quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

BARGANHA: TOMA LÁ, DÁ CÁ.

Dilma admite reajustar índice do IR em 6,46% :
A presidente Dilma Rousseff decidiu reajustar a tabela do Imposto de Renda de Pessoa Física em 2011 pelo índice da inflação de 2010 (6,46%), desde que essa concessão faça parte de um acordo com os partidos e as centrais sindicais para estabelecer o salário mínimo em R$ 545. No máximo, admite-se internamente no governo que o mínimo chegue a R$ 550. Nunca os R$ 580 defendidos pelas centrais. E também não seria atendida, neste acordo, a terceira reivindicação da pauta dos sindicatos, que é o aumento de 10% das aposentadorias acima do mínimo - esses benefícios foram reajustados apenas pela inflação.(Gerson Camarotti/O GLOBO).
MOMENTOBRASILCOM.COM(Comentário):
Entra governo sai governo, o BARGANHA Futebol Clube continua em evidencia. È o campeão em número de partidas jogadas, assim como em vitórias. Inicialmente a tabela de correção do IR, baseada na estimativa de crescimento do país, este ano não o seria. Ou seja: o contribuinte pagaria mais imposto tanto na fonte, quanto no geral e, até boa parcela de isentos iriam sofrer a mordida do leão. Volta-se atrás, na medida em que o valor do salário mínimo não ultrapasse o estipulado pelos tecnocratas federais e os benefícios das aaposentarias não atinjam os 10%. Em suma: o povo se ferrando e o fumo entrando.

Um comentário:

Maria José disse...

É sempre assim, meu amor. O povo é o mais prejudicado sempre. Desde os tempos remotos. Beijos.