sexta-feira, 24 de julho de 2009

HONESTIDADE TEM PREÇO.

"Não submeteria o meu trabalho a ninguém. A ministro nenhum. Não aceito ingerência política." (Lina Vieira). Na manhã nublada de uma quarta-feira, segunda semana de maio, a então secretária da Receita Federal, percebeu que não completaria um ano num dos cargos mais cobiçados da administração pública. Embora ela já incomodasse setores do governo com a sua obstinada seriedade".//.
MOMENTOBRASILCOM.COM(Comentário):
No país em que vivemos, apenas na bandeira nacional é que encontramos 'ordem e progresso'. Atualmente, seriedade, honestidade compustura e honradez são tão somente, adjetivos usados para definir a qualidade de pessoas otárias, babacas, abestalhadas etc. A inversão de valores é efetuada diariamente, banalizando as prerrogativas dos possuídores de caráter muitas vezes ilibados, vide a demissão extemporânea, exacerbada e demagógica da ex-secretária da Receita Federal, que por desempenhar de forma correta a sua função, desagradou o ministro Guido Mântega e a tambem diretora da Petrobrás Dilma Roussef esta, já conhecida pelao autoritarismo, truculência e modos nada gentis. Brasil: país da impunidade, da corrupção e da incerteza no futuro promissor.

Um comentário:

Humana disse...

Olá Roy,
vom agradecer a visita e comentário e visitar o teu blog.
Infelizmente o que se passa no Brasil, passa-se aqui em Portugal e creio que em quase todo o lado infelizmente.
O que antes valia, hoje é pura demagogia e ser honesto é ser "otário", desculpa o termo.
Felizmente existem os que continuam a lutar e blogs como o teu e outros que conheço são importantes nesta luta.A de não deixar cair no esquecimento tudo o que está errado e incentivar as pessoas a deixar de serem cordeiros que fazem parte de um rebanho e a defenderem os seus direitos.
Beijinhos e prometo voltar sempre!