sábado, 31 de dezembro de 2011

O EVANGELHO NO LAR


Dedica uma das sete noites da semana ao culto do Evangelho no Lar, a fim de que Jesus possa pernoitar em tua casa.
Prepara a mesa, coloca água pura, abre o Evangelho, distende a mensagem da fé, enlaça a família e ora.
Jesus virá em visita.
Quando o lar se converte em santuário, o crime se recolhe ao museu. Quando a família ora, Jesus se demora em casa.
Quando os corações se unem nos liames da fé, o equilíbrio oferta bênçãos de consolo e a saúde derrama vinho de paz para todos.
Jesus no lar é vida para o lar.
Não aguardes que o mundo te leve a certeza do bem invariável. Distende, da tua casa cristão, a luz do Evangelho para o mundo atormentado.
Quando uma família ora em casa, reunida nas blandícias do Evangelho, toda a rua recebe o benefício da comunhão com o Alto.
Se alguém, num edifício de apartamentos, alça aos Céus a prece da comunhão em família, todo o edifício se beneficia qual lâmpada ignorada, acesa na ventania.
Não te afastes da linha direcional do Evangelho entre os teus familiares. Continua orando fiel, estudando com os teus filhos e com aqueles a quem amas, as diretrizes do Mestre e, quando possível, debate os problemas que te afligem à luz clara da mensagem da Boa Nova e examina as
dificuldades que te perturbam ante a inspiração consoladora do Cristo.
Não demandes a rua, nessa noite, senão para inevitáveis deveres que não possa adiar. Demora-te no Lar para que o Divino Hóspede aí também se possa demorar.
E quando as luzes se apagarem à hora do repouso, ora mais uma vez, comungando com Ele, como Ele procura fazer, a fim de que, ligado a ti, possas em casa, uma vez por semana em sete noites, ter Jesus contigo.

ADEUS 2010. FELIZ 2012!!!!

MOMENTOBRASILCOM(Comentário):
Desejamos a todos os amigos, leitores e seguidores , um 2012 repleto de realizações!!!!!

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

CABEM PERFEITAMENTE EM BRASÍLIA.

Pichações de paredes argentinas.

MOMENTOBRASILCOM(Comentário)

E que encaixam como uma luva e carapuça no Brasil.

"Estaremos siempre al lado del gobierno porque si vamos adelante nos coge y si vamos detrás nos caga.

(Estamos sempre ao lado do governo porque se vamos à frente nos fode e se vamos atrás nos caga.)

En Argentina tenemos los mejores parlamentarios que el dinero pueda comprar.

(Na Argentina temos os melhores parlamentares.que o dinheiro pode comprar)

Basta ya de realidades, queremos promesas!

(Chega de realidades, queremos promessas!)

El país estaba al borde del abismo y hemos dado un paso al frente.

(O país estava à beira de um precipício e demos um passo à frente.)

La deuda que tiene el país no es externa, es eterna.

(A dívida que o país tem não é externa, é eterna)

Las inundaciones no se producen porque los ríos crecen, sino porque el país se hunde.

(As inundações não ocorrem porque os rios crescem, mas porque o país está afundando)

Algunos nacen con suerte, otros en Argentina

(Alguns nascem com sorte, outros na Argentina)

Prohibido robar, el gobierno no admite competencia

(Proibido roubar, o governo não admite concorrência)

Las putas al poder, porque con los hijos, no nos fue bien.

(Às putas o poder, porque com os filhos não nos demos bem)

Este gobierno es como un bikini, nadie sabe como se sostiene pero todos quieren que se caiga.

(Este governo é como um biquíni, ninguém sabe como se sustenta mas todos querem que caia)

Argentina es una granja cerrada por falta de huevos.

(A Argentina é uma granja fechada por falta de ovos)"

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

A VOLTA DOS QUE NÃO FORAM!!!!!!!

MOMENTOBRASILCOM(Comentário):
Barrado pela Ficha Limpa, Jader Barbalho é o último integrante do 'trio' a retornar a vida de parlamentar, na qualidade de senador, tendo como companheiros Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) e João Capiberibe(PSB-AP). Ratifica-se assim, a péssima qualidade de um Congresso completamente deteriorado, a começar pelo mumificado no cargo, seu presidente. O outrora desafeto de ACM (que o havia chamado de ladrão), demonstra claramente o desrespeito a nação, ao levar para a cerimônia de posse e entrevista coletiva um filho que passou todo o tempo fazendo caretas e chifres, como se fosse 'missa encomendada' de que nada mudou em relação ao passado. Todo povo, tem o governo que merece, sabendo ou não votar.

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

MEDIDA PARA AGRADAR BÔBOS.


"Diário Oficial da União" publica nesta terça-feira (27) novos critérios para inclusão de candidatos no programa de construção de casas populares, cuja principal vitrine é o Minha Casa, Minha Vida (MVMV), prioridade da gestão Dilma Rousseff. Entre os itens listados no site da DOU estão como fazer o cadastro, em quais situações é possível ser indicado para ser contemplado e os critérios de seleção do programa federal. Entre as novas regras, informa a portaria do DOU, deverá ser reservado, no mínimo, 3% das unidades habitacionais para atendimento aos idosos. A portaria é assinada pelo ministro das Cidades, Mário Negromonte.
MOMENTOBRASILCOM(comentário):
A Presidente Dilma durante o primeiro ano de governo, realmente inaugurou alguns progamas sociais, faltando dar seguimento aos mesmos. Agora, vir com essa medida de cotas para os idosos, é no mínimo ilárica. Os brasileiros da chamada 3ª idade, sentiriam-se muito mais valorizados, se o Palacio doPlanalto fizesse valer e cumprir o Estatuto de Idoso, que determina a idade de 65 anos para gozar dos direitos contidos no texto. Porem, o descumprimento, é evidente na medida em que, exige-se idade minima de 65 anos, para que se tenha os dieitos assegurados.



segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

REENCARNAÇÃO

MOMENTOBRASILCOM(Comentário):
Para os católicos e demais credos religiosos acreditam em ressurreição. Para nós, espíritas: a reencarnção.

domingo, 25 de dezembro de 2011

NATAL : REFLEXÃO

MOMENTOBRASILCOM(comentário):
O NATAL É O NASCIMENTO DE JESUS.
E O ANO NOVO, é o nascimento de novas esperanças.

RELAX DOMINICAL

MOMENTOBRASILCOM(Comentário):
E QUE TODOS NÓS POSSAMOS REFLETIR!!!!!

sábado, 24 de dezembro de 2011

ESPÍRITA CRISTÃO

O verdadeiro espírita Cristão pratica o amor, universalmente, com consciência de que é seu dever, pois é ensinamento de Jesus como O Mandamento Maior.
O verdadeiro Espírita Cristão só faz o bem pelo prazer e pelo dever de praticar o bem. O conhecimento da Lei de Deus que preside os destinos dos homens e a perfeita assimilação da Religião Espírita só se consegue através do estudo sério das obras de Allan Kaardec e das que lhe são complementares, desde que sejam fiéis a Jesus e a Allan Kardec. A religião Espírita é acima de tudo, um processo libertador das nossas consciências, a fim de que a visão do homem alcance horizontes mais altos.
"Esqueçamos por agora o paraíso distante para ajudar na construção do nosso próprio céu. Interfiramos menos na regeneração dos outros e cogitemos mais de nosso próprio reajuste, perante a Lei do Bem Eterno e, servindo incessantemente com nossa fé à vida, e a vida por sua vez, nos servirá, infatigável, convertendo a Terra em estação celestial de harmonia e luz para o acesso de nosso espírito à Vida Superior".
"... a fim de solucionar os problemas do Mundo, o único remédio eficiente `de o Evangelho de Jesus no coração humano".
"Sejamos assim, valorosos, estendendo a Doutrina Espírita que o desentranha da letra, na construção da Humanidade Nova, irradiando a influência e a inspiração do divino Mestre, pela emoção de pela idéia, pela diretriz e pela conduta, pela palavra e pelo exemplo e, parafreseando o conceito inovidável de Allan Kardec, em torno da caridade, proclamemos aos problemas do mundo:
FORA DO CRISTO NÃO HÁ SOLUÇÃO".
(Chico Xavier)

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

SEMANA de NATAL (Parte IV).



AVE MARIA com o GENUÍNO SOTAQUE BAIANO:

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

SEMANA de NATAL (Parte III)

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

SEMANA de NATAL (Parte II).

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

SEMANA de NATAL (Parte I)

MOMENTOBRASILCOM(Apresenta):

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

O BALANÇO DE UM GOVERNO

Atuação do governo Dilma me seu 1º ano.
MOMENTOBRASILCOM(Comentário):
Infelizmente não podemos avaliar a administração da primeira presidente do Brasil de forma positiva. Pois, das promessas de campanha, nenhuma realmente entrou em vigor. O PAC-1, continua com menos de 40% iniciado, e ja sse fala em PAC-3, quando o 2, ainda não saiu do papel. Esperava-se uma administração no mínimo com a marca da mulher brasileira, e constamos apenas decepções. Escândalos e mais escândalos no entorno da praça dos 3 Poderes. E a presidente Dilma, tentando esconder a atuação corruptiva e desenfreada dos seus ministros, declara que não aceitará os 'mal-feitos'. Entendemos como siginificado do adjetivo, quando se tenta fazer funcionar as respectivas pastas ministeriais pelos titulares e a atuação não ser a correta. Apropriação indébita, sim. Sinônimo de roubo. A marca registrada da corrupção. Portanto, a Presidente, continua devendo a satisfação a nação, esclarecendo realamente para que sentou-se na cadeira presidencial.

domingo, 18 de dezembro de 2011

RELAX DOMINICAL

MOMENTOBRASILCOM(Comentário):
Noooooooooossaaaaaa!!!!

sábado, 17 de dezembro de 2011

REFUGIA-TE NA PAZ!!!!!

"Havia muitos que iam e vinham e não tinham tempo de comer"(Marcos, 6:31). O convite do Mestre, para que os discípulos procurem lugar à parte, a fim de repousarem a mente e o coração na prece, é cada vez mais oportuno. Todas as estradas terrestres estão cheias dos que vão e vêm, atormentados pelos interesses imediatistas, sem encontrarem tempo para a recepção de alimento espiritual. Inúmeras pessoas atravessam a senda, famintas de ouro, e voltam carregadas de desilusões. Outras muitas correm às aventuras, sedentas de novidade emocional, e regressam com o tédio destruidor. Nunca houve no mundo tantos templos de pedra, como agora, para manifestações de religiosidade, e jamais apareceu tamanho volume de desencanto nas almas. A legislação trabalhista vem reduzindo a atividade das mãos, como nunca: no entanto, em tempo algum surgiram preocupações tão angustiosas como na atualidade. As máquinas da civilização moderna limitaram espantosamente o esforço humano, todavia, as afliçoes culminam presentemente em guerras de arrasamento cientifico. Avançou a técnica da produção econômica em todos os setores, selecionando o algodão e o trigo por intensificarem as colheitas, mas, para os olhos que contemplam a paisagem mundial, jamais se verificou entre os encarnados tamanha escassez de pão e vestuário. Aprimoraram-se as teorias de solidariedade e nunca houve tanta discórdia. Como acontecia no tempo da permanência de Jesus no apostolado, a maioria dos homens permanece no vaivem dos caminhos, entre a procura desorientada e o achado falso, entre a mocidade leviana e a velhice desiludida, entre a saúde menosprezada e a moléstia sem proveito, entre a encarnação perdida e a desencarnação em desespero. Ah! meu amigo, se adotasse efetivamente o aprendizado com o Divino Mestre, retira-te a um lugar à parte, e cultiva os interesses de tua alma. È possivel que não encontres o jardim exterior que facilite a meditação, nem algum pedaço de natureza física onde repouses do cansaço material, todavia, penetra o santuário, dentro de ti mesmo. A muitos sentimentos que te animam há séculos, imitando, em teu íntimo, o fluxo e o refluxo da multidão. Passam interessados de teu coração ao cérebro e voltam do cérebro ai coração, sempre os mesmos, incapacitados de acesso à paz espiritual. São os princípios fantasistas de paz e justiça, de amor e fidelidade que o plano da carne te impôs. Em certas circunstâncias de experiência transitória, podem ser úteis, entretanto, não vivas exclusivamente ao lados deles. Exerceriam sobre ti o cativeiro infernal. Refugia-te no templo à parte, dentro da tua alma, porque somente aí encontrarás as verdadeiras noções da paz e da justiça, do amor e da felicidade reais, a que o Senhor te destinou.
(Emmanuel/Fonte e Vida).

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

ONDE FICA A COMPETITIVIDADDE?

O relator do caso da fusão da TAM com a chilena Lan no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), Olavo Chinaglia, aprovou nesta quarta-feira (14) a união das duas empresas aéreas, sob a condição de que uma delas deixe sua aliança global de milhagem e que abram mão de vagas para voos entre os aeroportos de Guarulhos (SP) e Santiago, no Chile. A união entre as duas empresas cria a maior companhia aérea da América Latina, com 300 aviões e avaliada em mais de US$ 12 bilhões. O negócio já foi aprovado pelo órgão antitruste do Chile com restrições semelhantes. “Parece inviável que a nova companhia pertença a duas alianças globais mesmo que elas continuem a operar sob as mesmas marcas”, disse Chinaglia. A TAM pertence à StarAlliance, enquanto a Lan integra a Oneworld. O relator rejeitou a ideia de adversários da fusão que cogitam diminuição da concorrência por conta da entrada de uma empresa aérea estrangeira já poderosa. “No Brasil, nota-se mais uma intensa rivalidade marcada por políticas agressivas de preços, horários”, disse Chinaglia. A fusão criará a Latam, uma das dez maiores empresas aéreas do mundo. Durante a leitura de seu voto, Chinaglia disse que também vê concentração em outras duas rotas pela união de TAM e LAN, entre São Paulo e Buenos Aires, na Argentina, e entre a capital paulista e Lima, no Peru. Contudo, ele entendeu não serem necessárias ações do órgão antitrustre brasileiro nesses casos. A união foi anunciada em agosto do ano passado e estará completa no primeiro semestre do ano que vem. O grupo informou que oferecerá 115 destinos para 23 países. As duas empresas hoje empregam mais de 40 mil pessoas. O presidente do Cade, Fernando Furlan, disse que a decisão “cria jurisprudência para o setor”. A legislação hoje dificulta a entrada de empresas aéreas estrangeiras para operar no Brasil.
MOMENTOBRASILCOM(Comentário)
È dessa maneira que o governo quer estimular a competitividade no país? Os monopólios aumentam a cada dia. Vide as fusões de grandes magazines. Como a nação pode ter poder de compra dessa forma? De que jeito o aumento do consumo será realizado? Fusões desses tipos, mostram que muito dinheiro é envolvido tambem por baixo dos panos. Há muita gente levando vantagens. E QUE VANTAGENS!

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

NATAL: O PRESENTE DA PRESIDENTE

Novas normas do BC para saques de cheques.
MOMENTOBRASILCOM(Comentário):
Atualmente vigora no sistema bancário o controle de cheques emitidos acima de R$10.000,00. A partir de março, novas regras estarão vigentes: O controle do governo passará a ser em cheques acima de R$1.000,oo. Assim, o 'leão' da Receita Federal, estará mais forte, sabendo a movimentação bancaria de quase a totalidade dos brasileiros, alem da mordida cada vez maior nos contribuintes e, a consequente amplitude da 'malha fina". Esse é o presente da Mamae Noel do palacio do Planalto, que está mais para Mamae Ursa, e que passará o natal na Granja do torto e no dia 26 embarca com a familia para a praia de Inema(propriedade da Marinha), na Bahia, onde os ex-presidentes FHC e Lula, descansavam das estafantes atividades presidenciais. A dúvida, é que: molhará os pés no mar baiano, usando maiô ou biquine?

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

ANIMOSIDADE: SERRA X AÉCIO

A pesquisa Datafolha que mostrou no domingo Serra com rejeição de 35% entre os paulistanos jogou balde de gelo em publicitários historicamente ligados ao PSDB que tentavam convencer o partido de que ele seria o melhor candidato à Prefeitura de SP. Serra afirmou que não é candidato. Já Aécio, ao discursar como postulante ao Palácio do Planalto, defendeu que Serra seja o candidato tucano na eleição para a prefeitura."A candidatura do Serra a prefeito é o sentimento da grande maioria do partido, pela sua liderança, pelas candidaturas que já teve, extremamente competitivo. Não podemos forçar ninguém a ser aquilo que não quer, mas, no fundo, há uma esperança de que ele seja o candidato."
MOMENTOBRASILCOM(Comentário):
Não é de hoje, o clima tenso entre os dois "tucanos". A troca de 'farpas' é antiga. Pois, lutam pela conquista da liderança dentro do PSDB que, seguindo a rota do PT, tem 3 correntes distintas. Se o maior partido da oposição não consegue entender-se, a Presidente e o PMDB, agradecem penhoradamente. Vão tocando a administração sem maiores preocupações. Infelizmente até hoje José Serra, não soube explorar os mais de 36 milhões de votos recebidos. Enquanto a oposição silencia, os ministros põem a boca no trombone e falam alem da conta, quando o assunto é defender-se de acusações. E o Brasil vai vivendo politicamente a brincadeira do pega-pega entre os ratos e os gatos.

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

2011 : ANO de ESCÂNDALOS

EDITORIAL:

Estamos chegando ao final de 2011, e nada de bom em termos políticos a creditar. A faxina presidencial, não passou do inicio e logo abortada em nome da governabilidade. As reformas políticas continuam na conta das promessas e, há quem afirme que não sairá antes do prazo legal para as desimcompatibilizações dos cargos ministeriais por aqueles que concorrerão as eleições municipais. Ou seja: no 2º trimestre do ano vindouro. Com pequenissimas exceções, os comportamentos dos homens públicos continuam a buscar os próprios interesses, levando a sociedade a não confiar na classe política, pairando no futuro do país a sombra da incerteza, pois, petistas ou não, a rotatividade no poder continua sendo um jogo de cartas marcadas, tendo por norte a generalização dos 'malfeitos' pessoais , vide a queda de 7 ministros em apenas 10 meses de governo, tornando-se um marco na historia do Brasil, e, se até 31 de dezembro 'cair' mais algum, certamente essas quedas entrarão pra o Guiness Book(sendo que o Jobim pediu demissão por criticar colegas). Há comprovadamente a vontade do PT em permanecer o maior tempo possível no Palacio do Planalto. Dos 39 ministerios que atualmente compõem a administração federal, a maiaoria já deveria ter sido extinta e, consequentemente o enxugamento da máquina realizado. Mas não! è interessante o número elevado, para que se tenha a moeda da troca e continuação do poder, ´pois, os partidos são meras legendas do toma-lá-dá-cá.

domingo, 11 de dezembro de 2011

RELAX DOMINICAL

MOMENTOBRASILCOM(Comentário):
Esse é o verdadeiro homem e Mestre dos mestres.

sábado, 10 de dezembro de 2011

SER ESPÍRITA

... Ser espírita é ser cristão, viver religiosamente o Cristo de Deus em toda a intensidade do compromisso, caindo e levantando, desconjuntando os joelhos e retificando os passos, remendando as carnes dilaceradas e prosseguindo fiel em favor de si mesmo e da era do Espírito Imortal.Chamados para esta luta que começa no país da consciência e se exterioriza na indimensionalidade geográfica, além das fronteiras do lar, do grupo social, da pátria, em direção do mundo, lutai para serdes escolhidos. Perseverai para receberdes a eleição de servidores fiéis que perderam tudo, menos a honra de servir; que padeceram, imolados na cruz invisível da renúncia, que vos erguerá aos páramos da plenitude.Jesus, meus filhos – que prossegue crucificado pela ingratidão de muitos homens -, é livre em nossos corações, caminha pelos nossos pés, afaga com nossas mãos, fala em nossas palavras gentis e só vê beleza pelos nossos olhos fulgurantes como estrelas luminíferas no silêncio da noite. pelo Espírito Bezerra de Menezes - Trecho da mensagem psicofônica O Brasil e a sua missão histórica de Coração do mundo e pátria do Evangelho, recebida por Divaldo Pereira Franco, na Reunião do Conselho Federativo Nacional de 6 de novembro de 1988, realizada em Brasília, DF, na sede da Federação Espírita Brasileira.

(Do site: www.divaldofranco.com/mensagens.php?not=145)
Colb: ARCAdoCONHECIMENTO.blogspot.com)

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

NOVO ASSALTO A NAÇÃO.

O plenário do Senado acaba de aprovar, em primeiro turno, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que prorroga a Desvinculação de Receitas da União (DRU) até 2015. Foram 59 votos a favor e 12 contrários. A matéria é o item prioritário do governo no Congresso e garantirá a livre movimentação de R$ 62 bilhões de recursos do Orçamento de 2012. Foi uma votação tranquila, sem confrontos com a oposição, em que o governo conseguiu uma margem folgada, já que o mínimo necessário para aprovar a matéria eram 49 votos. A previsão é de que a votação da matéria em segundo turno ocorra na próxima terça-feira, dia 20.
MOMENTOBRASILCOM(Comentário):
Diz um ditado popular que, "Àgua mole em pedra dura, tanto bate até que fura". E foi justamente isso que aconteceu com essa aprovação descabida, descarada e sem vergonha aos cofres da nação. Não se poderia esperar outra coisa de um Congresso que é presidido por velha raposa da política brasileira, o oligocrata e cara-de-pau José Sarney. Que só irá deixar a presidencia por antiguidade do cargo. Gastar-se 62 Bi, ao bel-prazer, é uma estupidez inimaginável. Mas, enquanto os brasileiros não aprenderem a votar e apenas espernear com os mal-feitos do Planalto, será sempre considerado pela opinião pública mundial, como verdadeiros 'carneirinhos'.

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

A CANJA DO REI.

MOMENTOBRASILCOM.(Comentário):

Quem pode, PODE!!!!!!!!

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

QUERO GASTAR SEM COMPROVAÇÃO.

Devido à demora para votação da proposta de emenda à Constituição (PEC) que prorroga a Desvinculação de Receitas da União (DRU) até dezembro de 2015, a presidenta Dilma Rousseff deve fazer a convocação extraordinária do Congresso Nacional. A DRU autoriza ao governo a usar 20% da arrecadação das receitas da União da forma que melhor entender. Em 2012, isso representará cerca de R$ 62 bilhões. Pela Constituição, o recesso legislativo começa no dia 22 de dezembro, prazo considerado arriscado por parlamentares para votação em dois turnos da DRU, antes que o mecanismo atual perca a validade em 31 de dezembro.“[A convocação extraordinária] é uma possibilidade. Estamos discutindo com o governo e com os partidos, inclusive da oposição, um calendário de votação no Senado. Uma possibilidade concreta é a convocação para termos, na última semana de dezembro, a votação da DRU e do Orçamento. Mas ainda não há um calendário fechado”, disse o líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR). De acordo com o regimento da Casa, antes de votar uma PEC, são necessárias cinco sessões de discussão da matéria. Nesta quinta-feira (2), foi feita a primeira referente à DRU, aprovada pela Câmara dos Deputados. A base do governo no Senado tem encontrado dificuldade para acelerar a tramitação da matéria, porque a oposição condiciona a aprovação da DRU à votação de outra proposta – a Emenda 29, que aumenta o repasse de recursos para a área de saúde.
MOMENTOBRASILCOM(comentário):
O acinte do governo federal é escabroso. Quer a todo custo gastar o que seria em termos atuais, cerca de 62 Bi, rasgam a Constituição Federal ao não respeitarem as 5 sessões necessárias para os trâmites legais e não aceitam de maneira nenhuma voarem a Emenda 29, que trata do aumento dos recursos para a saúde. ( o povo que exploda ou relaxe e goze). A DRU- Desvinculação de receitas da União, é assalto e corrupção explícita.

domingo, 4 de dezembro de 2011

RELAX DOMINICAL

MOMENTOBRASILCOM(Comentário):
Bôbo é todo aquele que não crê.

sábado, 3 de dezembro de 2011

LIBERTAÇÃO

A finalidade precípua e mais importante da reencarnação diz respeito ao processo de autoiluminação do Espírito. Herdeiro de suas próprias experiências mantém atavismos negativos que o retêm nas paixões perturbadoras, aturdindo-se com freqüência, na busca frenética do prazer e da posse. Como conseqüência, as questões espirituais permanecem-lhe em plano secundário, em conceder-se ensejo de crescimento libertador. Indispensável que se criem as condições favoráveis ao desenvolvimento dos seus valores éticos e espirituais que não devem ser postergardos. Somente através desse esforço - que é o empenho consciente para o auto-encontro, o denodo para romper com as amarras selvagens da ignorância, da acomodação, da indiferença - que o logro se torna possível. Há pessoas que detestam a solidão, afirmando que esta lhes produz depressão e angústia, sensação de abandono e de infelicidade. Outras, no entanto, buscam-na como terapia indispensável ao refazimento das forças exauridas, caminho seguro para o reexame de atitudes, para a reflexão em torno dos acontecimentos da vida. A solidão, todavia, não é boa nem má. Os valores dela defluentes são sentidos de acordo com o estado de espírito de cada ser. O silêncio produz em alguns indivíduos melancolia e medo. Parece sugerir-lhes um abismo apavorante, ameaçador. Em outras pessoas, faculta a paz, o processo de readaptação ao equilíbrio, abrindo espaço para o autoconhecimento. O silêncio, no entanto, não é positivo ou negativo. Conforme o estado íntimo de cada um, ele propicia o que se faz necessário à paz, à alegria. Muitos homens se atiram afanosamente pela conquista do dinheiro, nele colocando todas as aspirações da vida como sendo a meta única a alcançar. Fazem-se, até mesmo, onzenários. Inúmeros outros, todavia, não lhe dão maior valor, desperdiçando-o com frivolidade, esbanjando-o sem consideração. Terminam, desse modo, na estroinice, na miséria econômica. O dinheiro, entretanto, não é essencial ou secundário na vida. Vale pelo que pode adquirir e segundo a consideração de que se reveste transitoriamente. É indispensável que inicies o processo da tua libertação quanto antes. Faze um momento habitual de solidão, onde quer que te encontres. Não é necessário que fujas do mundo, porém que consigas um espaço mental e doméstico para exercitares abandono pessoal e aí fazeres silêncio, meditando em paz. Não digas que o tempo não te faculta ocasião. Renuncia a alguma tarefa desgastante, a alguma recreação exaustiva, ao tempo que dedicas ao espairecimento saturador e aplica-o à solidão. Nesse espaço, isola-te e silencia. Deixa que a meditação refunda os teus valores íntimos e logre libertar-te das paixões escravizantes. Considera o dinheiro e todos os demais valores como instrumentos para finalidades próximas, cuidando daqueloutros de sabor eterno e plenificador, que se te fazem essenciais para o êxito na tua jornada atual, a tua auto-iluminnação libertadora.
(Autor: Joanna de ÂngelisPsicografia de Divaldo Franco. Do livro: Momentos de Felicidade).
(Colb: ARCAdoCONHECIMENTO.blogspot.)

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

FORÇA OU PESO?

Dilma e Lupi: parece que a questão é saber quem tem a bala maior…
O caso do ministro Carlos Lupi, do Trabalho, começa a jogar sobre o governo Dilma a sombra do ridículo, do patético. A Soberana tem sido, nestes quase 12 meses, bastante poupada de si mesma e de suas escolhas por boa parte da imprensa. Como se dá de barato que o chamado “presidencialismo de coalizão” conduz o governante a fazer, muitas vezes, coisas de que não gosta, então se entende que Dilma “herdou” uma gestão cheia de problemas e foi corrigindo as distorções ao longo do tempo. Trata-se uma leitura certamente generosa, bondosa mesmo! Dilma tem, sim, de governar com os partidos, mas era forte o bastante para, se quisesse, ter operado algumas trocas já na largada. Que Carlos Lupi nunca foi, assim, de uma ortodoxa moralidade, até os vastos gramados de Brasília sabiam. No entanto, ela decidiu ficar com ele. O homem nunca lhe foi estranho. Foi seu correligionário de PDT e companheiro de ministério quando ela era a gerentona. Dilma o escolheu porque quis, e assim foi com os cinco outros demitidos em meio a acusações de lambança: Antonio Palocci, Alfredo Nascimento, Pedro Novais, Wagner Rossi e Orlando Silva. Desta vez, Dilma decidiu resistir, e o Planalto conseguiu emprenhar boa parte do jornalismo político pelo ouvido. Tudo faria parte de uma grande estratégia para tirar o PDT na reforma ministerial. Substituir Lupi agora corresponderia a deixar o ministério nas mãos do partido, que indicaria o substituto. A desculpa me parece um tanto ridícula. Se a presidente quiser o apoio do PDT, terá de lhe dar um ministério — o do Trabalho ou outro. É claro que essa pasta é do especial agrado dos pedetistas por causa da Força Sindical, do deputado “Paulinho da Força” (SP), presidente da central. Sim, Dilma gostaria de se ver livre de Lupi. Mas não há motivos para deixar de constatar o óbvio: ela ainda o demitiu não porque não queira, mas porque não pode. Dessa forma, o homem não aceita! E deve ter bons motivos para impor a sua vontade e ainda fazer o governo cobrar explicações da… Comissão de Ética! É ridículo! O grupo nada mais fez do que expressar a perplexidade de toda gente. Até agora, lembrou a comissão, não se sabe nem quem pagou o tal jatinho em que o ministro viajara em companhia de um empresário que jurou não conhecer. A cada dia, aquela fala agressiva de Lupi de que só sairia a bala e de que teria de ser uma “bala bem grande” porque ele é “pesadão” vai se mostrando menos bravata do que parecia. Os outros cinco ministros, vamos convir, caíram com muito menos evidências do que as que há contra o pedetista. Por que o tratamento com ele é diferente? Algumas pessoas que circulam na periferia da presidente sugerem que ela decidiu que a “imprensa não demitiria mais” mais ministros seus. Imprensa? O jornalismo nem contrata nem dispensa os auxiliares de Dilma. Ela é a responsável pela recondução de Lupi ao cargo e por sua permanência. A imprensa apenas noticia o que sabe. Se os fatos não ajudam a desenhar um perfil virtuoso do ministro do Trabalho, fazer o quê? Paciência!
Dilma bravinha. Os assessores palacianos da presidente que lidam com a imprensa mandaram espalhar que ela ficou chateada porque a Comissão de Ética vazou o seu parecer antes de falar com ela. Queria o quê? Trata-se de uma “Comissão de Ética Pública”, não de assessoramento privado da cidadã Dilma Rousseff. A mandatária, consta, quer que a comissão dê algumas explicações. Que parte da lambança de Lupi Dilma não entendeu até agora? Escrevi ontem sobre a Lei da Ficha Limpa, e alguns leitores, não sei se “luperinos”, perguntam-me por que acho que a presunção de inocência não vale também para o ministro. Quem disse? Não estou pedindo que ele seja imediatamente enviado à cadeia por conta das acusações que há contra ele. Acho que ele tem de ser demitido de um cargo político, de confiança; é coisa completamente diferente. Não me parece que possa ser ministro de estado alguém que, de modo deliberado, conta uma inverdade numa comissão da Câmara, evidenciada depois por fotos, vídeos, testemunhos. Daria até para colher as impressões digitais do ministro no tal avião. O governo Dilma não será caracterizado por grandes êxitos na economia — a maré não é das melhores — nem por sua operosidade. As denúncias de malversação de recursos públicos nas obras da Copa começam a tomar volume. Que sinal Dilma está emitindo? Não há estratégia política que justifique a leniência com Lupi. O que vai ficando claro é que ele só sai se e quando quiser. Parece que, de fato, a bala para derrubá-lo tem de ser muito grande, maior ao menos do que a bala que ele pode ter para disparar contra o governo.(Fonte Reinaldo Azevedo/VEJA).
MOMENTOBRASILCOM(C0mentário):

A grande verdade é que os últimos governos, em nome de uma fajuta governavilidade, vêm sucateando os ministérios e os 2º e 3º escalões da administração federal, e dessa maneira ficaram à mercê dos interesses dos chamados partidos da base aliada, os quais são os verdadeiros mandatários das 'capitanias hereditárias' em que se transformaram as pastas ministeriais e congêneres. Pois, trata-se do toma lá-dá-cá. E o produto/mercadoria (escambo) em questão, é a possivel aprovação dos projetos através das respectivas assinaturas e apoio dos parlamentares. Como disse, o Reinaldo, a imprensa não demite porque não contrata. Simplesmente faz seu papel de informar a opinião pública. Outro detalhe de suma importancia, é a constatação de que o governo federal quer de qualquer forma controlar todos os órgãos do poder judiciário. As decisões tomadas, têm que passar primeiro pelo crivo presidencial. Estamos voltando ao tempo de censura prévia e ao que nos consta, esse procedimento não faz parte do Regime Democrático.
(N.E. Os grifos são nossos)

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

A VERDADE SEM MEIAS PALAVRAS.

MOMENTOBRASILCOM(Comentário):
Eis, de forma clara o que a Min. Eliana Calmom colocou para fora. Ela se mostra contrária ao que a gerou, inclusive, a interfrência do Poder Executivo (Presidente da República) no Poder Judiciário, que deve acabar, por meio de escolhas dos órgãos que têm representantes nas cortes, com elenco de requisitos maiores do que os atuais e exigência de uma “carreira” própria, além de sabatina e aprovação do Congresso, que não ocorrendo deve impor substituição por oriundo de outra origem, para quebrar esquemas corporativistas que venham a querer forçar a decisão do Congresso.
A ministra Eliana Calmon, a corregedora do CNJ: "Eu sou uma rebelde que fala" .A corte dos padrinhos. A nova corregedora do Conselho Nacional de Justiça diz que é comum a troca de favores entre magistrados e políticos Em entrevista a VEJA, Eliana Calmon mostra o porquê de sua fama. Ela diz que o Judiciário está contaminado pela politicagem miúda, o que faz com que juízes produzam decisões sob medida para atender aos interesses dos políticos, que, por sua vez, são os patrocinadores das indicações dos ministros. Por que nos últimos anos pipocaram tantas denúncias de corrupção no Judiciário? Durante anos, ninguém tomou conta dos juízes, pouco se fiscalizou. A corrupção começa embaixo. Não é incomum um desembargador corrupto usar o juiz de primeira instância como escudo para suas ações. Ele telefona para o juiz e lhe pede uma liminar, um habeas corpus ou uma sentença. Os juízes que se sujeitam a isso são candidatos naturais a futuras promoções. Os que se negam a fazer esse tipo de coisa, os corretos, ficam onde estão. A senhora quer dizer que a ascensão funcional na magistratura depende dessa troca de favores? O ideal seria que as promoções acontecessem por mérito. Hoje é a política que define o preenchimento de vagas nos tribunais superiores, por exemplo. Os piores magistrados terminam sendo os mais louvados. O ignorante, o despreparado, não cria problema com ninguém porque sabe que num embate ele levará a pior. Esse chegará ao topo do Judiciário. Esse problema atinge também os tribunais superiores, onde as nomeações são feitas pelo presidente da República? Estamos falando de outra questão muito séria. É como o braço político se infiltra no Poder Judiciário. Recentemente, para atender a um pedido político, o STJ chegou à conclusão de que denúncia anônima não pode ser considerada pelo tribunal. A tese que a senhora critica foi usada pelo ministro Cesar Asfor Rocha para trancar a Operação Castelo de Areia, que investigou pagamentos da empreiteira Camargo Corrêa a vários políticos. É uma tese equivocada, que serve muito bem a interesses políticos. O STJ chegou à conclusão de que denúncia anônima não pode ser considerada pelo tribunal. De fato, uma simples carta apócrifa não deve ser considerada. Mas, se a Polícia Federal recebe a denúncia, investiga e vê que é verdadeira, e a investigação chega ao tribunal com todas as provas, você vai desconsiderar? Tem cabimento isso? Não tem. A denúncia anônima só vale quando o denunciado é um traficante? Há uma mistura e uma intimidade indecente com o poder. Existe essa relação de subserviência da Justiça ao mundo da política? Para ascender na carreira, o juiz precisa dos políticos. Nos tribunais superiores, o critério é única e exclusivamente político. Mas a senhora, como todos os demais ministros, chegou ao STJ por meio desse mecanismo. Certa vez me perguntaram se eu tinha padrinhos políticos. Eu disse: “Claro, se não tivesse, não estaria aqui”. Eu sou fruto de um sistema. Para entrar num tribunal como o STJ, seu nome tem de primeiro passar pelo crivo dos ministros, depois do presidente da República e ainda do Senado. O ministro escolhido sai devendo a todo mundo. No caso da senhora, alguém já tentou cobrar a fatura depois? Nunca. Eles têm medo desse meu jeito. Eu não sou a única rebelde nesse sistema, mas sou uma rebelde que fala. Há colegas que, quando chegam para montar o gabinete, não têm o direito de escolher um assessor sequer, porque já está tudo preenchido por indicação política. Há um assunto tabu na Justiça que é a atuação de advogados que também são filhos ou parentes de ministros. Como a senhora observa essa prática? Infelizmente, é uma realidade, que inclusive já denunciei no STJ. Mas a gente sabe que continua e não tem regra para coibir. É um problema muito sério. Eles vendem a imagem dos ministros. Dizem que têm trânsito na corte e exibem isso a seus clientes. E como resolver esse problema? Não há lei que resolva isso. É falta de caráter. Esses filhos de ministros tinham de ter estofo moral para saber disso. Normalmente, eles nem sequer fazem uma sustentação oral no tribunal. De modo geral, eles não botam procuração nos autos, não escrevem. Na hora do julgamento, aparecem para entregar memoriais que eles nem sequer escreveram. Quase sempre é só lobby. Como corregedora, o que a senhora pretende fazer? Nós, magistrados, temos tendência a ficar prepotentes e vaidosos. Isso faz com que o juiz se ache um super-homem decidindo a vida alheia. Nossa roupa tem renda, botão, cinturão, fivela, uma mangona, uma camisa por dentro com gola de ponta virada. Não pode. Essas togas, essas vestes talares, essa prática de entrar em fila indiana, tudo isso faz com que a gente fique cada vez mais inflado. Precisamos ter cuidado para ter práticas de humildade dentro do Judiciário. É preciso acabar com essa doença que é a “juizite”.