segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

A DESPEDIDA DE LULA.

A campanha publicitária de "despedida" do presidente Lula da Presidência custou R$ 20 milhões.
Com um novo slogan "Estamos vivendo o Brasil de todos", a propaganda em rádio, TV, jornais e revistas fala sobre o crescimento econômico dos últimos anos e ressalta números sobre redução da desigualdade social.As peças publicitárias começaram a ser exibidas em dezembro e, de acordo com a Secretaria de Comunicação da Presidência (Secom), estão sendo divulgadas em 325 veículos de comunicação pelo País."Comida na mesa, carteira assinada, crianças na escola, vida no rumo. Estamos vivendo o Brasil de todos", diz uma das duas propagandas veiculadas em revistas. Na outra peça, o texto diz: "Está no número, está no dia a dia dos brasileiros. Estamos vivendo o Brasil de todos."Segundo a Secom, o novo slogan "Estamos vivendo um Brasil de todos" é uma "evolução do conceito" anterior "Estamos vivendo um novo Brasil". A campanha foi feita pelas agências Propeg e Matisse, duas das três que detêm a conta da secretaria.A verba para publicidade institucional da Presidência, que tem como objetivo divulgar ações e projetos do governo federal, foi orçada em R$ 167 milhões neste ano.
MOMENTOBRASILCOM.COM(Comentário):
Comida na mesa? como, se o preço da carne subiun assustadoramente? Carteira assinada? se por todo o país, existem vagas não preenchidas por falta de qualificação. E onde estão estas escolas técnicas? Crianças na escola? E a segurança dentro das salas de aulas? Estamos vivendo um novo Brasil? Se a campanha de desdepedida presidencial, tem este custo? Se um novo imposto sobre cheques emitidos será cobrado? Vamos devagar com o "andor", que o Santo é de barro".

3 comentários:

Sinais no Mundo... disse...

Um Feliz Natal cheio de Paz e Amor e que o Deus Menino nos conceda as maiores Graças Santificantes...

Um Ano de 2011 cheio de Felicidade, Saúde e Pão a todos que chamam por nós!

Soraia disse...

Caríssimo!

Tenho cá comigo que o Lula e os seus amiguinhos vivem num outro Brasil, feito só para eles, ou será que o que acontece nos postos de saúde, hospitais e etc é ficção?

Maria José disse...

Roy. Infelizmente esse Brasil tão falado ainda não chegou aqui. Beijos, meu amor.