terça-feira, 5 de julho de 2011

É MUITA CARA DE PAU!!!!

O melhor mesmo é fechar essa Casa de Espanto. Sò assim nos veremos livres dessa "cambada de deputados incompetentes e desonestos".

ASSUNTO: deputados que defendem o cartel da gasolina no DF:Vamos tentar defender nossos direitos! Como todo mundo sabe, o combustível no DF é um dos mais caros do país. A cada dia vemos que os preços seguem uma dinâmica de cartel, com variação de no máximo 1 centavo. Em muitos Estados, a cartelização foi quebrada com a instalação de postos de gasolina em supermercados. Aqui em BSB existe uma Lei que proíbe que os mercados tenham postos de gasolina. ( temos, por exemplo o EXTRA do final da Asa Norte, que tem posto e não pode ser usado). Semana passada, o deputado Chico Leite estava para aprovar um projeto, de sua relatoria, que voltava a permitir a comercialização de combustível nos supermercados do DF. Ocorre, que na última hora, 10 deputados (que possuem algum interesse em manter o cartel) votaram pela seguinte emenda, uma verdadeira pérola legislativa: "não se proíbe que seja vendida a gasolina em postos nos supermercados, mas somente poderá instalar postos de gasolina as redes de mercados que venham a se instalar no DF a partir da aprovação do projeto de lei."??? Ou seja, as redes que já estão instaladas no DF não vão poder abrir postos de gasolina. Assim, as principais redes de mercado do país (que já estão instaladas no DF) continuam impossibilitada de instalar os postos de gasolina e, consequentemente, a gasolina continuará nos valores que pagamos hoje. Pessoal, vamos divulgar o nome dos dez anjinhos que têm apreço pelo cartel e que nos fazem gastar cada vez mais com combustível. Somente assim podemos saber quem, com certeza, não vai merecer nosso voto.
Esses são os dez deputados:
Aylton Gomes
Benedito Domingos
Benício Tavares
Celina Leão
Cristiano Araújo

Dr. Michel
Liliane Roriz
Luzia de Paula
Raad Massouh
Washington Mesquita











Um comentário:

ArcadoAutoConhecimento disse...

Essa é a realidade de Brasília, amor. Beijos.