segunda-feira, 1 de agosto de 2011

NO FIO DA NAVALHA

EDITORIAL:
E a guerra foi declarada antes do encerramento do primeiro semestre do novo governo, pelo ex-presidente, enviado recados por todos os pronunciamentos público que realiza. Dias atras, condenou a afilhada, pela limpeza no no DINIT. Na última sexta-feira, saiu em defesa do ministro Nelson Jobim, contra a possível demissão do cargo:"Nunca me preocupei em perguntar aos amigos em quem votam. O Jobim foi convidado para o meu governo pelo que poderia fazer no Ministério da Defesa e aprovar um plano estratégico de defesa e isso foi feito". A participação do ministro em programa de entrevistas na TV, deixará o planlato de sobreaviso. A Presidente, ainda nao engoliu as declarações passadas onde continham críticas. O mais engraçado, nessa história, é que Dilma Royssef, está apegando-se ao fato do Jobim não ter votado nela. è isso tem um nome: BIRRA! de quem tem pavio curto, temperamento explosivo e ser a 'MANDONA'. Eta! Brasil que vai pra frente!!!!!!!









Nenhum comentário: