quarta-feira, 13 de abril de 2011

A AGÊNCIA NACIONAL de SAÚDE, EXISTE?

No Dia Mundial da Saúde(7/4), médicos fizeram greve.

MOMENTOBRASILCOM.COM(Comentário):

Os segurados dos planos de saúde, enfrentam filas para atendimentos mesmo em casos de urgèncias. Ou muito me engano, ou aos segurados, não caberiam refletir sobre o tipo de medicina que desejam ter. Na expectativa de um atendimento qualificado - o mais qualificado possível. E não o tem. A alegação dos médicos para a greve, sempre é a mesma: má reuneração. E por que aceitam-na? Por que ao assinar os respectivos contratos, não impõem uma cláusula de reajustes anuais e o percentual? Qual a atuação do Ministério da Saúde e, principalmente da ANS - Agência Nacional de Saúde, criada com o propósito de fiscalização? Infelizmente, os conveniados foram rebaixados á triste condição de segurados comuns, os dos SUS. Ainda não penam em corredores de hospitais ou, recharçados à porta, formam verdadeiras procissões de suplicantes por um socorro médico mas, não estão longe disso. Outrto cáos é o agendamento de consultas e exames que a depender, demoram dias, semanas e até msm meses. Os consultórios lotados pela falha de saúde pública, a suplementar cresce a pressão. O brasileiro, via de regra, nao vai ao médico por prevenção. Portanto, uma consulta ou exame, requer a instaneidade dum relâmpago. Asssim sendo, há muito que se apurar!.

2 comentários:

Maria José disse...

Roy. O sistema de saúde no país é deplorável. Felizmente, fazemos parte de uma minoria que não precisa encarar as filas quilométricas para atendimento médico. Mas devemos lutar para que o sistema de saúde seja digno nessa país. Existe compromisso assumido entre o médico e o paciente, independentemente da condição de profissional liberal, autônomo, ou prestador de serviços de um plano de saúde, convênio, hospital ou serviço público. O médico deve oferecer ao paciente o melhor conhecimento, considerando que, a seu alcance, existam os recursos necessários para diagnóstico e tratamento. A medicina lida com vida e não pode haver omissão do serviço médico, imperícia, imprudência ou negligência. Beijos.

Miriam Rose disse...

Acredito que o brasileiro não faz sua prevenção justamente pela demora de atendimento e estou me referindo aos casos com convênios médicos.Pois, se estando doentes, qualquer atendimento é moroso,imaginem estando bem e fazendo apenas sua rotinas anuais? Complicado né? Abraço!