domingo, 9 de maio de 2010

O FIEL RETRATO D EDUCAÇÃO NO BRASIL.

O FIM DA AULA MAGISTRAL:
Freud já havia assinalado que psicanalizar, governar e educar são profissões impossíveis. O impossível aqui não significa impossibilidades,mas,sim, aponta para as dificuldades elimires do empreendimento pelo fato de existir o incinsciente ou o sujeito do desejo- o que dá no mesmo. O relativo sucesso de psicanalistas,governantes e educadores reside na investidura, no reconheciemento e legitimidade atribuídos a esses profissionais elevados à condição de serem supostos detentores de um saber capaz de dar conta do mal-estar na cultura; de tornar poss´vel a vida em sociedade. O problema começa quano o laço social se organiza em torno da deslegitimação de todo lugar de autoridade e de mestria. As dificuldades se apresentam a apartir do momento em que se acredita não existir o lugar da figura de exceção digna de ser depositário de saberes válidos como referencial a serem transformitidos às gerações posteriores. Na contemporaneidade, parece ser a única referencia legítima é o do discurso da ciencia e a proliferação de um saber acéfalo, sem sujeito. Essa moldura onde a sociedade hodierna está configurada não poderia deixar e incidir sobre educação e na relação professor-aluno. Os baixos índices de aprovweitamento na aprendizagem , evasão escolar, pais que retiram os filhos da escola para educá-los no ambiente doméstico e a violência que vitima professores aprecem apontar pra uma desvalorização social doprofissional a educação. A entrda das crianças na escoloa sofreu uma perversão do seu carater formativo ara um treinamento baseado na retenção de conteúdos visando uma performaqnce numa prova de vestibular, essa espécie de portal mágico para uma vida bem sucedida. As mdanças introzidas com o novo ENEM e a Universidade Nova são uma oportunidade de construir um novo sentido para a edcação. Em lugar doprofessor como facilitadeor, talvez seja necessário recuperar o educador. Ao professor caberá adotar a postura de umpesquisador benevolente a compartilhar a sua experiencia e a sua cindição de quem sabe mais que o aluno- sem esquecer de que a ninguem é dada a condição de ser magistral.(Fonte:Claudio Caralho, psicanalista,professor de história e filisofia).
MOMENTOBRASILCOM(Comenta):
Eis no texto o fiel retrato da educão no país e em todos os níveis. Lamentável a constatação. Alem de negativa, deprimente! POBRE BRASIL!!!!

Nenhum comentário: