sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

PLENITUDE MEDIÚNICA

"A mediunidade não é prerrogativa dos que a praticam, mas uma tarefa de aprimoramento das qualidades inerentes ao ser. O exercício cristão das faculdades acorda valores na intimidade da alma, além de desiludira o Espírito quanto às paixões inferiores e fazer clarear a sua mente, no que tange a vida futura.
Se tem na mente e no coração o impulso divino das coisas certas, vamos aproveitá-lo no comando dos seus esforços e da sua auto-educação, senão disciplina, aproveitando assim, a sua estadia nesta Terra de provas e expiações.
Não temos a petenção de que o médium se aprimore de um dia para o outro, não obstante convid-amo-lo para reflexões íntimas, de maneira a trabalhar por dentro todos os dias, no afã de se fazer simpãtido aos espíritos que fazem parte da comunidade de Jesus, com missão de levar o Evangelho renovado a todo mundo e a todas as criaturas.
Milhares de méduins descem àa Terra com a tarefa definida, para acenderem a luz nos corações e pouquíssimos respiram a glória da vitória do dever cumprido. A inteireza das faculdades mediúnicas é para a criatura decidida, que lança a mão da charrua sem olhar para tras, compreendendo que quem cumpre o dever ante o Divino Mestre se encontra seguro, com a consciência em paz, e o coração no rítmo do universo.
Plenitude Mediúnica é, pois, a mediunidade a serviço do amor, na sua pureza, em se desdobrando todas as virtudes, de modom que, os seres da terra sintram nos corações os seus irmãos dos céus.
(MIRAMEZ).








3 comentários:

ValériaC disse...

Bom dia amigo...
Muito bom ler estas palavras de Miramez...
Penso que deva ficar claro a responsabilidade e a consciência que cada um de nós temos que ter, como médiuns, mais ou menos sensíveis, pois todos em graus diferentes o somos, em buscar a evolução constante, de nos aprimorar moralmente, trabalharmos sinceramente no bem, no amor, na solidariedade, enfim, polirmos valores primorosos em nossos espíritos que reflitam em nossas atitudes, enfim, sermos exemplos com nossa maneira de ser e agir.
Tenha um ótimo final de semana...um abraço
Valéria

Maria José disse...

Roy. A mediunidade é um canal entre nós e a dimensão espiritual. Todos nós somos médiuns, em maior ou menor escala. Mas quem já percebeu o seu tipo de mediunidade, deve saber que tem uma missão a cumprir. Cabe ao médium iluminar esse canal com os valores mais nobres da vida, utilizando-o para a prática do bem. Beijos, meu amor.

angela disse...

Um bom texto esclarecedor.
abraços