quarta-feira, 15 de setembro de 2010

CORRUPÇÃO, ESCÂNDALOS & CRIMES.

Auditoria acusa irmão de ministra de desvio:
José Euricélio de Carvalho, irmão da ministra Erenice Guerra, foi apontado por uma auditoria do governo como responsável pelo desvio de R$ 5,8 milhões da editora da UnB em contratos fantasmas com 529 pessoas, informa reportagem de Filipe Coutinho e Andreza Matais.
Pagamentos suspeitos incluem ao menos R$ 134 mil para o próprio Euricélio e para Israel Guerra, filho de Erenice que atua como lobista, quando ela era subordinada à então ministra Dilma Rousseff. Na prática, a Controladoria e o Ministério Público descobriram um esquema de terceirização dos serviços na universidade sem a comprovação de que eles foram efetivamente realizados. José Euricélio não foi encontrado ontem para comentar os contratos da UnB. A Folha procurou ainda Israel Guerra e seu advogado, que disse à reportagem que não comentaria enquanto não falasse sobre o caso com o seu cliente.(Fonte:Folhaonline).
MOMENTOBRASILCOM.COM(Comentário):
O ministro Chefe da Casa Civil, na hierarquia do governo federal, é o segundo em importancia na administração. Portanto totalmente ligado ao presidente. O escândalo envolvendo a atual ministra. é sim da responsabilidade presidencial, assim como da ex-ministra Dilma, quem a indicou fazendo sua sucessora. Semana passada, tentou exirmir-se da responsabilidade dizendo que era problema do governo. Ora, se a indicação foi sua e até levou algum tempo convencendo seu padrinho presidente, não há como isentar-se da responsabilidade. A própria declaração pública da minstra Erenice Guerra, confirmando o tráfico de influencia praticado pelo filho, o qual recebeu pelos lindos olhos que possui(?) a quantia de 100 mil reais, de uma empresa que não tem endereços fixos e teve seu contrato com a ANAC renovado por mais dez anos ,e o irmão envolvido em desvios, toda essa responsabilidade é do Bispo? Ah! sacanagem tem hora. Outro fato que tambem requer apuração profunda e rápida, diz respeito aos dados e invasão de privacidade, constantes dos arquivos da Receita Federal, onde inúmeros contribuintes foram criminosamente afetados e dentre eles justamente familiares do candidato tucano, portanto seu concorrente direto na corrida ao palacio do planalto. Muita coincidencia, não? Realmente o governo agui rápido. Mas, em defesa da sua candidata, quando transfere as investigações para a esfera federal, tirando-a da polícia civil, e com o safado intuito de obter o decurso de prazo, pois somente após as eleições, possiveis investigações serão mantidas. Como confiar nas Instituições que deveriam zelar e defender os interesses dos cidadãos brasileiros? E AGORA SENHOR PRESIDENTE? AONDE ESTÁ A ÉTICA E A MORAL?

2 comentários:

angela disse...

Boa pergunta. Também não sei por onde anda.
abraços

Laguardia disse...

A culpa é nossa. Não temos externado nossa indignação e revolta com estes atos escabrosos cometidos pelo PT.

Já passou da hora de sairmos as ruas, protestar em altos brados.

Enquanto esta corja rouba o povo passa necessidades