sábado, 1 de janeiro de 2011

MENSAGEM de ESPERANÇA.

"Se, no curso desse degredo-provação, exonerenado-vos dos vossos encargos, sobre vós desabarem os cuidados, as inquietações e tribulações sede fortes e corajosos para os suportar".
Abençoa a aflição de agora. Ela te abre as portas do salão da paz. Agradece a chuva de fel a cair sobre a tua cabeça. Ela fertiliza o solo da tua alma para a sementeira da luz. Rejubila-te com o espinho cravado no coração. Ele te adverte dos perigos iminentes de todos os caminhos.
Sorri ante os obstáculos que te impedem o avanço. Eles expressam o valor da tua resisitencia que os vence lentamente, à medida que jornadeias em triunfo. Medita em todas as coisas que causam preocupação e dano e retira da dificuldade a melhor parte, como abençoado adubo para o solo das tuas experiencias cristãs. Nenhuma alma jornadeia na Terra sem a contribuição da dor. Nenhum espírito avança para a luz sem conduzir dificuldades enleadas nos pés. Nenhum ser ascende para Deus sem a travessia do patanal onde se demoram os homens...
Jesus veio pra nortear a Humanidade, porque esta se encontrava perdida, presa ao matagal das paixões. Todos temos um ontem perdido nos labirintos do crime, a enovelar-nos nas malhas da inquietude que se reflete hoje. Guarda n'alma a alegria inefável que se expressará num amanhã ridente e belo que te espera, após o triunfo sobre as vicissitudes. Não te desespere ante o desespero, não te aflijas junto à aflição, não te inquietes ao lado da inquietude, não te atormentes sob tormentos. A planta que cresce é atraída pela luz, embora repouse sua sustentação na lama das raízes. A linfa que dessedenta corre aos beijos do sol, embora flua da lama do solo. O alimento que nutre traz lodo no cerne, e o corpo que sustentas é feito de lama. Mas é com esse material que a alma faz o vasilhame para, realizando a obra do bem, sobreviver.
Não chores, não sofras!
Mantem elevado o pensamento ao Senhor se te envergonhares. Alça-te à luz, mesmo que nada representes...
Alem da ponte há muitas venturas aguardando por ti.
Alem do abismo há a luz esfusiante esperando pelo teu triunfo. Luta, agora, vence logo.
Não dês tréguas ao mal, mesmo que ele seja partícula ínfima a toldar a visão do teu Espírito. Combate-o, sem dares alimento mental. Todo meio incorreto jamais conduzirá a um fim reto. Afugentas a nostalgia, espanca a tristeza, surra a melancolia com mãos ativas do trabalho edificante. Lutar contra tentações não é somente uma atuação mental; é atividade produtiva na realização do bem. Realiza tua obra em paz, certo de que estás com Jesus e seguro de que Jesus está contigo. E quando tudo parecer esmagar as tuas aspirações e os fardos do mundo pesarem demais sobre teus ombros, lembra-te d'ELE, na manjedoura humilde e desdenhada, para renovar a Humanidade inteira com a claridade inapagável do Seu infinito amor. Evoca-O nas horas de amargura e sorri agradecendo a benção do sofrimento.
Só as almas eleitas são tentadas; só elas têm forças para vencerem a tentação. O cristão não se deve angustiar porque o erro lhe bate à porta, nem se deve entristecer porque permitiu que o erro tivesse acesso aao coração... Deve alegrar-se quando expulsa o erro de dentro da casa íntima, mantendo júbilo porque o dominou, conservando a integridade, ao invés de ser dominado pelo desequilibrio que o afrontava. guarda a certeza, alma devotada ao bem, de que Jesus contigo è a vida radiosa e pura em esperança permanente, como mensagem de deus, em bom ânimo e alento para tua redenção. E, disposto a não incidir no capítulo negativo que deve ficar esquecido, reúne as forças e avança resoluto, em demanda da mansão da serenidade que te aguarda, vitorioso, na caminhada do dever.
JOANNA de ÀNGELIS.

3 comentários:

Maria José disse...

Roy. Esse texto é belíssimo. Acredito e a vida já me provou que a dor lapida, leva à valorização do crescimento espiritual, que no fundo, é o que levamos das reencarnações sucessivas. Mas não devemos nos entregar ao sofrimento. É preciso força, coragem, luta e crença nos desígnios de Deus para aceitarmos as lições como aprendizado e não como punição. Essa é a grande lição que levamos daqui, não é meu amor? Beijos.

Crista disse...

Lindíssimo texto!!!!!

Buenasss...
Pensastes que te verias livre de mim em 2011,né?????
Mas credo,para isso acontecer,deverias deixar de ser a pessoa querida que és;poderias até ser meio ranzinza...que continuaria contigo...rsrsrsrs...adoro amaciar os sentimentos por mim...rsrsrsrsrs...
Ô...podes até deixar de me ver...não faz mal...quando isso acontece,só de pirraça,te visito e me delicio com o teu blog escondidinha,sem fazer me anunciar...achas que consigo ficar longe de ti????
NUNCA,NEVER,NIE,JAMAIS...
Ô...contigo aprendi a ser mais feliz,mais culta,mais carinhosa,mais tolerante,mais...mais...e porque não dizer...MAIS METIDA também...porque para onde eu vou, eu falo em BOM TOM(bem alto)...que eu só tenho blogueiros maravilhosos em minha vidinha...
O problema é que nem todos acreditam que tu possas me tolerar...huaschuaschuasch...mas não estou nem aí...
Beijo-te as palmas das tuas mãos,porque é com elas que tu me embalas para a vida...OBRIGADA!

Juliana Carla disse...

✩✩✩ Feliz 2011 ✩✩✩

"Nós abriremos o livro. Suas páginas estão em branco. Nós vamos pôr palavras nele. O livro chama-se Oportunidade e seu primeiro capítulo é o Dia de ano novo." (Edith Lovejoy Pierce)

Ingredientes: prosperidade, felicidade, amor, sonhos, luta, vencer! Sabedoria para construir o que se espera de um novo amanhecer.

Obrigada por estar comigo em 2010! Que neste ano não seja diferente. Vamos somar aprendizados.

Juliana Carla
brailledalma.blogspot.com