quarta-feira, 29 de julho de 2009

SERIEDADE? PASSA BEM LONGE!

Um inquérito de três volumes da Polícia Federal ao qual ISTOÉ teve acesso na última semana pode ser decisivo para o destino do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP). O relatório de 157 páginas elaborado pelo setor de inteligência da Divisão de Repressão a Crimes Financeiros condensa toda a investigação da chamada Operação Boi Barrica, um conjunto formado por gravações de 150 horas de conversas telefônicas, mensagens eletrônicas interceptadas e declarações de renda recolhidas pela Receita Federal por dezenas de pessoas físicas e jurídicas.
O alvo principal do inquérito é o empresário Fernando Sarney, único filho do presidente do Senado que não se submeteu às urna, mas é responsável pelos negócios da família. No documento, Fernando é tratado como membro de "primeiro escalão" de uma "organização criminosa", auxiliado por Astrogildo Quental, diretor financeiro da Eletrobrás, e Silas Rondeau, ex-ministro de Minas e Energia, ambos ligados politicamente ao senador José Sarney./(Fonte:ISTOÉ)//..
MOMENTOBRASILCOM.COM(Comentário):
Em sendo o Brasil um país sério, apenas êste fato, seria o suficiente para a cassação do presidente de senado brasileiro. E isto não ocorreu até o momento, em virtude de todos os políticos, sem exceções terem o chamado 'rabo preso". A maioria por atos decorrupção, e os demais por tirarem vantagens imorias dos cargos ocupados. Partidos políticos não mais teem ideologias. Transformaram-se em autênticos aglomerados políticos à tirarem vantagens pessoais com suas idéias.Transformaram-se em grandes 'quadrilhas de corrupção".





Nenhum comentário: