segunda-feira, 28 de novembro de 2011

O GRILO FALANTE

MOMENTOBRASILCOM(Comentário):
Matéria copilada do www.cpibrasil.com com autorização da sua equipe.
Franklin Martins: “Internet è o grilo falante da imprensa”.


Em seminário sobre Marco Regulatório das Comunicações, ex-ministro Franklin Martins destaca força e credibilidade da blogosfera e diz que governo Lula "comeu o pão que o diabo amassou na mão de boa parte da imprensa"; ele tem razão? O ex-ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social Franklin Martins afirmou que "é visceralmente" contra a censura nos meios de comunicação e argumentou que o governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva garantiu a mais absoluta liberdade de imprensa no Brasil. Ao falar do governo Lula, Franklin fez duras críticas à imprensa, destacando que "o governo do ex-presidente (Lula) comeu o pão que o diabo amassou na mão de boa parte da imprensa", sem, contudo, entrar em detalhes. O ex-ministro, que também participou do Seminário por um Novo Marco Regulatório para as Comunicações, promovido pela direção nacional petista, na capital paulista, avaliou que as atuais normas do setor de comunicações estão ultrapassadas e considerou que sem um novo marco regulatório, a área das comunicações eletrônicas continuará a viver em uma espécie de "faroeste caboclo". Considerou que existe hoje um "vale tudo" no qual não são seguidas as diretrizes previstas na Constituição federal. "Eu costumo brincar que é um cipoal de gambiarras do ponto de vista jurídico". Franklin ressaltou também que o atual modelo de regulação cria um ambiente de incertezas no setor e criticou a análise de que a regulação da mídia pode trazer perigo à liberdade de imprensa. "Não há nada ameaçando a liberdade de imprensa no Brasil", afirmou. Ele avaliou ainda que esse discurso faz parte uma tática de interditar um debate público e transparente em torno do assunto. E defendeu que a imprensa possa ser criticada quando cometer equívocos. No seu entender, há hoje no País uma crise muito séria de credibilidade nos meios de comunicação. Para o ex-ministro, a blogosfera funciona hoje como uma espécie de grilo falante da imprensa brasileira. E defendeu ainda que um novo marco regulatório para as comunicações inclua, entre outros pontos, a garantia de liberdade de imprensa, o respeito ao direito de resposta, o impedimento da formação de monopólios e a liberdade na internet. O jornalista em questão. É um tremendo brincalhão. Quando ministro, usou de todas as armas para impedir a livre atuação da Imprensa em todos os meios de comunicação, inclusive a emissora de TV onde trabalhou. Na matéria, ele ‘morde e assopra”. Torna-se totalmente contraditório (ver grifos). Mas num ponto ele acertou: A livre expressão do pensamento e a liberdade de imprensa. E talvez tenha feito essa defesa, por está fora do governo e voltar ao exercício do jornalismo, tendo blogs, sites, twitters etc.


(Roy Lacerda.)


Nenhum comentário: