quinta-feira, 25 de novembro de 2010

UMA GUERRA CIVIL

O Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais daPolícia Militar) reclamou na tarde desta quinta-feira da filmagem e exibição da operação na Vila Cruzeiro (zona norte do Rio) por helicópteros das TVs Globo e Record. No perfil oficial da corporação no Twitter, @Bope_RJ, foi postado o seguinte comentário: "Um desserviço prestado pelas aeronaves da Record e da Globo".
MOMENTOBRASILCOM.COM(Comentário):
A cidade maravilhosa, em tempos idos, durante o dia faltava água e o problema foi solucionado no governo Carlos Lacerda. E à noite, luz. Hoje, falta é segurança. O país de há muito, vive verdadeira guerra civil, onde o tráfico de drogas, comanda o espetáculo, dando ao luxo de brincar de gato e rato com as polícias. O governos tentam esconder esta situação. A população das grandes cidades, em pleno século XXI, é quem vive atrás das grades fixadas nas residencias. A situaçao de insegurança no Rio de Janeiro, ultrapassa os limites do cáos. A ponto de ser solicitada a ajuda dos Fuzileiros Navais. Quando aeronaves dos meios de comunicação, informam e orientam onde ocorrem acidentes, assaltos dos todos os tipos e demais informações, a polícia agradece. Mas na hora de cobrir a violência em tempo real, está prestando um desserviço e atrapalha? Por que será que o governo insiste em 'tapar o sol' com peneiras? porque não noticiar a inoperancia? porque não provar que as táticas e programas de prevenção inexistem? O governo devia sim, preocupar-se em evitar que milhares de vidas inocentes continuem sendo ceifadas, respeitando a população e que a imagem do país não seja tão manchada no exterior, pois sabemos que o Rio de Janeiro, é a cara do Brasil para o mundo.

2 comentários:

Maria José disse...

Roy. A Marinha entrou ontem na guerra contra a onda de ataques criminosos que desde domingo apavoram o Rio de Janeiro, causaram a morte a pelo menos trinta pessoas e estão obrigando a população carioca a se trancar em casa. Blindados M-113 e outros equipamentos de guerra estão nas ruas, mas mesmo com todo o esforço das forças de segurança, os ataques continuam. Veículos foram incendiados, bananas de dinamite foram encontradas, granadas e cocktails molotov. Deve haver um jeito de acabar com essa guerra para dar paz ao carioca. Conseguiram acabar com a máfia italiana!!! Beijos, meu amor.

" ESSÊNCIA ESTELAR MAYA " disse...

Olá Roy.
Minha nossa!!! o que está acontecendo naquele Rio heim?
Sem querer tirar o sofrimento e a desolação das famílias que perderam seus entes queridos, fora o pânico estampado na cara de todos, mas, quando escutei que estavam levando os dois cabeças do tráfico para penitênciárias de segurança máxima, fez me rir.
Podem levar de lá pra cá, de cá pra lá....será que não vão aprender nunca.
Enquanto não cortarem visitas de seja quem for (parentes, advogados,etc...) ele irão sempre conseguir comandar tudo do lado de dentro da prisão.
Pegam e falam que são os direitos deles....e do povo que está a mercê deles...cadê os direitos!!!
Se é segurança máxima, o próprio nome já diz...eles não deveriam ter contato com nada nem ninguém.
Agora, vou te falar uma coisa....a imagem do Brasil lá fora (olimpíada, Copa, etc...) pode esquecer.
Aliás "na minha opinião", deveria ser cancelado tudo isto aqui, já está provado que o Brasil não tem estrutura física e muito menos psicológica para tais eventos.
Já ouviu esta frase: Primeiro se limpa dentro de casa para receber as visitas.
Mas tirando os comentários de indignação, só nos resta rezar muito e pedir auxilio ao mundo espiritual para que os Seres de Luz possam estar nas ruas junto com os "verdadeiros" policiais auxiliando-os, para que se possa instalar um pouco de Luz e Paz na cidade do Rio.
Muita Luz e Paz em seu coração!
Lú.