quinta-feira, 20 de outubro de 2011

BATE BOCA EM BRASÍLIA

Agnelo Queiroz devolve acusações sobre encontro com PM e diz que responsabilidade responsabilidade é de Orlando Silva.
.ZURIQUE - O governador Distrito Federal e ex-ministro do Esportes, Agnelo Queiroz, rebateu as acusações do atual titular da pasta, Orlando Silva , de que foi por sugestão do antecessor que recebeu João Dias, o PM cuja ONG firmou convênio suspeito com o órgão. Queiroz, que chegou nesta quarta-feira à Suíça para acompanhar o anúncio das datas e locais dos jogos da Copa do Mundo de 2014, afirmou que as denúncias sobre sua participação em esquemas de desvio de verbas em seu ministério não são de sua responsabilidade. (Fonte:http://oglobo.globo.com/pais/mat/2011/10/19/)
MOMENTOBRASILCOM.COM(Comentário):
Parece até briga de meninos baianos e 'birrentos'. Ninguem quer assumir e, acusações de parte a parte, vão despertando cada vez a atenção da opinião pública.

"Até na guerra existe limite. Na luta política também tem que ter limite. Seja no parlamento, seja nos partidos, seja nos órgãos de imprensa que participam do debate político no país. [...] Coloco à disposição o meu sigilo bancário, o meu sigilo telefônico, o que for para quem quer saber como é a minha vida."(Orlando Silva/PCdoB).
As acusações dos políticos sobre a Imprensa, causa-nos 'frouxos de risos' (como diria a personagem o Primo Rico). Nos últimos tempos, toda e qualquer denúncia de corrupção realizada pelos meios de comunicão, a classe politica envolvida, tenta defender-se acusando-os de sensacionalismo ou coisa que o valha. Ora, ora senhor Orlando, faça-me uma limonada, e ponha todo a açucar fabricado no país, para possamos bebê-la.

Um comentário:

Maria José Rezende disse...

Olá Roy. Escândalo em cima de escândalo. Isso não pára nunca. Beijos, amor.