terça-feira, 20 de setembro de 2011

EXCESSO DE RAIOS-X

O Ministerio Público Federal no DF quer proibir a exigência indiscriminada de radiografias em exames, com o objetivo de evitar a esposição desnecessária à radiação. A recomendação é válida para processos admissionais, periódicos e periciais de órgãos, autarquias públicas e privados, e encaminhada para os ministérios do Trabalho e Planejamento, dando parazo de 15 dd para que as autoridades informem as providencias. O fato é que, tornou-se praxe os médicos solicitarem uma bateria de exames, muitos dos quais totalmente desnecessários, principalmente os serviços medicos das empresas e os conveniados.

Nenhum comentário: