terça-feira, 24 de janeiro de 2012

È OU NÃO É?

EDITORIAL:

Esperamos que no retorno dos 'trabalhos' políticos em 2012, a oposição realmente se faça presente. Pois o que se viu foi uma semelhança com a linha do Equador: todo mundo sabe que existe, mas ninguem vê. Houve sim, verdadeiras 'vacas de presépio' no Congresso Nacional. Onde está a voz oposicionista? Porque não ocupou devidamente a chamada tribuna parlamentar, espaço reservado para denunciar-se. Que esse ano, os partidos de oposição consigam entender-se entre sí, e unam-se para combater ou discordar do governo federal. A própria base aliada, e alguns queixosos do PT, recebem calados a nomeação do novo ministro da Ciência e Tecnologia, Marco Antonio Raupp. A tão propalada 'indicação técnica' pela presidente Dilma, para a atuação em alguns cargos do primeiro escalão, não garante lisura ou competência. Mas tambem pode ser um aviso do Planalto: 'De agora em diante, a coisa será diferente'. O ato dá inicio a mudança no conceito ou buscou a resolução de mais um 'probleminha' evitando assim, o conflito entre PT e PSB que disputavam a vaga?. Prevalece ainda a dúvida.

Nenhum comentário: