quinta-feira, 31 de março de 2011

O "OLHO GORDO" DO PT QUER A VALE.

A compra de matéria-prima chinesa, em detrimento da nacional, ´pode ser a chance que o governo esperava.

A substituição – Ainda sem definição, o substituto para Agnelli pode estar dentro da própria Vale. Trata-se do vice-presidente Tito Martins. Outro cotado para o cargo é Rodolfo Landim, ex-presidente da BR Distribuidora e ex-braço direito do empresário Eike Batista. Questionado pelo site de VEJA, Landim esquivou-se, dizendo que tudo não passa de especulação da imprensa. Também são cotados para o cargo Fabio Barbosa, presidente do conselho do Santander, e Rossano Maranhão, ex-presidente do Banco do Brasil e atualmente no comando do Banco Safra.

MOMENTOBRASILCOM.COM(Comentário):

Mesmo aumentando de 3 bi para 30,1 bi o lucro da Vale, o governo federal está de olho nos 85 bilhões de receita da segunda maior empresa do país e a primeira em capital privado. A sigilosa visita do ministro Mantega ao Bradesco(onde o Roger Agnelli era funcionário de carreira), para pedir apoio na demissão, vazou. A imprensa internacional afirma que, o intuito do governo deve provocar uma onda de hostilidades na empresa e no Brasil. E ainda dizem que no governo federal não há rataliações. A quem pensam que enganam?

quarta-feira, 30 de março de 2011

A PERSISTENCIA E LUTA, PERSONIFICADA.

"Dou nota zero a política ecônomica do Presidente Lula"(José de Alencar, em de suas entrevistas no cargo de Vice-Presidente):

MOMENTOBRASILCOM.COM(Comentário):

Ilustramos a matéria com uma das célebres frases do então Vice-Presidente, que emitia opinião de maneira franca o objetiva quando não concordava com as ações do governo federal, mesmo sendo parte integrante e ativa do mesmo, criticava forte, mas construtivamente. Guindado à chapa do governo Lula, com o objetivo de acalmar os empresários do país, temerários com o novo governo de um um ex-sindicalista(2002), o fez com altivez e seriedade. Transformou a Coteminas(industria textil) numa das maiores empresas do país e o carro chefe dos seus negócios. Mostrou no governo como deve atuar um político. Quando chamado a atuar na presidencia do país, o fez de forma sóbria. Lutou durante cinco anos, contra diversos tipos de câncer, submetendo-se a 17 cirurgias durante esse período, sem deixar-se abater. Essa tenacidade em lutar, aliada a forma franca dos seus pronunciamentos e ao carisma que era possuidor, levaram a nação a aplaudi-lo e formar uma corrente positiva para que tivesse sucesso. E para esse redator/editor, esse mineiro que tem a vida ceifada aos 79 anos, É, UM TANTINHO ACIMA DO BEM e DO MAL.(como diriam seus conterraneos). Os ´'céus', ganham um grande espírito. O Brasil perde um político de respeito!

terça-feira, 29 de março de 2011

LEÃO MAIS FAMINTO AINDA.

Mais uma MP assinada pelo planalto: reajusta o I.R.
MOMENTOBRASILCOM.COM(comentário):

A presidente Dilma assina a MP do 'leão', reajustando a tabela de correção do Imposto de Renda em 4,5%, válida até 2014. Se atualmente o governo já lesa o contribuinte em cerca de 70%, ao final da vigência, o dolor governamental ultrapassará o patamar dos 90%. Se a chamada classe 'remediada', aqueles que lutam por manter um padrão de vida tendo um mínino de conforto, não consegue equilibrar suas finanças, como o governo pode falar em erradicação da miséria? Como sobreviver que taxas de juros tão altas e crédito tão restrito? Acreditamos que nem o Mandrake o conseguiria.

segunda-feira, 28 de março de 2011

E D I T O R I A L

Mundanças no Congresso:

Com a resolução da Côrte Constitucional - STF - a chamada Lei da Ficha Limpa, só terá validade para as proximas eleições. Isso porque o recem-empossado ministro Luis Fux, votou de acordo com a constituição, após um empate técnico por 5 a 5, e que determina com a Lei só poderá ser cumprida se em vigor um ano antes das eleiçoes. Desta forma, todos os candidatos que estavam subjúdice, poderão a partir de agora tomar posse, fato que, muda nomes e cadeiras de partidos tanto na Câmara Federal, quanto no Senado. Doravante, Jader Barbalho, dentre muitos, vão 'deitar e rolar'.Resta saber, se as mudanças influenciarão no opoio obtido pelo Governo Federal. Quanto a vigência da Lei e o respectivo resultado, é de certa forma imoral, mas não ilegal. São v-alvulas de 'escape' deixadas pelos textos das leis no Brasil.

domingo, 27 de março de 2011

CHICO E / OU KADERC.

MOMENTOBRASILCOM.COM(Comentário):

Pedimos desculpas, mas foi necessário publicarmos a matéria na íntegra.

Os motivos que me levam a uma convicção pessoal de que Chico Xavier tenha sido a reencarnação de Allan Kardec tão numerosos e distintos são que passarei a expor alguns deles, sem o menor propósito de polemizar em torno do assunto. Tendo convivido com o médium por mais de 25 anos, não observei diferença significativa entre a sua personalidade e a do Codificador. Consideremos, segundo nos é dado depreender das informações prestadas pelos principais biógrafos de Kardec e dos escritos de sua própria lavra, que ambos eram, quando necessário, austeros e amáveis, determinados e bons. Chico Xavier – creio que todos concordam a respeito – foi o legítimo continuador de Kardec, no que tange ao desdobramento da codificação e à tarefa de difundi-la, através da palavra e do exemplo. Após o 2 de Abril de 1910, data do nascimento de Chico, o espírito de Allan Kardec não mais estabeleceu, ele mesmo, qualquer contato mediúnico confiável com os encarnados. O Espírito Verdade, coordenador espiritual de imensa equipe que o assessorava e um dos seus Protetores, havia lhe informado, em mais de uma ocasião, que, dentro de pouco tempo, ele tornaria a reencarnar para dar seqüência à obra encetada. O próprio Kardec, elaborando os cálculos, deduziu que a sua volta à Terra se daria no final daquele século ou no começo do outro. Chico Abraçou a mediunidade aos 17 anos de idade; os Espíritos haviam dito a Allan Kardec que, quando ele voltasse à Terra seria em condições que lhe permitissem trabalhar desde cedo. Emmanuel, um dos Espíritos Codificadores, foi ao lado do Dr. Bezerra de Menezes e tantos outros, o coordenador da tarefa mediúnica de Chico Xavier. O Mentor da “Sociedade Parisiense de Estudos Espíritas” fundada por Kardec era São Luis; o do Centro Espírita de Pedro Leopoldo, fundado por Chico Xavier, é São Luis Gonzaga. Se Chico não foi a reencarnação do Codificador, conclui-se naturalmente que ele não reencarnou e que, portanto, o Espírito Verdade se enganou no que lhe disse, o que – convenhamos – colocaria em questão a sua condição espiritual. Se a espiritualidade superior tivesse mudado de planos – o que é inconcebível, depois de anunciá-los -, porque o grande silêncio de Allan Kardec, através da maior antena psíquica do século: Chico Xavier? Chico, com freqüência, se referia a Jesus e aos Espíritos amigos, mas pouco mencionava o nome de Allan Kardec. Para os íntimos, Chico revelava um conhecimento da vida do Codificador que não encontramos em nenhuma de suas biografias. Contou a mim e a outros, por exemplo, que um de seus sobrinhos, após o seu desenlace, entrou na justiça reivindicando parte dos direitos autorais das obras da Codificação, o que, segundo o médium, atrasou a divulgação da Doutrina em 50 anos: Coincidência ou não, Chico teve um sobrinho que lhe criou sérios problemas, em caluniosa difamação plenamente infundada. Chico não se casou e, embora Kardec tenha se consorciado, segundo o médium, ele e D. Amélie Gabrielle Lacomb Bouded, que era 9 anos mais idosa do que ele, cultivavam um amor puro: ela nutria por ele verdadeiro zelo maternal. Isto me foi dito pelo próprio Chico, conforme a Dra. Marlene Rossi Severino Nobre, que também estava presente na ocasião, escreveu em um artigo da “Folha Espírita”. Outras “coincidências” nos fazem pensar: Kardec desencarnou em 31 de março e foi sepultado no dia 2 de abril, data do nascimento de Chico Xavier, tendo o seu corpo ficado exposto à visitação pública durante 48 horas; o mesmo pedido foi feito por Chico Xavier aos seus amigos. Era hábito de Kardec efetuar doações financeiras a amigos em dificuldades, encaminhando-as em nome dos Bons Espíritos; o mesmo fazia Chico Xavier, inclusive empregando a mesma terminologia do Codificador. Diga-o quem, neste sentido, tenha sido beneficiado pelo médium. Existem fotos de Kardec e Chico que poderiam ser sobrepostas, tal a semelhança de postura entre os dois; é espantosa a semelhança revelada entre as mãos de um e de outro, além do costume de Chico sempre usar paletó, mesmo sendo o Brasil um país de clima tropical. Em Uberaba, e acreditamos em outras cidades, vários médiuns confirmavam que Chico era a reencarnação de Allan Kardec, inclusive notável medianeira Antusa Ferreira Martins, que era surda-muda e analfabeta, portanto incapaz de ser influenciada por especulações neste sentido. Entre os que contestam ser Chico a reencarnação de Kardec, há os que afirmam que o Codificador não teria sido tão tolerante quanto Chico o foi com o que lhe sucedia ao redor, envolvendo irmãos de ideal e outros, esquecendo-se de que, em “Obras Póstumas”, o Codificador não hesita ao confessar que a “Sociedade Parisiense de Estudos Espíritas” havia se transformado em um foco de intrigas contra ele e que enfrentara inúmeros dissabores inclusive traição. Chico jamais confirmou ser a reencarnação de Allan Kardec; ao contrário quando não fazia questão de negá-lo, inclusive em entrevistas, respondia reticentemente em torno do assunto. Poderiam, perfeitamente, ser de Chico Xavier as seguintes palavras de Allan Kardec: “Sentia que não tinha tempo a perder e não perdi; nem em visitas inúteis, nem em cerimônias estéreis. Foi a obra de minha vida. Dei-lhe todo o meu tempo, sacrifiquei-lhe o meu repouso, a minha saúde, porque diante de mim o futuro estava escrito em letras irrecusáveis. Chico e Kardec eram assim: “Aos domingos – escrevia ainda Leymarie -, sobretudo nos últimos dias de sua vida, convidava amigos para jantar em sua Vila Ségur (Chico os convidava aos sábados, para almoçar). Então, o grave filósofo, depois de haver batido os pontos mais difíceis e mais controvertido da Doutrina, esforçava-se para entreter os convidados. Mostrava-se expansivo, espalhando bom-humor em todas as oportunidades”. Kardec e Chico, acima de tudo, tinham e têm um acendrado compromisso com o Evangelho de Jesus, em sua obra e em sua vida. Ao terminar, esclareço que, sendo adepto de uma doutrina de livre expressão, qual é o Espiritismo, reivindico para mim o direito de pensar como penso e deixo exarado neste testemunho, sem, evidentemente, negar a qualquer outro o direito de discordar de minhas convicções, sem que me sinta, necessariamente constrangido a transformar o assunto em polêmica sem proveito, com responder a objeções que o tempo, e somente o tempo, haverá de fazer. PARTE 2 : Matéria contida na revista “Goiás Espírita” Ano7 – nº 23 – 2003. Allan Kardec, Caminhada, Carlos A. Baccelli, Chico Xavier, Espírita, Espiritismo, espíritos, Jesus, Mediunidade, Reencarnação, Trabalho, Vida Obras Póstumas – 2ª parte – Previsões Minha Missão mauricio Reencarnação 2011-03-16 Texto enviado pelo amigo e leitor Emerson – Bauru -SP 12 DE ABRIL DE 1860 (Em casa do sr. Dehau, méd. sr. Crozet.) (Comunicação espontânea obtida em minha ausência) Allan Kardec: Pela sua firmeza e sua perseverança, o vosso Presidente frustrou os planos daqueles que procuravam destruir seu crédito e arruinar a Sociedade, na esperança de assentar um golpe fatal na Doutrina. Honra a ele! Que bem sabe que estamos com ele, e que os Espíritos sábios estarão felizes em poder assisti-lo em sua missão. Quantos há que gostariam de cumprir parte dessa missão, porque receberiam a parte dos benefícios que ela causa! Mas essa missão é perigosa, e para cumpri-la é preciso uma fé e uma vontade inquebrantáveis: é preciso também da abnegação e da coragem para afrontar as injúrias, os sarcasmos, as decepções, e não se comover com a lama lançada pela inveja e pela calúnia. Nessa posição, o menos que pode acontecer, é ser tratado de louco e de charlatão. Deixai dizer, deixai pensar à vontade: tudo não tem senão um tempo, exceto a felicidade eterna. Tudo vos será contado, e sabei bem que é necessário, para ser feliz, ter contribuído para a felicidade dos pobres seres com os quais Deus povoou a vossa Terra. Que a vossa consciência fique, pois, no repouso e na serenidade: é o prenúncio da felicidade celeste. Futuro do Espiritismo. 15 DE ABRIL DE 1860 (Marselha, méd. sr. Georges Genouillat.) (Comunicação, transmitida pelo sr. Briom Dorgeval.) O Espiritismo está chamado a desempenhar um papel imenso sobre a Terra; será ele que reformará a legislação tão freqüentemente contrária às leis divinas; será ele que retificará os erros da história; será ele que reconduzirá a religião do Cristo que, nas mãos dos sacerdotes, se tornou um comércio e um vil tráfico; instituirá a verdadeira religião, a religião natural, a que parte do coração e vai direto a Deus, sem se deter nas franjas de uma batina, ou no escadote de um altar. Extinguirá para sempre o ateísmo e o materialismo, aos quais certos homens foram levados pelos abusos daqueles que se dizem os ministros de Deus, pregam a caridade com uma espada na mão, sacrificam à sua ambição, e ao espírito de dominação, os direitos mais sagrados da Humanidade. UM ESPÍRITO Meu retorno 10 DE JUNHO DE 1860. (Em minha casa, médium, sra. Schmidt.) Perg. (À Verdade). Acabo de receber uma carta de Marselha, na qual se me diz que, num seminário dessa cidade, se ocupou seriamente do estudo do Espiritismo e de O Livro dos Espíritos. O que é preciso disso augurar? É que o clero tomou a coisa com interesse? Resp. – Não podes disso duvidar: ele toma as coisas muito a sério, porque nelas prevê as conseqüências para ele, e as suas apreensões são grandes. O clero, sobretudo a parte esclarecida do clero, estuda o Espiritismo mais do que não o crês: mas não pensa que seja por simpatia; ao contrário, nisso procura os meios para combatê-lo, e assegura-te que lhe fará uma rude guerra. Não te inquietes com isso; continue a agir com prudência e circunspecção; tenha-te em guarda contra as armadilhas que te serão estendidas; evita cuidadosamente, em tuas palavras e em teus escritos, tudo o que poderia fornecer armas contra ti. Prossegui o caminho sem medo, e se ele está semeado de espinhos, asseguro-te que terás grandes satisfações antes de retornares “por um pouco” entre nós. Perg. – Que entendeis por essas palavras “por um pouco”? Resp. – Não ficarás muito tempo entre nós; é necessário que retornes para terminar a tua missão, que não pode ser rematada nesta existência. Se isso fosse possível, não te irias daí de modo algum, mas é preciso suportar a lei da Natureza. Estarás ausente durante alguns anos e, quando voltares, isso será em condições que te permitirão trabalhar cedo. No entanto, há trabalhos que é útil que termines antes de partir; é porque te deixaremos o tempo necessário para acabá-los. Nota. – Supondo aproximadamente a duração dos trabalhos que me restam a fazer, e tendo em conta o tempo de minha ausência e os anos da infância e da juventude, até a idade que um homem pode desempenhar um papel no mundo, isso nos leva, forçosamente, ao fim deste século ou ao começo do outro. Allan Kardec, Chico Xavier, Espírita, Espiritismo, espíritos, Mediunidade, Moral Espírita, Obras Póstumas, Reencarnação, Trabalho, Vida Address: http://visaoespiritabr.com.br/reencarnacao/obras-postumas-2%c2%aa-parte-previsoes-minha-missao "O poder sem amor, enlouquece a inteligência" "O poder desgasta sobretudo quem não o tem." "O poder distancia o amor."

sábado, 26 de março de 2011

MAIS UMA LIÇÃO DE VIDA.

Chico Xavier = Mestre Ascensionado Kai Wan. ‏O Grande Mestre Ascenso da Humildade. Abençoados sejam.
Venho nesta comunicação informar vocês sobre as grandes mudanças energéticas que foram inseridas em vosso mundo. Com a passagem de KAI WAN, ou Francisco Candido Xavier, um novo momentum de luz foi acoplado nas esferas celestes da Terra. Antes da passagem dele, esse momentum de energia era grande, mas não tinha atingido a integralidade da unificação de todos os corpos. Como ele ainda tinha um foco material em vossa realidade, parte do processo de ascensão dele não estava completado, pois ele emitia constantes fluxos de energia crística de sustentação para a humanidade do ponto material, fazendo o ancoramento de milhares de irmãos espirituais de diversos graus evolutivos. Ele sustentava um enorme Portal Multidimensional dos Mestres de Amor e Ternura para a humanidade, além de estar conectado a importantes templos de luz dos mestres e do comando estelar. Com a passagem dele, ocorreu a unificação de todos os corpos e realidades paralelas, tornando-se mais um foco crístico entre a 8ª e 12ª dimensões. Assumindo o nome código de missão em determinadas esferas de KAI WAN, por ter sustentado a humildade e ternura, ele subiu ao lado de Emannuel e de Sananda para direcionar os rumos do salto quântico que a Terra está sendo direcionada junto com todas as almas que estão dentro da programação e preparação para isso. O trabalho sustentado por Chico Xavier é de alta validade para o despertar de muitos avatares adormecidos, que desenvolverão em futuro próximo, uma continuidade do seu trabalho, mantendo uma comunicação direta com as outras realidades, e dando suas contribuições para o salto consciencial do espiritismo no Brasil e no mundo. O grau evolutivo ao qual Chico Xavier pertence é um dos mais altos que a Terra teve conhecimento após a passagem de grandes irmãos como Jesus Cristo e seu irmão São Francisco de Assis. Sei que muitas pessoas acreditam que essa tenha sido uma encarnação de Chico Xavier, assim como também a de João Evangelista. No entanto o mesmo ocorre com o grande mestre Dascalos, isso por que ambos pertencem ao mesmo grau monádico de KUTHUMI . Poderíamos dizer que Chico Xavier é uma alma gêmea de KUTHUMI, e portanto a ressonância é muito similar, por esse motivo esse tipo de percepção de muitos kardesistas, que enxergaram esse tipo de ressonância. Na verdade também é uma verdade, pois se ambos são da mesma mônada, são parcelas da mesma fonte, portanto desse ponto de vista, Chico Xavier realmente é uma parcela interativa de São Francisco e de João Evangelista, em realidades paralelas, unidas ao mesmo foco de Dascalos e de KUTHUMI. Dentro do nosso ponto de vista, as encarnações não existem de forma linear de tempo, como vocês as rotulam, mas sim em realidades paralelas de um diferente fluxo temporal, onde mais de duas almas gêmeas podem estar interagindo. Também existe outro foco importante, que se refere ao fato que as almas gêmeas, não necessariamente, tem que encarnar para se unirem em matrimônio como muitos falaram. Na verdade são experiências complementares, que estão além da união matrimonial, e sim da união de alma e de consciência, o que explica por que esse tipo de união pode ocorrer em realidades matérias e espirituais em paralelo, como no caso dos grandes mestres, que encarnaram na Terra e deixaram uma importante lição de vida e exemplo de dedicação. Todos estavam acompanhados de seus complementos monádicos, sem a necessidades explicita de um companheiro físico matrimonial ou sexual. Kai Wan ocupa um importante cargo administrativo e de sustentação dentro da Fraternidade Branca, o que na verdade ele já sustentava antes, mas com a unificação de seus 32 corpos celestes de energia consciencial, ele passou a se integrar como um cristo unido à energia de Sananda e também ao foco MAHATMA, que é uma energia complementar da sustentação Crística. Outro importante foco junto a Kai Wan e das fileiras da ordem dourada e rosada, como METRATON e suas falanges, assim como Kuan Yin, além de importantes mestres do Conselho Cármico. Na verdade a presença de Sananda através de Chico se fez presente muitas vezes, por esse motivo o campo áurico dele era tão amplo, com mais de 100 Km de diâmetro, por esse motivo as pessoas choravam de comoção e de amor ao estarem na presença dele, pois normalmente os anjos diretos de Jesus Cristo ou o próprio estavam ao lado de Chico, dando a sustentação necessária para a missão que ele solicitou para ele. Como colaborador no projeto Terra, gostaria de pedir que vocês direcionassem energias de ectoplasma para Kai Wan. Para dar sustentação ao programa de salto consciencial da humanidade, ele continua na sua grandiosa missão, muito mais fortalecido e capacitado do que antes, mas ainda necessita da colaboração de todos os seus irmãos, filhos e seguidores, para que o plano não seja abandonado. Ele está mais presente do que nunca ao lado e dentro do coração de cada um de vocês. Chegou o momento em que cada um mostrará a sua lealdade para com Cristo em dar sustentação às mudanças necessárias do planeta através das mudanças pessoais que vocês vinham fazendo ao estarem presentes junto ao grande e humilde Mestre Chico Xavier. Cada um de vocês é importante para dar continuidade ao plano de despertar da consciência e da humildade dentro do crescimento espiritual, esse trabalho representa uma grande chave para o despertar dos avatares que ainda estão inconscientes, e necessitam dessa energia para encontrar o momento certo de despertarem e desenvolverem a sua missão pessoal. A sustentação que ele fez por todos esses anos, representou um grande crescimento nos templos etéricos, clínicas e universidades etéricas, que tem ajudado a milhões de almas depois do processo do desencarne, e milhões dentro do processo de sono, quando as suas almas em seus veículos mais etéricos, passavam a estudar e ter aulas com ele e seus colaboradores, ajudando assim na espiritualização do Brasil e de muitos outros paises, reformulando o kardesismo e outras realidades do espiritismo. Muito do trabalho dele foi invisível aos olhos da maioria, mas não aos nossos, e podemos de forma uníssona, dizer que ele fez muito mais pela humanidade que muitos outros juntos no passado, além de ter sustentado a humildade e carisma de um verdadeiro Ávatar Crístico, por esse motivo unifico meu foco com o dele para dar sustentação aos mudanças e determinações evolutivas que ele ainda sustentará junto a humanidade, para que assim todos em seus devidos momentos possam despertar e dar continuidade as suas propostas de alma e de experiências dentro da dualidade. Cada um de vocês poderia mentalizar a sua presença junto a de Chico Xavier, para dar continuidade aos trabalhos e gradualmente elevar com isso o padrão de energia para realidades superiores e sintonizadas com os outros Mestres, o que com o tempo ajudará na integração com os Mestres da Fraternidade Branca, que muitas pessoas não conhecem, em especial os filhos do espiritismo, que recentemente estão tendo esse tipo de contato. Dessa forma, a reformulação e o despertar de consciência se manifestará em muitas pessoas, para dar continuidade ao despertar de consciência das pessoas que realmente buscam o amor, evolução e acima de tudo, a luz interna e a liberdade do coração frente a tantos dogmas e limitações do vosso processo evolutivo e vivencial na Terra. Fiquem com a luz dos nossos corações em sintonia com o vosso e juntos estaremos efetuando as mudanças do despertar em cada um de vocês. NO AMOR E NA PAZ
SHTAREER

sexta-feira, 25 de março de 2011

ALERTA GERAL !

MOMENTOBRASILCOM.COM(Comentário):
Em virtude da importancia do fato e do texto, estamos publicando excepcionalmente hoje.
A ÚLTIMA PROFECIA DE PETER DEUNOV:
Profecia de Peter Deunov em relação ao fim da nossa civilização
e início da Idade de Ouro na Terra.
Também conhecido pelo nome espiritual de Beinsa Douno, o Mestre Búlgaro Peter Deunov Também conhecido pelo nome espiritual de Beinsa Douno, o Mestre Búlgaro Peter Deunov (1864-1944) foi um ser de elevado nível de consciência, e ao mesmo tempo um músico inigualável, que revelou durante toda a sua vida ser um exemplo de pureza, sabedoria, inteligência e criatividade. Ele estabeleceu-se durante muitos anos perto de Sófia onde viveu rodeado por um grande número de discípulos, tendo devido ao seu esplendor despertado a espiritualidade de milhares de almas, não só na Bulgária, como também no resto da Europa. Alguns dias antes da sua partida para o outro mundo, estando em transe mediúnico profundo, fez uma profecia extraordinária, com respeito à época conturbada que estamos actualmente a atravessar, sobre o ‘fim dos tempos’ e a chegada de uma nova Idade de Ouro à humanidade.
Eis o que diz no seu profundo e instigador testamento.
É corrente e também natural que alguém duvide que estas palavras tivessem sido proferidas há 60 anos.
«Durante a passagem dos tempos, a consciência do homem atravessou um período muito longo de obscuridade. Esta fase, que os Hindus chamam de ‘Kali Yuga’, está prestes a terminar. Encontramo-nos hoje exactamente na fronteira entre duas épocas: a do Kali Yuga e a da Nova Era que estamos a entrar. Está, aliás, já a ocorrer um progresso gradual nos pensamentos, sentimentos e acções dos humanos, contudo , todos serão brevemente subjugados ao Fogo Divino, que purificará e prepará-los-á em direcção à Nova Era. Por conseguinte, o homem elevar-se-á a um grau de consciência indispensável à sua entrada para a Nova Vida. Isso é o que se entende por ‘Ascensão’. Passarão ainda muitas décadas até que este Fogo surja ( foi proferido à 60 Anos) , que irá transformar o mundo, ao trazer-lhe uma nova moral. Esta onda imensa surgirá do espaço cósmico e inundará toda a Terra. Todos aqueles que tentarem opor-se a ela serão arrebatados e transferidos para outro lugar. Embora os habitantes deste planeta não estejam todos no meu grau de evolução, a nova onda será sentida por cada um de nós. E esta transformação não só afectará a Terra, como também o conjunto de todo o Cosmos. O melhor e a única coisa que o homem poderá fazer agora será voltar-se para Deus e aperfeiçoar-se conscientemente, a fim de elevar o seu nível vibratório, de modo a começar a viver em harmonia com a onda poderosa que o submergirá em breve. O Fogo que eu falo , que acompanhará as novas condições oferecidas ao nosso planeta, rejuvenescerá, purificará, e reconstruirá tudo:
A matéria será refinada, os vossos corações serão liberados da angústia, dos problemas, da incerteza, e tornar-se-ão luminosos.
Tudo será aperfeiçoado, elevado!
Os pensamentos, os sentimentos e as acções negativas serão consumidas e destruídas. A vossa vida presente é uma escravatura, uma prisão violenta. Compreendam a vossa situação e, libertem-se dela. Volto a dizer-vos: fujam da vossa prisão! É realmente uma pena ver-se tantas ilusões, tanto sofrimento, tanta incapacidade para compreender onde reside a verdadeira felicidade.
Tudo o que vos rodeia entrará brevemente em colapso e desaparecerá.
Nada restará nesta civilização, nem da sua perversidade!
Toda a Terra será abalada e não restará quaisquer traços desta cultura errónea que mantém os homens sob o jugo da ignorância. Os terramotos não são apenas fenómenos mecânicos, pois a sua finalidade consiste igualmente em despertar o intelecto e o coração dos humanos, para que eles se libertem dos seus erros e das suas loucuras e para que eles entendam que não são os únicos no universo. O nosso sistema solar está actualmente a atravessar uma região do Cosmos em que a constelação que foi destruída deixou a sua marca, as suas cinzas. Esta viagem através de um espaço contaminado é uma fonte de envenenamento, não só para os habitantes da Terra, como também para todos os habitantes dos outros planetas da nossa galáxia. Apenas os sóis não serão afectados pela influência deste ambiente hostil.

Esta região é denominada ‘ zona treze’!
Também conhecida por ‘zona de contradições’.
O nosso planeta foi incluído nesta região por milhares de anos, mas estamos finalmente a aproximarmo-nos da saída deste espaço de trevas e estamos exactamente no ponto de atingirmos uma região mais espiritual, onde vivem seres mais evoluídos. A Terra está agora a seguir um movimento ascendente e todos deviam se esforçar para se harmonizar com as correntes da ascensão.
Aqueles que recusarem a se subjugar a esta orientação, perderão os benefícios das boas condições que são oferecidas no futuro para se elevarem.
Eles permanecerão atrasados na evolução e terão de esperar muitos milhares de anos pela vinda de uma nova onda ascensional.
A Terra, o sistema solar, o Univ
erso, estão todos a ser colocados numa nova direcção sob o impulso do Amor.
A maior parte de vós ainda considera o Amor como uma força ridícula,
mas na verdade, é a maior de todas as forças!
O dinheiro e o poder continuam a ser venerados como se o curso das vossas vidas dependesse disso. No futuro, todos estarão subjugados ao Amor e todos o servirão . Porém, será através do sofrimento e das dificuldades que a consciência do homem será despertada. As terríveis premonições do profeta Daniel referidas na Bíblia relacionam-se com a época que se está a iniciar.
Haverá dilúvios, furacões, fogos colossais e terramotos que varrerão tudo do mapa.
O sangue correrá em abundância.
Haverá revoluções, explosões terríveis detonarão em numerosas regiões da Terra Onde houver terra a água a galgará, e onde houver água a terra surgirá.
Deus é Amor!
Contudo, estamos a lidar aqui com um castigo, uma resposta da Natureza aos crimes perpetrados pelo homem desde a noite dos tempos contra a sua Mãe; a Terra. Depois destes sofrimentos, aqueles que forem salvos, a elite, conhecerá a Idade de Ouro, da harmonia e beleza ilimitada. Portanto , mantém a tua paz e a tua crença quando os tempos chegarem para o sofrimento e terror, porque está escrito que não cairá nem um cabelo da cabeça do justo. Não se desencorajem, sigam simplesmente o vosso trabalho de perfeição pessoal. Não fazem uma pequena ideia da grandiosidade futura que vos espera!!
Uma Nova Terra verá brevemente o dia.
Dentro de algumas décadas o trabalho será menos exigente, e cada um de vós terá tempo para se consagrar às actividades espirituais, intelectuais e artísticas.
A questão da comunicação entre o homem e a mulher será finalmente resolvida pela harmonia, tendo cada um a possibilidade de seguir as suas aspirações.
Os relacionamentos dos casais atingirão o respeito recíproco e a estima
.
Os humanos viajarão através de diferentes planos do espaço e penetrarão no espaço intergaláctico. Eles estudarão o seu funcionamento e conseguirão conhecer rapidamente o Mundo Divino, para se fundirem com o Centro do Universo.
A Nova Era é a da sexta raça.
A vossa predestinação é preparar-vos para ela, para recebê-la e vivê-la de boa vontade.
A sexta raça edificar-se-á em torno da ideia de Fraternidade.
Não haverá mais conflitos de interesses pessoais, a simples aspiração de cada um estará em conformidade com ele próprio e com a Lei do Amor.
A sexta raça será a do Amor.
Um novo continente será formado por ela. Emergirá do Pacífico, de maneira que o Altíssimo possa finalmente estabelecer o Seu plano neste planeta. Os fundadores desta nova civilização, a que eu chamo a ‘Irmandade da Humanidade’ ou também os ‘Filhos do Amor’, serão inabaláveis para o bem e representarão um novo tipo de homens. Os homens formarão uma família, como uma grande associação, e todas as pessoas representarão um órgão nessa associação. Na nova raça o Amor manifestar-se-á de uma forma perfeita, aquela que o homem hoje só tem uma vaga ideia.
A Terra permanecerá ainda um terreno favorável à contenda, mas as forças das trevas baterão em retirada, e a Terra libertar-se-á delas.
Os humanos ao verem que não há outro caminho empreenderão o caminho da Nova Vida, o da salvação.
No seu orgulho insensato, alguns desejam, numa derradeira esperança, continuar na terra uma vida que a Ordem Divina condena, mas cada um acabará por compreender que a direcção do mundo afinal não lhes pertence.
Uma nova cultura verá a luz do dia, e permanecerá com três fundamentos principais: a elevação da mulher, a elevação do pacífico e humilde, e a protecção dos direitos do homem. A luz, o bem e a justiça triunfarão! é só uma questão de tempo!!!.
As religiões serão purificadas.
Cada uma delas contém uma partícula dos Ensinamentos dos Mestres de Luz, embora obscurecida pelo incessante suprimento do desvio humano. Todos os crentes terão de se unir e estarem plenamente de acordo com um princípio: o da colocação do Amor como a base de toda a crença, qualquer que seja ela.
Amor e Fraternidade serão a base comum!
A Terra será em breve varrida por extraordinárias ondas rápidas de Electricidade Cósmica. Daqui a algumas décadas, seres que são maus e que desencaminham os outros não serão capazes de suportar a sua intensidade. Eles serão por isso absorvidos pelo Fogo Cósmico que consumirá a maldade que eles possuem. Então sentir-se-ão arrependidos porque está escrito que ‘toda a natureza animal glorificará a Deus’. A nossa mãe, a Terra, livrar-se-á dos homens que não aceitam a Nova Vida. Ela rejeitá-los-á tal como a fruta estragada. Brevemente eles não serão capazes de reencarnar neste planeta, incluindo os criminosos. Somente aqueles que possuem Amor dentro deles permanecerão. Não haverá nenhum lugar na Terra que não esteja manchado de sangue humano ou de animal!
Ela deverá portanto submeter-se a uma purificação.
E será para que isso aconteça que certos continentes submergirão enquanto outros emergirão. Os homens nem suspeitam dos perigos que os ameaçam. Eles continuam a perseguir objectivos fúteis e à procura de prazer. Ao contrário, os da sexta raça estarão conscientes da dignidade da sua função e respeito pela liberdade de cada um. Eles alimentar-se-ão exclusivamente de produtos do reino vegetal. As suas ideias terão o poder de circular livremente, tal como o ar e a luz dos nossos tempos. As palavras
‘Se não nasceres novamente’ aplicam-se à sexta raça.
Ler o Capítulo 60 de Isaías que relata a chegada da sexta raça da Raça do Amor. Depois das Tribulações, os homens cessarão de pecar e descobrirão outra vez o caminho da virtude. O clima do nosso planeta tornar-se-á moderado por toda a parte e as variações brutais não existirão mais. O ar tornar-se-á puro novamente, assim como a água. Os parasitas desaparecerão. Os homens lembrar-se-ão das suas encarnações anteriores e sentirão o prazer de observar que se tornaram finalmente libertos das suas condições anteriores. Da mesma forma em que se vêem livres dos parasitas e das folhas mortas da videira, também os Seres evoluídos prosseguem na preparação dos homens para servir o Deus de Amor. Eles oferecem-lhes boas condições para o crescimento e para se desenvolverem, e para aqueles que querem escutá-los, eles dizem:
Não tenham medo!
"Mais algum tempo e tudo estará regularizado, estais no bom caminho. Possa todo aquele que queira entrar no estudo da Nova Cultura, trabalhar conscientemente e preparar-se."
Graças à ideia de Fraternidade, a Terra tornar-se-á um lugar abençoado, e isso não se fará esperar. Contudo, antes disso será enviado muito sofrimento de forma a despertar as consciências. Os pecados acumulados durante milhares de anos deverão ser redimidos. A onda ardente emanada do Altíssimo contribuirá para liquidar o Karma das pessoas. A liberação não poderá ser mais adiada. A humanidade deverá preparar-se para grandes provas que são inevitáveis e estão a chegar para pôr fim ao egoísmo . Sob a Terra, algo extraordinário está a ser preparado. Uma revolução que é grandiosa e completamente inconcebível manifestar-se-á em breve na natureza.
Deus decidiu revestir a Terra, e Ele fá-lo-á!
Será o fim de uma época!!
uma nova ordem substituirá a velha, uma ordem na qual o Amor reinará na Terra.»
(Fonte:Peter Deunov – Apresentação sobre o Futuro – 1944).
Post original em http://desvendarisis.blogspot.com/
http://rumoaosol.wordpress.com/tag/peter-deunov/

quinta-feira, 24 de março de 2011

ACORDA BRASIL !

"Como Vencer a Pobreza e a desigualdade":
Redação de estudante carioca vence concurso da Unesco com 50 mil participantes.Imperdível para amantes da língua portuguesa, e claro também para Professores. Isso é o que eu chamo de jeito mágico de juntar palavras simples para formar belas frases, dizem que nosso Presidente não gostou do texto, e disse: " Essa acadêmica se não for do DEM, só pode ser Tucana!"
Por Clarice Zeitel Vianna Silva
UFRJ - Universidade Federal do Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - RJ
'PÁTRIA MADRASTA VIL'
Onde já se viu tanto excesso de falta? Abundância de inexistência. .. Exagero de escassez... Contraditórios? ? Então aí está! O novo nome do nosso país! Não pode haver sinônimo melhor para Brasil.
Porque o Brasil nada mais é do que o excesso de falta de caráter, a abundância de inexistência de solidariedade, o exagero de escassez de responsabilidade.
O Brasil nada mais é do que uma combinação mal engendrada - e friamente sistematizada - de contradições. Há quem diga que 'dos filhos deste solo és mãe gentil.', mas eu digo que não é gentil e, muito menos, mãe. Pela definição que eu conheço de Mãe, o Brasil está mais para madrasta vil. A minha mãe não 'tapa o sol com a peneira'. Não me daria, por exemplo, um lugar na universidade sem ter-me dado uma bela formação básica. E mesmo há 200 anos atrás não me aboliria da escravidão se soubesse que me restaria a liberdade apenas para morrer de fome. Porque a minha mãe não iria querer me enganar, iludir. Ela me daria um verdadeiro Pacote que fosse efetivo na resolução do problema, e que contivesse educação + liberdade + igualdade. Ela sabe que de nada me adianta ter educação pela metade, ou tê-la aprisionada pela falta de oportunidade, pela falta de escolha, acorrentada pela minha voz-nada-ativa. A minha mãe sabe que eu só vou crescer se a minha educação gerar liberdade e esta, por fim, igualdade. Uma segue a outra... Sem nenhuma contradição!
É disso que o Brasil precisa: mudanças estruturais, revolucionárias, que quebrem esse sistema-esquema social montado; mudanças que não sejam hipócritas, mudanças que transformem!
A mudança que nada muda é só mais uma contradição. Os governantes (às vezes) dão uns peixinhos, mas não ensinam a pescar. E a educação libertadora entra aí. O povo está tão paralisado pela ignorância que não sabe a que tem direito. Não aprendeu o que é ser cidadão. Porém, ainda nos falta um fator fundamental para o alcance da igualdade: nossa participação efetiva; as mudanças dentro do corpo burocrático do Estado não modificam a estrutura. As classes média e alta - tão confortavelmente situadas na pirâmide social - terão que fazer mais do que reclamar (o que só serve mesmo para aliviar nossa culpa)... Mas estão elas preparadas para isso?
Eu acredito profundamente que só uma revolução estrutural, feita de dentro pra fora e que não exclua nada nem ninguém de seus efeitos, possa acabar com a pobreza e desigualdade no Brasil. Afinal, de que serve um governo que não administra? De que serve uma mãe que não afaga? E, finalmente, de que serve um Homem que não se posiciona?
Talvez o sentido de nossa própria existência esteja ligado, justamente, a um posicionamento perante o mundo como um todo. Sem egoísmo. Cada um por todos. Algumas perguntas, quando auto-indagadas, se tornam elucidativas. Pergunte-se: quero ser pobre no Brasil? Filho de uma mãe gentil ou de uma madrasta vil? Ser tratado como cidadão ou excluído? Como gente... Ou como bicho?
Premiada pela Unesco, Clarice Zeitel, de 26 anos, estudante que termina faculdade de direito da UFRJ em julho, concorreu com outros 50 mil estudantes universitários. Ela acaba de voltar de Paris, onde recebeu um prêmio da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) por uma redação sobre 'Como vencer a pobreza e a desigualdade'
A redação de Clarice intitulada `Pátria Madrasta Vil´ foi incluída num livro, com outros cem textos selecionados no concurso. A publicação está disponível no site da Biblioteca Virtual da Unesco.

MOMENTOBRASILCOM.COM(Comentário):
E que os próprios leitores tirem as conclusões.

quarta-feira, 23 de março de 2011

A BRONCA DO VICE.

PMDB comemora aniversario em Brasília.
Descontente com a partilha do poder, o vice-presidente da República, Michel Temer, aproveitou a festa de comemoração pelos 45 anos do PMDB, anteontem à noite, para defender a ocupação de cargos no governo por integrantes do partido.
Diante de uma plateia de 300 peemedebistas, Temer foi ovacionado ao argumentar que o partido venceu as eleições e, por isso, "tem o direito" a participar do governo, sem ter a pecha de fisiologista.
"Nós participamos de uma eleição em que fomos vencedores. PT e PMDB fizeram uma aliança. Então, estamos no direito de, tendo participado de uma eleição, de ocupar os cargos", disse.
Para ilustrar seu discurso, o vice-presidente usou de ironia: "Proponho que daqui a cinco, quatro anos nós lancemos um candidato à Presidência e, se ganharmos, e quando ganharmos, dizer que, como nós não somos fisiológicos, não vamos indicar ninguém para o governo".
MOMENTOBRASILCOM.COM(Comentário):
A alta cúpula do PMDB reunida em hotel às margens do lago Paranoá e sôb os auspícios do dinheiro do contribuinte, comemorou o aniversário do partido, oportunidade em que, o vice´presidente da República, ao discursar, com menos de 100 dias da posse, extravasou toda a sua indignação com a situação e tratamento do partido no governo federal. Foi categórico ao afirmar que em 2014 será lançado candidato ao palacio do planalto. Quando da entrevista a imprensa, tentou amenizar, dizendo-se levado pela eloquência do momento, blá-bla-blá. Desde a composição da chapa presidencial, que, este redator já sabia e expunha sua opinião a respeito" Um casamento de dificílima convivência". O descontentamento de hoje não foi o primeiro e, muito menos o último. Temperamento explosivo de um lado e sem 'papas' na língua do outro, ingredientes de briga de cachorro grande e no escuro. Quem viver, verá!

terça-feira, 22 de março de 2011

OUTUNO: TEMPO de PERDAS e GANHOS.

Se prestarmos mais atenção aos detalhes da natureza, perceberemos que cada estação do ano traz mensagens e convites específicos. No entanto, muitas vezes não conseguimos enxergar esses sinais porque insistimos em achar que não somos parte integrante do meio ambiente. Cada estação do ano nos convida a novas posturas e nos oferece uma série de aprendizados para a vida. O outono é uma época especialmente recheada de significados que podem enriquecer nossas percepções. Esse período chega logo após o verão, aquela estação de tempo quente, aberto, de plena luz e em que nossos movimentos tendem para o mundo externo. Não é à toa que para chegar a uma estação intermediária precisamos das "águas de março", uma chuvinha persistente que vai resfriando o tempo aos poucos. O outono é uma época de transição entre os extremos de temperatura verão-inverno. Qual é a principal imagem que lhe vem à mente quando pensa em outono? É bastante provável que a maioria das pessoas responda a essa pergunta lembrando-se da clássica imagem das árvores perdendo suas folhas. Mas você sabe por que acontece essa perda? Se as árvores não as deixassem ir, não sobreviveriam à próxima estação. As folhas se queimariam com o frio do inverno e, assim, os ciclos de respiração da árvore se findariam bruscamente, o que resultaria no fim da vida. A natureza nos mostra mais uma vez a beleza de sua sabedoria: é preciso entrega, é preciso deixar ir o que não serve mais, para proteger o que é mais importante. O que a princípio pode parecer uma perda é na verdade um ganho: ela ganha mais tempo de vida, e chega renovada às próximas estações. Reflita a partir disso: o que você precisa deixar ir, do que você precisa abrir mão para seguir firme para os próximos ciclos, para continuar a crescer? O outono é também estação de amadurecimento dos frutos. É o tempo de deixar ir inclusive os resultados de nossos esforços, para que novas forças possam gestar outros futuros projetos. Durante essa época é válido observar quais elementos em você precisam ser sacrificados para que o mais sagrado para sua vida seja preservado ou resgatado. Pense na palavra sacrifício a partir de sua etimologia: é um sagrado ofício, um trabalho, uma ação que possui um caráter sagrado, para além do superficial, que transcende o banal, que tem um significado maior.
Abra-se ao nascer de um novo tempo.
No outono, é importante questionar se o medo e a dúvida estão impedindo seus ideais maiores de serem realizados. Reflita se alguns comportamentos repetitivos lhe afastam do seu real potencial criativo. Talvez seja chegado o momento de tomar consciência e assumir uma atitude de compromisso consigo, desapegando-se daquilo que não lhe serve mais, daquilo que esteja impedindo seus passos rumo às próximas estações de seu crescimento. Não é simples, nem fácil, mas também não é impossível. Como tudo na natureza, nossos processos de mudança carecem de tempo para se instalarem. Tempo para ir amadurecendo, até que seja o momento da colheita. Passo a passo, reflita sobre os pesos desnecessários que podem estar atrasando seu caminhar, vá se desapegando e deixando ir. Lembro agora as palavras de Tom Jobim: "São as águas de março fechando o verão, é promessa de vida no meu coração". Mesmo que as águas pareçam dar fim ao melhor da festa do verão, na verdade, elas estão nos mostrando que a vida segue e novas estações virão! Acredite: observando a natureza podemos concluir que depois da noite sempre vem o dia. Acredite que vale a pena se libertar para deixar nascer um novo tempo.
(Fonte:Juliana Garcia)
Sobre o autor
Psicóloga, psicodramatista e aromaterapeuta. Trabalha em projetos sociais como facilitadora de grupos de mulheres e grupos de reflexão sobre o Feminino em Belo Horizonte e interior de MG.

MOMENTOBRASILCOM.COM(Comentário):
Publicamos esse texto, com a intenção de que você leitor, possa rever teus conceitos, projetos etc, no momento(sem trocadilhos) em que a humanidade passa por tantos tormentos. Não reflitirmos.





segunda-feira, 21 de março de 2011

CASAMENTO? AQUI, NÃO!

A segurança do " Tio Sam" proibiu festa na Cinelândia:
MOMENTOBRASILCOM.COM(Comentário):
Durante o fim de semana, a segurança do Obama proibiu a festa de dois casamentos que seriam realizadas na Colombo, perto da Cinelândia, em virtude da visita do Tio Sam. Convenhamos, que trata-se de um displante total. A visita do presidente americano, deve ter sido marcada com bastante antecedência. E as autoridades brasileiras teriam a obrigação de estar atenta a todos os detalhes, e, assim mesmo, não seria motivo suficiente para a proibição dos casamentos e muito menos a comunicação às vésperas das respectivas festa. Quem irá pagar o prejú? E o brasileiro ainda tem a mania de copiar tudo do americano. Onde está a sensibilidade femenina da Presidente? E que sinal casada em duas oportunidades. Se não deu certo, são outros quinhentos! Mais uma vez, o povo que se lixe!!!!!!!

domingo, 20 de março de 2011

RELAX DOMINICAL


MOMENTOBRASILCOM.COM(comentário):
Acalmando os corações e energizando os espíritos.

sábado, 19 de março de 2011

JAPÃO: UMA NAÇÃO EM REGENERAÇÃO.

É impossível deixar de escrever sobre a enorme tragédia que está acontecendo no Japão, este país de tradição e cultura milenares, com seu povo ordeiro, respeitoso, educado, obcecado pelo trabalho, pela produtividade, pela qualidade, exemplo para o mundo todo de prosperidade a partir do trabalho, da transformação inteligente de matérias-primas importadas. Terra de templos magníficos, de paisagens estonteantes, dos trens de alta velocidade, da tecnologia de ponta, com governo sério, baixos níveis de corrupção e criminalidade...
Daqui somente podemos nos solidarizar, irmanar e rezar, enviar Luz e energias positivas. É doloroso ver na TV pessoas com crianças no colo em pé, ao relento, sem água, energia elétrica, com temperaturas próximas do zero. Talvez nem todos saibam que a imigração nipônica, em nosso acolhedor país, conta com um milhão e meio de descendentes totalmente integrados na vida do Brasil, em absoluto, a maior colônia do Sol Levante ao redor do planeta. No entanto, sabemos que nada acontece por acaso, que a Mente Universal é perfeita, que aplica com justiça implacável a lei do carma, talvez até do carma coletivo... Sabemos que a Natureza engloba os quatro reinos e dispõe de incrível poder, manifestado pelos quatro elementos, que puseram sua fúria imensa em ação, fornecendo aos que se acham todo-poderosos, como se ainda fosse necessário, mais um aviso; neste ponto, quase um ultimato.
Estamos no limite.
A Terra literalmente botou pra quebrar. As imagens mostraram o terremoto, o maremoto, o fogo das explosões das centrais nucleares, com incrível clareza, para o mundo todo. As imagens mostram a fragilidade do ser humano e de suas criações, as mentiras balbuciadas frente aos microfones da TV, por humanos em estados de choque, esperando, torcendo agora que o quarto elemento, o ar, com seus ventos favoráveis, direcione para o mar a morte invisível, as nuvens radioativas que as falhas dos reatores espalharam sobre o nordeste da ilha. Os quatro elementos tinham o objetivo bem definido e o golpearam sem piedade.
É difícil interpretar a mensagem?
Talvez. Mesmo após Hiroshima e Nagasaki, duas páginas negras da história da Humanidade-, as empresas locais sedentas de energia elétrica ainda continuem confiando na atualizada tecnologia nuclear, totalmente segura, de acordo com quem constrói as centrais, silenciosamente mortal quando ocorrem falhas.
Creio poderia tratar-se de algo assim:
- Chega! Basta. Fora com a energia nuclear.
- Vamos empregar a energia solar em todas suas formas. (O fogo em ação).
- Vamos implementar a energia eólica (o vento - ar) em ação.
- Vamos utilizar as turbinas a vapor movidas à biomassa (a terra) em ação.
- Vamos aproveitar as energias das ondas e das marés (a águ a em ação).
E ainda restam as opções de andar mais a pé ou de bicicleta...
Sei bem que ninguém pode julgar, mas precisamos buscar as causas muito além da aparência do mero acaso; descobrir o porquê de tanta dor e destruição, buscar capitalizar a informação obtida, mudar de rumo, de valores, de hábitos, de conceitos, de sentimentos, de fontes de energia e até de alimentos. Talvez a sociedade japonesa tenha esquecido um pouco de seus valores essenciais, tenha se endurecido, ficando egoísta demais, separatista demais, esquecendo até dos seus emigrantes e filhos que, deixando o Brasil, indo procurar trabalho na terra de seus avôs, somente conseguem serviços pesados, morando longe e sendo considerados pelos nativos como cidadãos de segunda categoria...
Pecado contra a Unidade.
Talvez as pessoas tenham se tornado materialistas demais, vivendo uma vida superficial, vazia, correndo desesperadamente atrás de maya --a ilusão-- esquecendo-se da transitoriedade da passagem pelo planeta e de que todos têm uma missão a desempenhar, única e especial. Ou ainda se esqueçam da exclusão, da desigualdade das classes sociais e dos demais comportamentos e situações -como a de não conseguir entrar na faculdade- que podem criar desespero e depressão, resultando em taxas de suicídio que assustam pela magnitude e regularidade, mantendo-se nos últimos anos por volta de 30.000 casos/ano, próximas da taxa de homicídios do Brasil se compararmos os diferentes números dos habitantes. E algo bateu forte quando as imagens mostraram os navios de pesca e uma infinidade de outros barcos em meio aos destroços, a quilômetros da costa, jogados lá como se uma mão gigantesca os tivesse capturado e tirado definitivamente de sua sinistra e sangrenta missão.Mero acaso também? Talvez não tenham percebido o quanto feriram e estão ferindo o mar e suas criaturas, ao caçar sem descanso, do oceano Ártico ao Antártico, as inofensivas e majestosas baleias, alegando necessidade de realizar pesquisa científica sobre esses cetáceos...
Pecado contra a Natureza.
E os Guias me lembram que ainda há muitos seres vivos, na China e Coréia, os quais testemunharam as atrocidades perpetradas pelas tropas de ocupação japonesas contra a população civil, incluindo crianças.
E este seria o pecado maior, desta vez contra a Humanidade. O ponto é provavelmente o seguinte: quanto maior o drama, o desastre -infelizmente- maior será o aprendizado. O resgate do que foi cometido é líquido e certo. Não tem esquecimento, pois precisamos passar de fase, evoluir, crescer como seres humanos.É a história do plantio. Semeou vento? Irá colher tempestade.
Semeou amor, voltará bem-aventurança, alegria, felicidade para todos os envolvidos. Terá, então, passado de fase e novos desafios aparecerão para serem superados, sempre usando a mesma mágica vareta: o Amor Incondicional.
Agradeço aqui os querido s e pacientes Guias e mais a turma toda que permite que o site exista: Rodolfo, Sandra, Teresa, Marcos, Anderson, Ian, Lidiane... e Você!
Namastê (O Deus que existe em mim saúda o Deus que habita em Você).
(Fonte:Sergio STUM).

sexta-feira, 18 de março de 2011

ASSIM CAMINHA A CORRUPÇÃO.

A volta dos que não foram.
MOMENTOBRASILCOM.COM(Comentário):
O PT continua a árdua luta para livrar os réus do partido no processo do 'mensalão'. José Dirceu, o 'chefe da quadrilha', no entendimento e palavras do denunciante e então procurador-geral Antonio Fernando Souza, volta a integrar o diretório nacional do partido, alem do João Paulo Cunha que, foi levado para espanto geral à presidência da comissão de cosnstituição e justica da Cãmara, e José Genoíno que tualmente é assessor especial do Ministério da Defesa. Lider do governo na Câmara dos Deputados Cândido Vacarreza e o preferido da Presidente para presidi-la, defende a volta do Delúbio Soares, ex-tesoureiro e símbolo do escândalo ao partido, sôb a alegação de que as penas não podem ser 'eternas'. Com isso, tenta abrandar pelo ambiente já insensível aos acontecimentos de 2205 e fraca memória dos brasileiros.

quinta-feira, 17 de março de 2011

MINISTRO ou HUMORISTA?

O Brasil e as usinas nucleares.
MOMENTOBRASILCOM.COM(Comentário):
Os projetos e sistema para a utilização da energia nuclear, são inconsistentes. Tanto que o ministro das Minas e Energia Edison Lobão foi chamado ao Congresso Nacional para maiores informações. Ao conceder entrevista coletiva, chegou ao cúmulo de falar que o Brasil não corre riscos em virtude de não haver terremotos. Por ventura esqueceu-se de Chernobil em 1986, na Ucrânia/ União Soviética? com 400 vezes mais contaminação de radiotividade que a bomba lançada em Hiroshima e Nagasaki. Desde quando a Rússia tem terremotos? Será que esqueceu-se tambem da cápsula de Césio em Goiás? E quando o então presidente Collor literalmente jogou uma pá de cal em Angra dos Reis, estava tão somente em busca de ibope e popularidade? Alguns dizem que não polui o meio ambiente. Mas esta limpeza não oferece segurança. Em caso de algum acidente, a devastação é geral. A situação atual do Japão, põe o mundo em alerta. Fosse o Brasil um país serio e levado a sério pelos governantes; tivesse projetos e regulamentos rígidos de segurança, poder-se-ía admiti-la. Como não é, nossa preocupação é ilimitada.

quarta-feira, 16 de março de 2011

A INSISTÊNCIA de UM GOVERNO.

MOMENTOBRASILCOM.COM(Comentário):
O perigo das usinas nucleares, é iminente. A catástrofe ocorrida no Japão, é eminente nas usinas do país, independentemente do incendio, deixa todo o mundo em alerta maximo. Tóquio já registra níveis de radiotividade acima do permitido. Alheio aos problemas das construções destas usinas, o governo federal insiste neste tipo de obras e, o mais alarmante, é que quer interligar as Centrais Eletricas de Furnas. O motivo alegado de ser energia mais barata etc, etc, não passa de puro blá-blá-blá. O interesse maior reverte-se em super-faturamentos, corrupção e seus derivados. O aviso da natureza, mais uma vez foi dado. Compete agora a nação, intervir frontalmente na tentativa do governo brasileiro. Depende somente de nós.

terça-feira, 15 de março de 2011

A FOGUEIRA COMEÇA A PEGAR FOGO!

Com menos de cem dias de governo Dilma Rousseff, a cotação de integrantes do primeiro escalão já chama atenção no meio político em Brasília, com ecos no Palácio do Planalto, e é uma sinalização clara para a primeira reforma ministerial do atual governo. O ajuste no primeiro escalão do governo Dilma pode ocorrer antes mesmo do prazo padrão "de validade", que é um ano de gestão. Em apenas dois meses de governo já corre nos bastidores uma avaliação informal da baixa atuação de alguns ministros: ou pela omissão ou por desempenho sofrível em crises pontuais ou mesmo pela ausência completa de desempenho. Mas também há um grupo de ministros que causou impressão acima da esperada na presidente Dilma. Entre os que estão na coluna palaciana de "débitos" aparecem os ministros da Cultura, Ana de Hollanda, da Educação, Fernando Haddad, do Turismo, Pedro Novaes, dos Esportes, Orlando Silva, e até mesmo o ministro da Fazenda, Guido Mantega. Já entre os que estão com cotação alta se destacam o chefe da Casa Civil, Antonio Palocci, que está muito afinado com Dilma, e o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, que já mereceu elogios da presidente pela atuação ágil diante das tragédias ambientais pelo país. Essa cotação é o principal indicativo do que ocorrerá na primeira dança das cadeiras da Esplanada dos Ministérios do governo, ressaltou ao GLOBO um interlocutor frequente da presidente Dilma. Desde a transição de governo, a primeira equipe já era considerada provisória. Isso porque Dilma teve que ceder aos interesses dos partidos políticos e aceitar várias das indicações feitas pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Nesses exemplos estão os ministros Fernando Haddad, Orlando Silva e Guido Mantega. A situação de Haddad ficou desconfortável ainda em janeiro, depois da crise por causa das falhas no Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Mesmo afinado com as determinações de Dilma, no auge da crise do MEC, ainda é grande o incômodo no Planalto com as sucessivas falhas. A situação de Orlando Silva é ainda mais delicada. Dilma queria que o PCdoB tivesse indicado a deputada Luciana Santos (PE) para o Ministério dos Esportes, o que não aconteceu. Além disso, o Planalto identificou uma articulação de Orlando Silva, com o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PMDB), para enfraquecer o ex-presidente do Banco Central Henrique Meirelles, escolhido por Dilma para o comando da Autoridade Pública Olímpica (APO). Para amenizar a crise, a cúpula do PCdoB teve um jantar com Dilma no Palácio da Alvorada há duas semanas. O titular da Fazenda foi aceito por Dilma por imposição de Lula e ela tem boa relação com ele, mas a presidente vai nomear para o cargo o atual secretário-executivo da pasta, Nelson Barbosa, na primeira oportunidade. No núcleo do governo, chamou a atenção o fato de Dilma ter desautorizado publicamente Mantega, ao falar de improviso pela primeira vez, por ocasião do anúncio do crescimento do PIB de 7,5% em 2010. Ela explicitou a preocupação do governo com a inflação depois de Mantega ter afirmado que o corte orçamentário não tinha a inflação como alvo direto.(Fonte: O GLOBO).
MOMENTOBRASILCOM.COM(Comentário):
Sempre ouvimos falar que: "Comando duplo, a discórdia é certa. Comando triplo, nem se fala!. E para agravar ainda mais a situação, 'panela que muito se mexe, desanda o mingau ou a comida fica salgada'. Atualmente o clima atmosférico em Brasília está frio. Mas no planalto, tá pra lá de quente. A explosão promete mais estragos que as usinas nucleares asiáticas.

segunda-feira, 14 de março de 2011

ESCLARECIMENTOS SÃO DEVIDOS.

INCHAÇO CRIA ESPLANADA OCULTA EM BRASÍLIA:
Para acomodar estruturas administrativas de novos ministérios e um volume crescente de servidores, governo federal paga aluguéis exorbitantes.
Em meio às dificuldades do governo da presidente Dilma Rousseff em passar a faca nas despesas de custeio, Brasília é hoje vitrine de um fenômeno de gastança descontrolada: as dezenas de imóveis alugados fora da Esplanada dos Ministérios para acomodar o inchaço da máquina administrativa. Levantamento do Estado mostra que prédios e salas, só do primeiro escalão do Poder Executivo, pagam pelo menos R$ 9 milhões mensais de aluguel. A chamada "Esplanada oculta" custa, no mínimo, R$ 100 milhões por
ano, dinheiro suficiente para construir cerca de 2.700 casas do programa Minha Casa, Minha Vida. O inchaço ministerial começou no primeiro mandato do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em 2003. Ele recebeu 26 ministérios do governo Fernando Henrique Cardoso (1995-2002), mas entregou 37 à presidente Dilma - que pretende criar mais dois: o da Micro e Pequena Empresa e o da Infraestrutura Aeronáutica. Na acomodação das novas pastas e ampliação das antigas, o governo "coloniza" prédios fora da Esplanada desenhada por Lúcio Costa e costuma dispensar licitação para escolher os imóveis a alugar. A suntuosidade e o custo do aluguel dos prédios muitas vezes é inversamente proporcional à relevância política e econômica do ministério. O caso mais evidente desse descompasso é o Ministério da Pesca e Aquicultura. A pasta da ministra Ideli Salvatti (PT) gasta R$ 575 mil por mês, num contrato de R$ 7 milhões por ano. Esse é o aluguel de um prédio espelhado de 14 andares, onde 374 servidores estão lotados. A ministra e 67 assessores nem ficam lá - dão expediente num prédio da Esplanada. Nos oito anos dos dois mandatos de Lula, os recursos da Pesca aumentaram mais de 70 vezes, de R$ 11 milhões para R$ 803 milhões, mas a produção nacional de pescado continuou em 990 mil toneladas.(Fonte: Col. Ricardo Noblat).
MOMENTOBRASILCOM.COM(comentário):
De que maneira a presidente quer conter os gastos? Como cortar 50 bi do orçamento? A quem querem enganar? Só no primeiro mês o governo gastou com passagens, alugueis, transportes etc com funcionários do planalto mais de 150 milhões de reais. O atual governo, repete as mesmas ações do primeiro governo Lula. A época, o Palocci era ministro da fazenda. Hoje, o Chefe da Casa Civil. Coincidencia demasiada, para não ter o dedo do super-ministro nas duas administrações. Até o momento, a agenda presidencial é modificada pelas inúmeras reuniões à portas-fechadas com seu atual braço-direito. Excetuando-se o aparecimento da Chefe-de-Estado num programa global, nenhuma outra entrevista foi concedida a Imprensa brasileira. Perguntas começar a amontoar-se para esclarecimentos a opinião pública. Até quando esse silencio irá perdurar?

terça-feira, 8 de março de 2011

SALVE 8 DE MARÇO!



MOMENTOBRASILCOM.COM(Comentário):

A nossa homenagem a todas as mulheres, pelo Dia Internacional da Mulher. PARABÉNS!!!!!

sexta-feira, 4 de março de 2011

AUMENTO DOS JUROS/ CARTÃO CORPORATIVO/PAC

MOMENTOBRASILCOM.COM(Comentário):
Verdadeiro paradoxo a atitude do governo federal. Aumentou pela segunda vez em 15 dias, o percentual de juros em mais 0,5 pp. O brasileiro agora paga uma taxa de 11.75%, sôb a alegação da contenção da inflação. O paradoxo se faz presente na medida em que, o Planalto não reduz os próprios custos. Somente no mês de janeiro, os gastos com passagens, hospedagens, alimentação e transportes de funcionários federais, ultrapassou os 151 milhões de reais(cartão corporativo). Isso sem falar nos gastos da Presidencia. Medida popularesca foi o aumento do Bolsa Família em mais de 19%, enquanto o SM não chegou aos 7%. Os recursos destinados as obras do PAC, após o corte dos 50 bilhões, giram em torno dos 12 milhões. O débito a ser pago pelas obras do mesmo programa do governo Lula, passam dos 9 bi. Comprovado está que o PAC 2, só existirá no papel e na cabeça dos governantes. Desmintam-nos quem puder.

quinta-feira, 3 de março de 2011

ME ENGANA QUE GOSTO!!!!!!

Com o boneco na telinha.
MOMENTOBRASILCOM.COM(Comentário):
Após longo tempo, a presidente Dilma, resolveu dá às caras, na imprensa brasileira. Até então só havia dado entrevista para nossos hermanos argentinos. Nesta terça-feira, foi tomar o café global com a loura do MV. Muito blá-blá-blá. Até ovo, quebrou para fazer um bôlo. De produtivo ou positivo muito pouco ou quase nada. Apesar do estilo masculinizado, conjunto e cabelos curtos, enalteceu a mulher. falou na erradicação da pobreza(compromisso de campanha). Pergunto: como erradicar a pobreza e a fome, aumentando a taxa de juros, cortando crédito e diminuindo o número de prestações? Como dar 'sustentabilidade' a alguma coisa? Compravado está, as mesmas ações econômicas praticadas pelo antecessor. Tal pai, tal filha.

quarta-feira, 2 de março de 2011

UM FIO DE ESPERANÇA.

A SOCIEDADE AGUARDA ANSIOSA NOMEAÇÃO DE POLICIAIS CIVIS :
Procuro entender as razões pelas quais os Invetigadores de Policia Civil da Bahia concursados no ano de 1997, ainda não foram efetivados em sua funções, a criminalidade crescendo e apavorando os cidadãos, enquanto os criminosos se articulam e se organizam, inclusive com aquisição de armamento pesado, a Policia Civil da Bahia não investe no homem (POLICIAL), nem moderniza-se para combater a marginalidade. Além de baixos salários, falta preparo real na ACADEPOL, em aulas teóricas sabemos que é uma coisa, na prática em combate, sabemos que a realidade é outra, o que coloca os policiais defensores da sociedade, em sacrifício de suas vidas e de seus familiares. Para agravar tal situação, as delegacias da Capital e Interior do Estado, necessitam de policiais, enquanto o governo Estado alega que a responsabilidade para tais nomeações, cabe tão exclusivamente a Assembleia Legislativa do Estado que ainda não manifestou-se sobre o assunto. Quem sabe, talvez segurança pública não seja tão pública como pensamos. Quando tais nomeações acontecerem, quem sabe os atuais invetigadores já estejam aptos para aposentadoria. Na minha humilde opinião, tal fato representa total falta de respeito aos que prestaram concurso, na esperança de servir ao Estado, colocando seus empregos em jogo, alguns no momento desempregados e passando serias dificuldades. Nada absolutamente sensibiliza as autorizades, as quais não sofrem na pele dificuldades ou arriscam suas vidas para lutar contra a bandidagem. Até quando a sociedade será apenada pela falta de responsabilidade do poder público? (Repórter: Agnaldo Souza).

terça-feira, 1 de março de 2011

ETA PORRADA SEGURA.

FREI BETTO, Consumo, logo existo .
Ao visitar a admirável obra social do cantor Carlinhos Brown, no Candeal, em Salvador, ouvi-o contar que na infância, vivida ali na pobreza, ele não conheceu a fome. Havia sempre um pouco de farinha, feijão, frutas e hortaliças. "Quem trouxe a fome foi a geladeira", disse. O eletrodoméstico impôs à família a necessidade do supérfluo: refrigerantes, sorvetes etc. A economia de mercado, centrada no lucro e não nos direitos da população, nos submete ao consumo de símbolos. O valor simbólico da mercadoria figura acimade sua utilidade.Assim, a fome a que se refere Carlinhos Brown é inelutavelmente insaciável. É próprio do humano - e nisso também nos diferenciamos dos animais - manipular o alimento que ingere. A refeição exige preparo, criatividade, e a cozinha é b laboratório culinário, como a mesa é missa, no sentido litúrgico. A ingestão de alimentos por um gato ou cachorro é um atavismo desprovido de arte. Entre humanos, comer exige um mínimo de cerimônia: sentar à mesa coberta pela toalha, usar talheres, apresentar os pratos com esmero e, sobretudo, desfrutar da companhia de outros comensais. Trata-se de um ritual que possui rubricas indeléveis. Parece-me desumano comer de pé ou sozinho, retirando o alimento diretamente da panela.Marx já havia se dado conta do peso da geladeira. Nos "Manuscritos econômicos e filosóficos" (1844), ele constata que "o valor que cada um possui aos olhos do outro é o valor de seus respectivos bens. Portanto, em si o homem não tem valor para nós." O capitalismo de tal modo desumaniza que já não somos apenas consumidores, somos também consumidos. As mercadorias que me revestem e os bens simbólicos que me cercam é que determinam meu valor social. Desprovido ou despojado deles, perco o valor, condenado ao mundo ignaro da pobreza e à cultura da exclusão.Para o povo maori da Nova Zelândia cada coisa, e não apenas as pessoas, tem alma. Em comunidades tradicionais de África também se encontra essa interação matéria-espírito. Ora, se dizem a nós que um aborígene cultua uma árvore ou pedra, um totem ou ave, com certeza faremos um olhar de desdém. Mas quantos de nós não cultuam o próprio carro, um determinado vinhoguardado na adega, uma jóia? Assim como um objeto se associa a seu dono nas comunidades tribais, na sociedade de consumo o mesmo ocorre sob a sofisticada égide da grife. Não se compra um vestido, compra-se um Gaultier; não se adquire um carro, e sim uma Ferrari; não se bebe um vinho, mas um Château Margaux. A roupa pode ser a mais horrorosa possível, porém se traz a assinatura de um famoso estilista a gata borralheira transforma-se em Cinderela. Somos consumidos pelas mercadorias na medida em que essa cultura neoliberal nos faz acreditar que delas emana uma energia que nos cobre como uma bendita unção, a de que pertencemos ao mundo dos eleitos, dos ricos, do poder. Pois a avassaladora indústria do consumismo imprime aos objetos uma aura, um espírito, que nos transfigura quando neles tocamos. E se somos privados desse privilégio, o sentimento de exclusão causa frustração, depressão, infelicidade.Não importa que a pessoa seja imbecil. Revestida de objetos cobiçados, é alçada ao altar dos incensados pela inveja alheia. Ela se torna também objeto, confundida com seus apetrechos e tudo mais que carrega nela mas não é ela: bens, cifrões, cargos etc. Comércio deriva de "com mercê", com troca. Hoje as relações de consumo são desprovidas de troca, impessoais, não mais mediatizadas pelas pessoas. Outrora, a quitanda, o boteco, a mercearia, criavam vínculos entre o vendedor e o comprador, e também constituíam o espaço das relações de vizinhança, como ainda ocorre na feira. Agora o supermercado suprime a presença humana. Lá está a gôndola abarrotada de produtos sedutoramente embalados. Ali, a frustração da falta de convívio é compensada pelo consumo supérfluo. "Nada poderia ser maior que a sedução" - diz Jean Baudrillard - "nem mesmo a ordem que a destrói." E a sedução ganha seu supremo canal na compra pela internet. Sem sair da cadeira o consumidor faz chegar à sua casa todos os produtos que deseja. Vou com freqüência a livrarias de shoppings. Ao passar diante das lojas e contemplar os veneráveis objetos de consumo, vendedores se acercam indagando se necessito algo. "Não, obrigado. Estou apenas fazendo um passeio socrático", respondo. Olham-me intrigados. Então explico: Sócrates era um filósofo grego que viveu séculos antes de Cristo. Também gostava de passear pelas ruas comerciais de Atenas. E, assediado por vendedores como vocês, respondia: "Estou apenas observando quanta coisa existe de que não preciso para ser feliz".
MOMENTOBRASILCOM.COM(Comentário):
Alô consumistas!!!!! aqueeeeele abraaaaçooooooo!!!!!!