quarta-feira, 23 de março de 2011

A BRONCA DO VICE.

PMDB comemora aniversario em Brasília.
Descontente com a partilha do poder, o vice-presidente da República, Michel Temer, aproveitou a festa de comemoração pelos 45 anos do PMDB, anteontem à noite, para defender a ocupação de cargos no governo por integrantes do partido.
Diante de uma plateia de 300 peemedebistas, Temer foi ovacionado ao argumentar que o partido venceu as eleições e, por isso, "tem o direito" a participar do governo, sem ter a pecha de fisiologista.
"Nós participamos de uma eleição em que fomos vencedores. PT e PMDB fizeram uma aliança. Então, estamos no direito de, tendo participado de uma eleição, de ocupar os cargos", disse.
Para ilustrar seu discurso, o vice-presidente usou de ironia: "Proponho que daqui a cinco, quatro anos nós lancemos um candidato à Presidência e, se ganharmos, e quando ganharmos, dizer que, como nós não somos fisiológicos, não vamos indicar ninguém para o governo".
MOMENTOBRASILCOM.COM(Comentário):
A alta cúpula do PMDB reunida em hotel às margens do lago Paranoá e sôb os auspícios do dinheiro do contribuinte, comemorou o aniversário do partido, oportunidade em que, o vice´presidente da República, ao discursar, com menos de 100 dias da posse, extravasou toda a sua indignação com a situação e tratamento do partido no governo federal. Foi categórico ao afirmar que em 2014 será lançado candidato ao palacio do planalto. Quando da entrevista a imprensa, tentou amenizar, dizendo-se levado pela eloquência do momento, blá-bla-blá. Desde a composição da chapa presidencial, que, este redator já sabia e expunha sua opinião a respeito" Um casamento de dificílima convivência". O descontentamento de hoje não foi o primeiro e, muito menos o último. Temperamento explosivo de um lado e sem 'papas' na língua do outro, ingredientes de briga de cachorro grande e no escuro. Quem viver, verá!

Nenhum comentário: