segunda-feira, 18 de julho de 2011

REFORÇO de ALTA PERICULOSIDADE

Três dos quatro deputados federais que tomaram posse na tarde desta quarta-feira (13) na Câmara dos Deputados estavam impedidos de assumir seus mandatos por conta da Lei da Ficha Limpa; em março deste ano o STF decidiu que a Lei da Ficha Limpa é constitucional, mas que se aplicaria às eleições de 2010: Janete Capiberibe (PSB-AP) teve o mandato de deputada federal cassado em 2006. Ela e o marido – o ex-senador João Capiberibe (que pode voltar ao Senado beneficiado pela decisão do STF) foram acusados de comprar votos por R$26 na campanha de 2002. No ano passado, ela teve 28.147 votos e foi campeã do pleito para o cargo de deputado federal. Marcivânia Flexa Rocha (PT-AP) é quem sai da Câmara para dar lugar à Janete. João Pizzolatti (PP-SC) foi barrado na Câmara por improbidade administrativo. O progressista era sócio de uma empresa que mantinha contatos com a prefeitura de Pomerode enquanto ele exercia o mandato de deputado federal.O deputado foi o quinto mais votado em Santa Catarina nas últimas eleições, com 133.181 votos, praticamente 30 a mais que os de Odacir Zonta (103.965), agora primeiro suplente do partido.Magda Moffato (PTB-GO)foi condenada por captação ilícita de sufrágio e abuso de poder econômico nas eleições municipais de 2004. Em 2007, ela teve o mandato de prefeita de Caldas Novas (GO) cassado. Além disso, Moffato também é conhecida por não ser amiga dos animais. Ela já foi autuada pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) por manter animais silvestres em cativeiro e sem licença. Foram encontrados em uma suíte do Hotel Roma – de propriedade da deputada -, em Caldas Novas, quatro araras e um papagaio. Magda responde criminalmente por maus-tratos de animais, mantê-los em cativeiro, trabalhar com zoológico sem licença e ser considerada infiel depositária. Magda Moffato é suplente do Delegado Waldir. Nilson Leitão, do PSDB, vai tomar o lugar de Ságuas Moraes, do PT. Com a contabilização dos votos de Leitão, a coligação do PT perdeu uma vaga para a coligação do PSDB. Ságuas obteve mais votos: 88.654 contra 70.958 de Leitão. No Senado, Jader Barbalho (PMDB-PA), Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) e João Capiberibe (PSB-AP) também podem tomar posse.



MOMENTOBRASILCOM.COM(Comentário):
A classe política do país, há muito anos não goza de prestígio e principalmente da confiança do brasileiro. E com tão expressivo reforço, o time do Planalto, tende a ganhar forças no jogo das cartasa marcadas em benefício próprio. E o povo, que se lixe, relaxe e.......GOZE!!!!!!

2 comentários:

Laguardia disse...

Off Topic

Convido os amigos a fazerem parte do site http://mensalao.ning.com/ que tem como objetivo conscientizar os público sobre os crimes do mesnalão. Contamos com sua participação e sugestões

ArcadoAutoConhecimento disse...

Sempre a mesma história, amor. Não muda nunca. Beijos.