segunda-feira, 4 de outubro de 2010

QUEM VIU 'NANINHA', HEIN!

Ao confirmar-se o 2º turno, a nação alertou ao governo federal, que a satisfação não foi tão grande como pensou o presidente Lula. O eleitor brasileiro mostrou que há uma segunda opção. Ao discursar ontem a noite agradecendo os votos recebidos(46%), Dilma Rousseff, nem parecia possuir a impáfia e autoritarismo inseridos na personalidade. Num tom melancólico, brando e quase choroso, acusou que sentiu o golpe. Prometeu lutar pela erradicação da pobreza e o crescimento do país, onde todos participem das riquezas verde e amarela. Enfim: personalizou a humildade. Não tivesse o passado que tem, até poderia despertar alguma credibilidade. Mas, os lobos em peles-de-cordeiros, jamais deixarão de existir. Que sirva de lição tambem ao candidato Serra. Que as privatizaçoes façam parte do passado. Que aproveitem mais esta oportunidade e mostrem à nação, verdadeiros programas de governo, sem esquecerem que: "Todo poder emana do povo e, em seu nome será exercido".

2 comentários:

Maria José disse...

Roy. O PT pensou que teria a maioria e ganharia no primeiro turno. Gostei desse resultado, pois mostra que sua popularidade não é tão grande assim. O Brasil ainda tem chance. Beijos.

angela disse...

Foi bem interessante realmente e gostei que o Serra percebeu que a Marina conseguiu trazer os votos de parcela da juventude que mostra-se tão desinteressada do processo político, por erro dos próprios políticos.
E as pesquisas erraram feio...tabém elas tem o que aprender.
abraços