida pela monja-porteira. Como nos velhos tempos... O fundador à frente de todas... Depois do desejo do médium ter sido concretizado e, Divaldo ter observado na cela a surrada vestimenta do sacerdote, ter visto o chão realmente amolgado perto do genuflexório, e de não ter visto mais a gravura da Madona que lá não estava mais, todos muito emocionados, retornaram pelo mesmo caminho... A Abadessa pediu para que as outras duas se retirarem e lhe pergunta o que seria aquele fenômeno. Divaldo fala-lhe abertamente da reencarnação, da lei de causa e efeito e, promete mandar-lhe o EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO e O LIVRO DOS ESPÍRITOS em francês, logo que retornasse à Paris. Já era hora do almoço e Divaldo, convidado, almoça na Instituição. Continuam a conversar o médium e a Abadessa. Ela, muito emocionada, expressa amargura por saber disso tudo ?tão tarde?, ao que Divaldo lhe diz que não, que ela estava na plenitude das suas forças e que poderia com o novo conhecimento, usar do Amor Incondicional do Cristo para com as moças ali recolhidas. Convidado a lanchar, pois já eram 16 horas, ele declina do convite, mas aceita voltar com as referidas monjas para Paris onde por certo o casal amigo deveria estar preocupado com tão prolongada ausência. No dia seguinte, refeito e feliz, ele próprio vai a uma livraria para comprar os dois livros de Kardec, que o seu anfitrião, gentilmente, entrega no Monastério. Passam a se corresponder ele e a Abadessa Beatriz que dois anos depois é transferida para a Bélgica, por obrigações administrativas; na década de 80 Divaldo a visita, no referido país, nonagenária, lúcida, muito feliz com o reencontro, mostrando-lhe o Evangelho Segundo o Espiritismo, que tanto lia e relia, e aí o médium lhe conta da sua vida atual, das conferências, da Mansão do Caminho e demais atividades que lhe dizem respeito.
*(Revista: Presença Espírita - maio/junho 2009 * nº 272)*

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

A BAHIA ESTÁ SEM POLÍCIA MILITAR

EDITORIAL:
Um movimento grevista instalou-se na Bahia há tres dias, na PM. Um comando de greve da corporação, encontra-se há 72 h, ocupando um salão do Assembleia Legislativa do estado, tentando dialogar com seu presidente. O Comandante Geral da Polícia Militar, afirma que não passa de um pequeno movimento. Mas o que se vê nas ruas das grandes cidades é o sumiço dos policiais em patrulhamento nas ruas (as poucas viaturas que sairam dos quarteis, encontram-se paradas em via pública com pneus furados).E muitos dos quarteis com suas viaturas no pátio, comprovando a greve. È inadmissivel que o governador Jaques Wagner(PT), continue de braços cruzados, enquanto a população permanece a mercê dos vândalos e marginais, obrigando inclusive que o comercio da terceira maior capital, feche as portas apartir das 17h, amedrontado com os saques e arrastões que começam a ser praticados no centro da cidade e nas estaçoes de transbordo de Onibus. Os poderes constituidos, têm que dar um basta nessa situação, lembrando que hoje festeja-se em Salvador a festa de Yemanjá na praia do Rio Vermelho, onde encontram-se milhares de turistas tamvem expostos à violência. Segurança Pública è dever do Estado e não poder haver greve em serviços essencias, senhores governantes. E o governador briga para que a cidade sedie jogos do Copa. PODE?
(Roy Lacerda).

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

BRIGA DE CACHORRO GRANDE OU...

Quem manda no Governo: a presidente da República ou o PMDB?
Carlos Brickmann
Toda a briga de Funasa, Dnocs, Sudene, essa sopa de letrinhas que forma a administração federal, é uma queda de braço para saber quem manda; os caciques regionais do PMDB, que controlam boa parte da bancada governista, ou a presidente Dilma Rousseff, que tem a caneta que nomeia, demite e dá verbas, edita o Diário Oficial da União e goza hoje de amplo apoio do eleitorado? A bancada do PMDB não controla a caneta nem edita o Diário Oficial, mas pode causar um monte de problemas – por exemplo, aprovar projetos que criem novas despesas e multipliquem as dificuldades de Dilma para governar o país.
Quem ganha?
Depende: os parlamentares do PMDB podem seguir a orientação de seus líderes, enfrentar Dilma, tentar dominar totalmente o governo e correr o risco de ficar a pão e água, caso a presidente vença a queda de braço; mas é preciso lembrar que Suas Excelências são vulneráveis a determinadas gentilezas que só o governo pode proporcionar, e talvez a adesão à tese do enfrentamento não seja tão maciça assim.
Nesse caso, o partido teria de aceitar o que o governo lhe oferecesse.
Conhecendo o partido, pode-se dizer que, para seus integrantes, um pouco é melhor do que nada. Além disso, mesmo com a fartura da mesa oficial, muita gente não degustou o que esperava.
É um grupo que potencialmente pode apostar na mudança, confiante em apoderar-se de pelo menos uma parte do que era destinado aos favoritos de ontem.
A briga é boa. E a decisão demora
.(Fonte: coluna do Noblat/O GLOBO.COM).
MOMENTOBRASILCOM(Comentário):
O que nos levou a publicar a materia acima, foi juntamente o título. Pois em diversas oportunidades fizemos essa mesma pergunta, em publicações nossas. esqueceu-se o nobre colega, de acrescentar na sopa de letrinhas", a Eln(Eletronorte), a propria Eletrobras, dentre outras. Realmente, em momento algum os "caciques' do PMDB(Temer, Sarney, Jader etc), ficaram satisfeitos com o tratamento dado pelo palnalto no atual governo, assim como a Presidente não consegue 'digerir' o maior aliado. È uma verdadeira 'briga de cachorro grande', ou luta de foice no escuro. E como dizem os gaúchos: "Essa peleia será guapa", tchê.