terça-feira, 18 de maio de 2010

ERA UMA VEZ...

PPV lança empresário Guilherme Leal como vice na chapa de Marina :
A pré-candidata do PV à Presidência da República, Marina Silva, lançou neste domingo o nome do empresário Guilherme Leal, presidente da Natura, como vice em sua chapa. A pré-convenção do PV acontece na casa de shows Riosampa, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. No evento, o pré-candidato ao governo do estado pelo PV, Fernando Gabeira, criticou os integrantes do partido que insistem em lançar a vereadora Aspásia Camargo como pré-candidata ao Senado. Participam da convenção o ex-ministro da cultura Gilberto Gil e a cantora Adriana Calcanhoto. . - Eu conclamo todos a respeitar essa decisão unânime (do Tribunal Superior Eleitoral que decidiu pela impossibilidade de uma coligação lançar mais de dois candidatos ao Senado ). Acho um contra-senso o PV se insurgir contra uma decisão unânime do tribunal no princípio de uma campanha eleitoral. Gabeira diz que não há impasse, e que a maioria do partido defende a coligação com os pré-candidatos ao senado do PPS e do DEM. - Para mim não existe impasse. Existem situações imaginárias de pessoas que estão fora da realidade. O pré-candidato verde ainda complementou afirmando que o PPS, como a maioria do PV, não aceita que Aspásia seja lançada no lugar do pré-candidato do PPS, Marcelo Cerqueira. - O PPS lançou uma nota dizendo que não aceita. Os candidatos proporcionais do PV não aceitam. Nós temos a maioria absoluta do partido. As pessoas estão delirando - concluiu Gabeira. ..//.
MOMENTOBRASILCOM.COM(Comenta):
Discordancias pessoais à parte, o lançamento do vice candidato na chapa presidencial do PV, claramente busca recursos que o empresário possa aportar na campanha. Deixa-se de lado os idealismos, os programas de governos, o social em benfício do povo. A prioridade, torna-se os aparecimentos na vitrina do país, qualidade do material usado em âmbito nacional, etc. Foi-se o tempo em que votava-se em candidatos que realmente apresentavam algo de útil. Hoje, os partidos políticos não passam de agrupamentos de candidatos de todas as ideologias, para cumprirem simplesmente parte da Lei eleitoral. E que se dane o povo!

Um comentário:

Maria José disse...

A ideologia é a busca por um ideal, no caso em questão, um ideal político. É a visão que o político tem para combater os problemas da sociedade, fazendo um trabalho honesto, sem visar lucros ajudando a construir uma sociedade melhor, mais organizada, com mais cultura, respeito e, principalmente, com dignidade. Mas para isso, é imprescindível que haja ética. Infelizmente, não é o que se observa na política atual do País, onde os políticos por pura conveniência, mudam de partido em partido, fazendo com que o conceito de Ideologia Política vá para o espaço.
Precisamos rever nossas decisões diante das urnas ou jamais teremos um Brasil de verdadeiros cidadãos do mundo. Grande abraço.