sábado, 12 de fevereiro de 2011

OS 7 TEMPERAMENTOS HUMANOS (Final)

Quarto temperamento: HARMONIA ATRAVÉS do CONFLITO.
A caracterísitica desse tipo psicológico é ser ambivertido. Isto é, de alterar o movimento de introversão e o de extroversão.
Os 3 primeiros são introvertidos. è voltado ao mesmo tempo para o exterior(mundo das formas) e para o interior(mundo da realidade espiritual) é levado a reunir, a unificar, a harmonizar-se. Sua intensa aspiração é a harmomia - a sua qualidade fundamental. A harmonia entre os opostos, não é facilmente alcançada, implica em luta, constrastes e conflitos. Nos tipos menos evoluiídos, há uma luta confusa e sem finalidade, desordem, cáos interior, combatividade, atração para o mundo físico, falta de equilibrio interior.
No tipo médio: encontram-se as maiores características alternativas e os conflitos, porque q tendência para o mundo exterior e a percepção da realidade interior, estãoa presentes em igual medida.
* alternam em período de preguiça excessiva e ativismo exagerado.
* admiração pela pureza e ao mesmo tempo uma sensualidade acentuada.
*cólera e períodos de calma e quietude.
* são excêntricos, caprichosos, extravagante, por lados corajosos, leais, afetuosos.
* tendência a unir-se e às vezes ficam fechados, egocêntricos.
No tipo evoluído: começa a manifestar-se a luz da Alma, começa a dominar-se, a controlar-se. Há duas fases: a primeira, não oscila entre duas tendências, não é arrastado nem para cima ou para baixo, coloca-se no centro, entre os dois pólos e observa. è um período de parada e buscar subir ao mundo espiritual. Dersja paz e harmonia.
Na segunda fase, compreeende que para alcançar a paz e a harmonia não deve permanecer no centro onde se firmou, mas, subir para um ponto mais alto e ver dois mundos com um todo único, como dois aspectos de uma realidade Espiritual. Sua terefa é conseguir equilíbrio, não mais sentir conflito. No caminho espiritual, a energia do 4º Raio é a que favorece a integração da Alma com a personalidade a seguir com o PAI. Marca a união do mundo interior com o exterior. Acongtece a união mística de realidade interior com as manifestações exteriores, a união de espírito e matéria.
AUTO-ANÁLISE:
1- Alternam-se em sua vida períodos de inércia e períodos de atividade? depressão e euforia?
2- Ama a arte, a cor, a música, as coisas belas e por outro lado, sofrre ao ver o feio e o destituído de harmonia?
3- è sensivel à beleza da natureza?
4- Ama a paz e a harmonia ao seu redor a ponto de fazer concessões para obtê-las?
Quinto Temperamento: (Conhecimento Concreto).
*Nota fundmental: sede de conhecimento e de saber da mente concreta.
*Representa o impulso inato da mente humana. Indagar, procurar e conhecer os fenômenos da natureza, impulso que produz o que habitualmente é chamado de temperamento cientifico.
* A mente voltada para a observação do mundo objetivo.
*Focaliza o mundo externo (extrovertido).
*A essência espiritual desse Raio é a ANÁLISE, discriminação. Esses poderes ajudam a alcançar a diferença a diferenciação essencial que existe entre o real e o irreal.
Tipo Inferior:
*Preponderância da mente concreta, tendência inata para observar o mundo material e vewr apenas esse mundo.
*Dersprezo pelo mundo dos sentimentos próprios e alheios.
*Não tem sentimento religioso, nem devoção ou miticismo.
*Mente repleta de preconceitos, limitações, críticas, pessimista e destrutivo.
*Fechado para a arte, tudo é poético, artístico, emotivo.
Tipo Mèdio:
*Começa a manifestar a coerência, exatidão, precisão, atenção, observação aguda.
*retidão, honestidade.
*Firmeza de convicções, ordem mental, opiniões.
Tipo Superior:
*Qualidades positivas do cientista, pesquisador.
*Poder de análise e observação, se voltará para o mundo das energias e vibrações hiperfísicas.
*Aos poucos se tornará o cientista da Alma.
*Saberá usar a mente em qualquer direção, tanto para o mundo externo e o interno.
*Qualidades do coração e da intuição, compaixão, amor, ternura, largueza de visão, livre de egoísmo.
Sexto Temperamento: (devoção e idealismo).
*tem como característica fundamental: a sublimação das emoções em devoção ante a Divindade e a transformação do desejo em aspiração, voltados para o idealismo e para o alto.
*Desejo de aperfeiçoamento, aspiração ao progresso, ao melhoramento, evolução.
* A essência espiritual é de elevar-se apa Deus, procurar a perfeição seguindo um modelo ideal.
Tipo Inferior:
*Necessidade de ceriar ídolos, ter sempre "alguem" como objeto de sua devoção.
*devoção cega, que gera desilusões, supertições, fanatismo.
*Cólera, impulsividade.
Tipo Médio:
*Tendência a idealizar a pessoa amada, acerditá-la perfeita.
*Seu amor será devoto, fiel, ams ao mesmo tempo ciumento, desconfiado, exclusivo.
Tipo Superior:
*Cheio de sentimento espirital. Quando sublimado, torna-se místico, idealista.
*Quietude, silêncio, aprende a olhar para si mesmo.
*desapego, que sempre se liberta das formas.
*Orador, poeta.
*Método de desenvolvimento e aproximação com o Pai é a prece e a meditação.
*reconhece que Deus está dentro dele.
Sètimo Temperamento: (Concretização Física).
*È o Raio que expressa a maniffestação de energia espiritual no plano físico.
*A meta do 7º Raio é de fazer do corpo físico-etérico o templo do Senhor.
*È de fundir Espírito e Matéria.
*Tem tendência à atividsade rítmica, ordenada.
*Sente, inconscientemente "a divindade da coisas", isto é o lado espiritual oculto.
Tipo Inferior:
*Materialismo, apego excessivo, supertição exagerada, tendência a agtribuir tudo sobrenatural, tem tendência a consultar magos, oráculos, advinhos.
*Vive numa atmosfera de ilusão, sufoca a intuição.
*Limitação mental.
Tipo Mèdio:
*começa a manifestar algumas características psicológicas positivas, como interesse pelo trabalho produtivo, ordem.
*Trabalho feito com consciência e a intenção de transmitir um siginificado superior, uma energia espiritual.
Tipo Superior:
*Não sente dualidade espírito-materia.
*Transforma a energia superior em realizões e manifestações concretas, canalizando-as para obras de ações no plano físico.
*Cuidado com pormenores, adaptabilidade, tolerância, cortezia, largueza de ideias.
*Comprenede sua tarefa espiritual.
Paralelos entre o 6º e o 7º Raio:
*Ambos estão entrecruzando-se e associando-se de infinitas maneiras.
6º Raio - faz surgir a visão.
7º " - Manifestará o que foi visto.
6º Raio - Produziu o místico, que representa o tipo aspirante.
7º " - Desenvolverá o mago. o médiun, o discípulo.
6º Raio - Produziu os grandes religiosos, idealistas com sua visão limitada.
7º " - Libertará as almas evoluídas do estado infantil, dando-lhe conhecimento científico.
*È útil a integração das duaa notas.
*Asscensional e aspiracional do 6º Raio e a Concretizadora e Realizadora do 7º Raio.
O RAIO da ALMA se manifesta quando:
*Superar o senso egoístico e separatividade.
*Melhorar qa si mesmo.
*Ajudar a humanidade.
*Meditar, que são momentos de elevação e de contato com energias superiores.
*Esse é um estudo de auxílio ao próprio autoconhecimento.
*È de estímulo ao trabalho de rearmonização e reordenação da própria personalidade.
Da fusão das sete energias dos Raios, nasce a Luz Espiritual, a Realidade Divina, que está latente e potente em cada um de nós.
MOMENTOBRASILCOM.COM(Comentário):
Agradecemos mais uma vez a Maria José/Arcadoconhecimento, pela permissão da publicação deste tema.




Um comentário:

Maria José disse...

Excelente matéria, meu amor. O autoconhecimento exige vontade, esforço, disciplina, renúncia, perdão e muita paciência, até nos tornarmos "luz". Beijos.