quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

ÁRDUA TAREFA

EDITORIAL:
Nota-se em alguns momentos, a vontade da presidente Dilma em imprimir na administração do governo, sua marca, aproveitando os índices de aceitação superiores aos antecessores FHC e Lula no mesmo período de gestão. Porém, o continuísmo de entrega dos ministérios e de porteiras fechadas aos partidos da base aliada, os quais, dão as cartas nas respectivas pastas, são as pedras no caminho e, é aí onde reside o perigo, pois, não possui a necessária autonomia notadamente em seu próprio partido e no PMDB. Dificilmente conseguirá o desejado intento, evitando também a reprisse do cai-cai de ministros. A falada reforma ministerial e consequente solução, não terá o necessário alcance em virtude de, em se fazendo a mudança de forma profunda, estaria a Presidente dizendo nas entrelinhas que o governo Lula fez tudo errado e, esse risco ela não correrá. Continuando assim, a opinião pública e a imprensa com a 'pulga atras da orelha'.

Um comentário:

Diario De Uma Bruxa Inconformada disse...

Muito bom seu blog!!
Adorei!!
Já tem em mim uma seguidora!
Abraços!