sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

NOVO ASSALTO A NAÇÃO.

O plenário do Senado acaba de aprovar, em primeiro turno, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que prorroga a Desvinculação de Receitas da União (DRU) até 2015. Foram 59 votos a favor e 12 contrários. A matéria é o item prioritário do governo no Congresso e garantirá a livre movimentação de R$ 62 bilhões de recursos do Orçamento de 2012. Foi uma votação tranquila, sem confrontos com a oposição, em que o governo conseguiu uma margem folgada, já que o mínimo necessário para aprovar a matéria eram 49 votos. A previsão é de que a votação da matéria em segundo turno ocorra na próxima terça-feira, dia 20.
MOMENTOBRASILCOM(Comentário):
Diz um ditado popular que, "Àgua mole em pedra dura, tanto bate até que fura". E foi justamente isso que aconteceu com essa aprovação descabida, descarada e sem vergonha aos cofres da nação. Não se poderia esperar outra coisa de um Congresso que é presidido por velha raposa da política brasileira, o oligocrata e cara-de-pau José Sarney. Que só irá deixar a presidencia por antiguidade do cargo. Gastar-se 62 Bi, ao bel-prazer, é uma estupidez inimaginável. Mas, enquanto os brasileiros não aprenderem a votar e apenas espernear com os mal-feitos do Planalto, será sempre considerado pela opinião pública mundial, como verdadeiros 'carneirinhos'.

Um comentário:

Maria José Rezende disse...

Até que enfim você voltou à ativa, amor, e botando pra quebrar com essa matéria. Você tem razão ao dizer que enquanto não tomarmos alguma iniciativa para bloquear essas ações de nossos políticos, nada mudará. Para termos respostas diferentes temos que ter comportamentos diferentes. Beijos.