terça-feira, 25 de agosto de 2009

QUAL MELHOR RELIGIÃO?

Breve diálogo entre o teólogo brasileiro Leonardo Boff e o Dalai Lama.
Leonardo Boff explica:
"No intervalo de uma mesa-redonda sobre religião e paz entre os povos,
na qual ambos (eu e o Dalai Lama) participávamos,
eu, maliciosamente, mas também com interesse teológico,
lhe perguntei em meu inglês capenga:
- "Santidade, qual é a melhor religião?" (Your holiness, what`s the best religion?)
Esperava que ele dissesse:
"É o budismo tibetano" ou "São as religiões orientais, muito mais antigas do que o cristianismo."
O Dalai Lama fez uma pequena pausa, deu um sorriso, me olhou bem nos olhos
- o que me desconcertou um pouco, por que eu sabia da malícia
contida na pergunta - e afirmou: "A melhor religião é a que mais
te aproxima de Deus, do Infinito".É aquela que te faz melhor."

Para sair da perplexidade diante de tão sábia resposta,
voltei a perguntar:
- "O que me faz melhor?"
Respondeu ele:
-"Aquilo que te faz mais compassivo" (e aí senti a ressonância tibetana, budista,
taoísta de sua resposta), aquilo que te faz mais sensível, mais desapegado,
mais amoroso, mais humanitário, mais responsável... Mais ético...
A religião que conseguir fazer isso de ti é a melhor religião..."

Calei, maravilhado, e até os dias de hoje
estou ruminando sua resposta sábia e irrefutável...
Não me interessa amigo, a tua religião ou mesmo se tem ou não tem religião.
O que realmente importa é a tua conduta perante o teu semelhante, tua família, teu trabalho, tua comunidade, perante o mundo...
Lembremos:
"O Universo é o eco de nossas ações e nossos pensamentos".
A Lei da Ação e Reação não é exclusiva da Física. Ela está também nas relações humanas. Se eu ajo com o bem, receberei o bem. Se ajo com o mal, receberei o mal.
Aquilo que nossos avós nos disseram é a mais pura verdade: "terás sempre em dobro aquilo que desejares aos outros".
Para muitos, ser feliz não é questão de destino. É de escolha.
(Pense nisso) .//.
MOMENTOBRASILCOM.COM(Comentário):
Para reflexão dos amigos leitores.



6 comentários:

Norma Villares disse...

Muito bom ! Hoje eu estava pensando em postar este diálogo, rsrsrs. Amigo, eu vou repassar todos os arquivos do blog “O Segredo da Flor de Ouro”, para o Blog "Sem Fronteiras para o Sagrado". Como quase todas pessoas me acompanham nos outros blogs, assim por economia de tempo, fica mais fácil para todos. Quando repassar todas postagens, vou excluir o blog.
Novo endereço:
http://semfronteirasparaosagrado.blogspot.com/

Cravo e Canela disse...

Documento tramita em caráter de urgência e pode se votado a qualquer momento

O Brasil está prestes a aprovar um acordo com a Santa Sé, que estabelece um Tratado Jurídico da Igreja Católica com o país. A proposta entrou no último dia 18 de agosto na pauta do Plenário da Câmara dos Deputados brasileira como Projeto de Decreto Legislativo - o PDC 1736/2009, podendo ser votada a qualquer momento. O documento, assinado pelo presidente da República Luís Inácio Lula da Silva em novembro de 2008, já foi aprovado pelas Comissões de Relações Exteriores e de Defesa Nacional da Câmara. Tramita em caráter de urgência, Caso aprovado na Câmara Federal, o projeto passará ainda pelo Senado.
Entidades da sociedade civil têm se manifestado negativamente em relação à assinatura do tratado: a Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), representantes de igrejas evangélicas, de entidades que defendem o ensino laico, de ateus, do movimento de mulheres, do movimento negro, entre outras. Já entre os parlamentares, tanto os favoráveis como os contrários à concordata estão pulverizados em vários partidos - nenhum assume posicionamento oficial em relação ao tema.
Outros países, (Espanha, Alemanha, Itália, Portugal) que assinaram acordos semelhantes em contextos históricos ditatoriais, não são necessariamente exemplos de conduta para o Estado brasileiro, mantendo-se ainda a França referência de laicidade. Neste aspecto, o argumento de que “o Estado é Laico, mas a nação é religiosa”, reivindicado por defensores do acordo, não se sustenta, já que o princípio da laicidade pressupõe a separação entre o Estado e a Igreja, isto é, entre assuntos públicos e privados, o que garante também que crentes de religiões minoritárias ou não crentes não sofram imposição de uma religião majoritária através do Estado, bem como permite a livre manifestação de todas as religiões, sem privilégios.
Os principais pontos problemáticos da Concordata são as normas que pretende estabelecer em relação à educação pública e ao trabalho. Educação: Estabelece o ensino confessional, dando ênfase à religião católica, quando a definição destes conteúdos compete aos sistemas de ensino, de acordo com o artigo 33 da Lei de Diretrizes e Bases da Educação brasileira. Trabalho: Impede legalmente que quadros ou ex-quadros da igreja (padres, freiras ou outras categorias de religiosos) recorram à justiça do trabalho reivindicando direitos por serviços prestados à Igreja, separando-os, desta maneira, do acesso aos direitos da legislação trabalhista brasileira.
O acordo também envolve temas como casamento; imunidade tributária para as entidades eclesiásticas; e prestação de assistência espiritual em presídios e hospitais e levanta questões como pluralismo, tolerância, limites entre o público e o privado, democracia e a corrida das igrejas pela conquista de mais e mais fiéis numa disputa ferrenha de estratégia e controle midiáticos. A Igreja Católica estaria, no fim das contas, buscando ampliar o uso dos recursos do Estado para fins de evangelização.
FONTE:www.ccr.org.br/default.asp
********************************
É MELHOR RASGAR A CONSTITUIÇÃO BRASILEIRA..NADA DO QUE FOI ESCRITO É RESPEITADO.....
GABRIELA

angela disse...

Bonito texto, bem bonito.
abraços

jorge cezar disse...

"A melhor religião é a que mais
te aproxima de Deus, do Infinito".É aquela que te faz melhor." Sábias palavras , concordo em gênero,núimero e grau!...

Conceição Duarte disse...

Roy meu querido! Maravilhada fiquei eu com a resposta de dalai Lama, mas me diga, você esteve com ele? Que coisa maravilhosa, deve-se sentir algo misterioso, forte, profundo próximo a um cara desses, não é? Mágico, e ainda mais com a resposta sábia e confortante na ponta da língua, que convence até o mais ateu dos homens...
Lindo lindo.
Ando com pouco tempo, mas preciso vir muito por aqui.

Obrigada por me gostar tanto, e saiba que o post que coloquei lá, foi insipirado no e-mail que me enviou com a foto dos sapinhos...

Queria escrever sobre Roger, mas não tinha um gancho bom, e você me presenteou com ele.

Obrigadíssimo, bjks,

CON
ON
N

Conceição Duarte disse...

Volto pra dizer que agora prestei atenção no início da matéria.. rsrsrsrsr BOff... desculpe, bjks