quarta-feira, 21 de julho de 2010

DÍVIDA PÚBLICA: AUDITORIA, QUANDO?.

O Copom-Comitê dePolítica Monetária, aumentou para 10,25% a taxa de juros com a justificativa de contenção da inflação. Ocorre que este ato faz do Brasil um paraíso dos capitais especulativos, disparando tambem a dívida pública do país. A CPI da Dívida Pública revelou que de 1995 a 2009,saltou de R$60 bilhões para R$2 trilhões, sendo 1trilhão pago em juros e amortizações. Somente no ano passad"o, R$380 bilhões(36% do orçamento) foram pagos de jurosw e amortizações. Enquanto foram destinados apenas 5% para aq saúde e 3% para a educação. Segundo o deputado federal Ivan Valente(PSOL/SP), é inadmissível que um país gaste bilhões dessa forma e ninguem se manisfeste para saber onde vai o dinheiro público".
MOMENTOBRASILCOM.COM(Comentário):Eis a razão da Educação está sucateada, sistema de saúde com qualif=dade, moradis decentes, aposentadorias dignas e de empregos advindos de investimentos públicos. Esta é a forma ética, moral e companheira que o presidente Lula trata seus eleitores.

2 comentários:

omapadobrasil.blogspot.com disse...

Claro que Lula do Brasil está sendo financiado por outros países.

Se houver integrantes patriotas nas Forças Armadas Brasileiras, e eles decidirem pela defesa do Brasil antes que Lula destrua o país, poderão agir nesse sentido.

A roubalheira não envermelha mais a cara dos ladrões da capital.

Os brasileiros que sofrem com isso devem pedir, escrevendo cartas aos militares das três Forças Armadas do Brasil. No voto é impossível, pois o dinheiro compra tudo, só não compra a dignidade dos militares barsileiros (Exército, Marinha e Aeronáutica), o que nos faz lembrar que em todos os jornais do mundo circulou a notícia de que o general Castelo Branco (primeiro presidente militar do Brasil-1964) cortou na própria carne aumentando mais 5 anos de serviço aos que desejassem se aposentar. ENQUANTO OS MILITARES AUMENTARAM 5 ANOS NO SEU SERVIÇO ATIVO, OS DEPUTADOS E SENADORES DIMINUIRAM OS PRÓPRIOS E FIZERAM LEIS PARA SI.

Maria José disse...

Roy. Este é um problema com que os brasileiros veem lidando há muito tempo. Onde vai parar o dinheiro público? Grande abraço.