segunda-feira, 12 de julho de 2010

PEPINO GROSSO PARA O NOVO PRESIDENTE.

O Congresso aprovou o projeo de Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2011. deixando o valor do salario mínimo em aberto. È a raposa tomando conta do galinheiro. Se a'situação' continuar, o novo mínimo terá reajuste fazendo jís ao nome. Caso seja a oposição, a assumir o governo, os futuros adversários lutarão por maior reajuste. Coisas do Brasil!.Todavia, o TCUconsegui que, obras das estatais como PETROBRÁS e ELETROBRÁS, sejam sueitas às tabelas oficiais de preços,como as das Construção Civil e Rodoviárias, contudo, já há a brecha para que, alem das citadas, as obras já contradas para a Copa do Mundo,não sejam alcançadas pela Lei de Licitações(Lei8666),foi mantida. Os presidenciáveis, incluem em debate o 'Bolsa Família'.e,nas entrelinhas das falas do tucano e petista, vê-se a tentativa de figar a candidata do PV.Já o candidato à Presidencia,Plínio de Arruda Sampaio(PSOL), dissidente do PT, declara que : "Leis duras, ficha limpa ajudam,mas não soluciona a corrupção. Só a consciencia pública de não aceitar. A redução da desigualdade tambem é fundamental. Quando o cara se sente igual, ele não aceita. Toda propriedade de mais de mil hectares fica suscetível de desapropriação.Produtiva ou não. Isso para assentar seis milhões de famílias pobres no campo. O pequeno tem que ter paixão pela terra".
MOMENTOBRASIlCOM.COM(Comentário):O jogo de cena, continua: finje-se que aprova algo em favor do povo, deixando as brechas de sempre. A corrida ao Palacio do Planlato, já estabelece nítida disputa dos dois candidatos de maior representação, pela aliança da terceira candidata em percentuais de votos. As ideias propostas pelo candidato do PSOL, baseadas no socialismo de igualdade e liberdade, não passam de grande utopia.

2 comentários:

angela disse...

Lúcido texto.
abraços

Maria José disse...

Os jogos de interesse pessoal continuam. Quem se importa com a miséria popular? Grande abraço.